Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 101 x 96 Heat

Daqui a alguns anos, quando lembrar-se da temporada 2013/2014 da NBA, o torcedor do Boston Celtics não terá boas recordações e pensará nas dificuldades atravessadas no primeiro ano de um árduo processo de renovação. Porém, uma excelente lembrança estará no cérebro de todos os fãs celtas: dono dos últimos dois títulos da liga, o Miami Heat termina a competição derrotado no confronto direto contra o Celtics. O desempate da série, que contava com uma vitória para cada lado, ocorreu na noite desta quarta-feira (19), no TD Garden, com vitória do Alviverde por 101 a 96.

Retornando ao time titular após ter sido poupado do duelo contra o Dallas Mavericks, na última segunda-feira (17), o armador Rajon Rondo teve mais uma atuação fantástica. Com nove pontos, 10 rebotes e 15 assistências, o camisa 9 esteve muito próximo de cravar o seu primeiro triplo-duplo desde que retornou às quadras. O capitão contou ainda com uma ótima partida de Avery Bradley, que também voltou ao quinteto após sofrer uma lesão e marcou 23 pontos, sendo o cestinha não só do Celtics, mas também da partida. O Heat, que não contou com LeBron James (problemas nas costas) e Greg Oden (poupado), teve em Dwyane Wade o seu melhor pontuador: 17 pontos.

Sem muitas chances de classificação para os playoffs, o Celtics chegou ao seu 23º triunfo em 69 partidas disputadas, o que dá um aproveitamento de 33,3%. No momento, a franquia de Massachusetts ocupa a 12ª colocação da conferência Leste e é a sexta pior campanha da temporada, superior apenas a Los Angeles Lakers, Utah Jazz, Orlando Magic, Philadelphia 76ers e Milwaukee Bucks. Garantido nos playoffs, o Heat está na vice-liderança do Leste, com uma campanha de 46 vitórias em 66 jogos e um aproveitamento de 69,7%.

Depois do embate em Boston, Celtics e Heat terão um dia de descanso e só voltam a jogar na sexta-feira (21). O Alviverde pega a estrada para fazer o quarto jogo na temporada contra o Brooklyn Nets, enquanto  o Miami Heat recebe o Memphis Grizzlies na American Airlines Arena.

Destaques do Celtics

Avery Bradley (23 pontos e quatro rebotes)

Brandon Bass (18 pontos e quatro rebotes)

Rajon Rondo (nove pontos, 10 rebotes e 15 assistências / duplo-duplo)

Destaques do Heat

Dwyane Wade (17 pontos e cinco assistências)

Chris Andersen (16 pontos e oito rebotes)

Udonis Haslem (14 pontos e cinco rebotes)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

23 comentários

  1. Renato Lgb

    Eiii meu capitão, como é bom ver vc botar a bola em baixo do braço e comandar essa equipe. Vc é minha esperança para a próxima temporada… Gigante dos rebotes, gigante das Ass. , vc é Fera…

    Orgulho de ser um Celta!

  2. Renato Lgb

    Irmãos, o que vcs acham dessa nossa dupla na armação?
    Vcs acham que com RR e AB ( lógico que reforçando de repente na 4 ou 5 ou até mesmo na 3), temos chances de brigar de igual pra igual com os adversários?

  3. rafael taborda

    rsrsrsr eeee Celtão contra os fortes eu acho bom ganhar com esse time enfraquecido! mas e o projeto tank?

  4. victor

    Podemos perder pra qualquer time, mas do Heat não…

  5. Rodrigo

    Que Tank idiota… to dizendo… draft 2012 volta… duas escolhas ótimas de 1o Round vai virar Moore e Johnson. Serão dispensados depois de um mês de preparação. Que burrice!

  6. Fernando C S

    Por outro lado vencemos o Heat meia bomba. A primeira vitória sim, foi contra o Heat completo. De qualquer forma é sempre bom vencer o time da moda (especialmente com o traíra do outro lado).

  7. Renato

    Para quem está curioso sobre o futuro do Celtics, segue entrevista de Ainge:

    A transcrição twittou a partir de WEEI Ben Rohrbach :

    Ainge : ” Todos nós queremos fazer algumas coisas neste verão e temos alguns objetivos Nós gostaríamos de ser uma equipe relevante no próximo ano , mas não pode forçá-lo . “.
    – Ben Rohrbach ( @ brohrbach ) 20 de março de 2014

    Ainge : “Nós temos toda a intenção de ter Avery Bradley conosco no futuro. ”
    – Ben Rohrbach ( @ brohrbach ) 20 de março de 2014

    Ainge : “Eu acho que nós temos a capacidade de atrair agentes livres Acho palavra se espalhou pelo NBA que Boston é um lugar atraente . “.
    – Ben Rohrbach ( @ brohrbach ) 20 de março de 2014

    Ainge em tancagem (1/ 2): ” Não há muito que eu possa fazer sobre isso agora ….
    – Ben Rohrbach ( @ brohrbach ) 20 de março de 2014

    Ainge em tancagem (2/ 2): . ” Estamos avaliando os nossos jogadores a cada dia, e isso é mais importante agora do que onde as bolas de ping pong cair ”
    – Ben Rohrbach ( @ brohrbach ) 20 de março de 2014

    Ainge acredita propriedade, Brad Stevens fazer Boston um destino agente livre , mas admite que a vitória é uma atração maior.
    – Ben Rohrbach ( @ brohrbach ) 20 de março de 2014

    Parece Ainge tem toda a intenção de manter Bradley. Referenciado seu status restrito. Em toda a probabilidade , o mercado define o valor , a partida de C .
    – Ben Rohrbach ( @ brohrbach ) 20 de março de 2014

    Também soa como Ainge está mais preocupado com a determinação do valor de seus ativos para o comércio potencial de onde ele vai elaborar , em junho.
    – Ben Rohrbach ( @ brohrbach ) 20 de março de 2014

  8. RICARDO RJ

    Pra quem gosta ou defende esse trouxa do Jeff Morto Vivo Green ele teve uma de suas noites 13 pontos, é fácil jogar muito contra times fracos. Ontem era noite pra fazer 30/40 pontos fazer o que R.R fez botar a bola de baixo do braço é fazer chover.

    Precisamos pra ontem de cara na posição 3, ele não resolve na 3/2/4 em posição nenhum nunca vai passar de uma promessa.

  9. RICARDO RJ

    Poxa KEVIN, respeito sua opinião mais qual futuro em 2018? o cara está na liga a anos e nunca passou de bom jogador.

    Detalhe ele vai fazer 28 anos, quem sabe com 35 se torne uma grande jogador, pra mim não passa de uma promessa e tudo que o Boston não precisa é de uma promessa que já tem quase 28 anos. Sonho em ver caras com K.D e C.A jogando pelo meu time ai sim termos um jogador capaz de fazer 30/40 pontos toda noite.

    • luiz eduardo

      tbm não exagera né cara, ninguem faz 30/40 toda noite, se vc falasse pelo menos 20/30, é mais sensato. Sobre o green eu tbm quero que ele seja trocado

    • Kevin

      Eu também prefiro no Celtics K.D ou C.A, mas é quase impossível um dos dois jogarem pelo Celtics. O que eu quis dizer com no futuro, é que eu acho que na próxima temporada com o Rondo, Bradley, Sullinger saudáveis ele pode ser uma bom complemento.

      • Pedro Henrique Santos Monteiro

        Nossa como vcs viajam com K.D e C.A os dois times desses caras estão brigando pelo título e eles tem obrigação de jogarem como estão jogando hoje, ao contrário do Celtics que não tem a minima obrigação de ganhar, e foorçar mais de 20 30 e 40 pts toda noite não é fácil ainda mais quando o objetivo não é perder, imagine a tolice o Green se lesionando nessa temporada, e outra coisa olha a falta de humildade do C.A vcs acham mesmo que ele no lugar do Green faria diferente? E não comparem a carreira do Green com a deles, o Green quando entrou já foi trocado para o thunder que na época estava em reforma, fvoltou pro celtics e depois uma cirurgia no coração e quando teve a oportunidade demonstrar o talento ele foi o nosso melhor jogador da temporada passada! Kevin, Luiz e Ricardo! Vão pentear macacos aprender basquete para depois falarem alguma coisa novamente!

        • Kevin

          Primeiro, o time do C.A não está disputando título, eles nem estão conseguindo chegar nos playoffs. Segundo o Jeff Green esse ano quando se pensou que ele fosse assumir as responsabilidades de ser o melhor jogador celta, ele fez uma temporada discreta. Ele é um bom jogador, mas não pode ter a responsabilidade de ter que pontuar muito, porque ele não é um jogador regular. E se o C.A tivesse em Boston nosso time estaria nos Playoffs concerteza.

          • Pedro Henrique Santos Monteiro

            Primeiro que não é “concerteza” é com certeza e o Knicks está brigando por uma vaga nos playoffs sim, do contrário não estaria Melo preocupado em permanecer no time e muito menos se empenhar como vem se empenhando tanto é isso e estamos conversados. E espero ver seus comentários aqui para a próxima temporada quando o Celta e o nosso verdadeiro Green retornar e calar sua boca.
            https://www.youtube.com/watch?v=9LjuFanakns

  10. Rodrigo

    Eu negociaria o Bass e o Bradley. Eles têm mercado. Manteria o Green, e ofereceria essa pick de merda que teremos pra qualquer um que levasse esse contrato do G Wall junto.

    Muito espaço no CAP, RR para atrair franchise players, além de contratações pontuais.

    Al Jefferson e Josh Smith seri minhas prioridades. Vamos aguardar.

  11. […] Após vencer, mais uma vez, o Miami Heat, o Boston Celtics vai a New York, mais especificamente ao Brooklyn, enfrentar o Nets, no jogo número 70 da temporada. Após essa partida, restarão 12 para o Celtics terminar sua participação na atual competição. […]

  12. JOTAPLAYS

    Por um lado muito feliz pela vitória em cima da maio atração para turistas depois da Disney, na Flórida. É sempre bom ganhar deles para mostrar que tradição>>moda.

    Por outro lado, é péssimo para o tank. Já estamos ficando distante dos outros concorrentes às primeiras vagas. É primordial que fiquemos no top 5. Temos que ter mais chances para as melhores posições, se não essa temporada não fará sentido nenhum .

    Diferente de outros times, acho que o Celtics é o que tem a melhor Base, Mercado e visibilidade para atrair Agentes Livres. Tendo Rondo, Bradley, Green, Olynyk, Sullinger, um bom treinador como temos e uma boa história, camisa e torcida apaixonada é o suficiente para atrair Agentes Livres. Técnicamente é mais atraente ir para o Celtics contando essas vantagens do que é para o Bucks, por exemplo. Ou Utah Jazz, Magic, Philadelphia e Cavaliers. A unica que pode realmente combater como destino é os Lakers, mas eles não tem nenhuma base. Estão mais atrasados que nós. E só um louco para apostar ir pra lá e demorar 2 anos, no mínimo, para atingir uma base e serem alguma coisa.

    Acho que seremos uma das primeiras escolhas de Agentes Livres para equipe em reconstrução para novos Big Three’s. Assim espero. Tenho esperanças de, se não for campeão, ter um time para ganhar e fazer excelentes partidas no próximo ano. Voltaremos a ser forte e temido. Só nossa camisa e nossa base venceu jogos complicados esse ano. E tivemos vitórias épicas contra Heat, Knicks e etc. Vejo futuro para a próxima temporada.

  13. […] jejum de vitórias desde o embate diante do Miami Heat, o Boston Celtics reencontrou-se com o TD Garden lotado, na noite deste domingo (30), para iniciar […]

  14. […] vencer desde o dia 19 de março, amargando uma sequência de sete derrotas, sem chances de classificação para os playoffs e […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.