Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 105 x 104 Knicks

Rivais desde o final da década de 40, quando a NBA ainda dava os seus primeiros passos, Boston Celtics e New York Knicks disputaram, na noite desta sexta-feira (4), um jogo com todos os ingredientes de um grande clássico: TD Garden completamente lotado, lances incríveis das duas equipes, arbitragem confusa e emoção até o último segundo. Favorito, o Alviverde não repetiu as boas atuações dos últimos compromissos na temporada 2015/2016, mas a defesa e a torcida falaram mais alto no fim das contas: vitória suadíssima dos celtas, por 105 a 104.

Mais uma vez, o Boston Celtics contou com uma grande atuação do armador Isaiah Thomas, que não teve medo de encarar os marcadores e abusou das infiltrações no garrafão nova-iorquino. Com muitas jogadas rápidas e lances livres, o camisa 4 celta foi o cestinha da partida, com 32 pontos, e ainda distribuiu oito assistências. Principal jogador da rotação, o ala Evan Turner também teve uma noite muito feliz, com 21 pontos e oito rebotes.

Além de Thomas e Turner, outros jogadores se destacaram e merecem uma menção: o ala Jae Crowder, em mais um duelo como titular, fez 20 pontos em 34 minutos e também foi incansável na marcação. O ala-pivô Jared Sullinger, que encerrou o jogo com 12 de plus minus, ficou a um ponto de mais um duplo-duplo, já que pegou 11 rebotes. Discreto em toda a partida, o ala-armador Avery Bradley fez apenas nove pontos, mas foi o responsável pela conclusão da última cesta do jogo, a 17 segundos do fim.

Pelo lado do New York Knicks, o cestinha foi o ala Carmelo Anthony, que fez 30 pontos. Apesar do bom desempenho, Anthony sofreu com a marcação de Marcus Smart no último lance do jogo e errou o arremesso que poderia dar a vitória aos nova-iorquinos. O ala-armador Arron Afflalo fez 17 pontos, enquanto o pivô Robin Lopez, com 12 pontos e 12 rebotes, registrou mais um duplo-duplo. Sensação dos Knickerbockers na temporada, o ala-pivô calouro Kristaps Porzingis fez 15 pontos, mas passou a maior parte do jogo no banco de reservas, por opção do técnico Kurt Rambis.

Com o triunfo diante do New York Knicks, o Boston Celtics fechou a série de cinco jogos em casa com 100% de aproveitamento. Além disso, a franquia de Massachusetts chegou a 13 vitórias seguidas no TD Garden em 2016 e permanece na terceira posição da Conferência Leste. O Knicks, por sua vez, está há três jogos sem vitória e na 13ª colocação do Leste, com 39,7% de aproveitamento.

Boston Celtics e New York Knicks terão pouco tempo para descansar depois do clássico e já voltam a jogar na noite deste sábado (5): enquanto o Alviverde visita o Cleveland Cavaliers, líder da Conferência Leste, na Quicken Loans Arena, o New York Knicks recebe o Detroit Pistons no Madison Square Garden.

Destaques do Celtics

Isaiah Thomas (32 pontos e oito assistências)

Evan Turner (21 pontos e oito rebotes)

Jae Crowder (20 pontos e oito rebotes)

Destaques do Knicks

Carmelo Anthony (30 pontos e sete rebotes)

Arron Afflalo (17 pontos e três assistências)

Robin Lopez (12 pontos e 12 rebotes / duplo-duplo)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

15 comentários

  1. Brenno

    Que jogo! Os últimos 3 min foram sensacionais!

  2. Dakimalo

    Pessoal, fiz um grupo no whats APP para falar só sobre o celtics, para conversar sobre jogos, contratações, e tudo em geral que seja sobre o Celtics….
    Quem quiser participar, apenas deixe seu numero aqui que eu adiciono assim que der.

    Go Celtics!

  3. Pedro Leôncio

    Muito bacana ver o poder de reação da equipe mesmo a Bola não caindo. Teve momento do jogo que o time tinha 9% de aproveito nos deep shots. Sempre bom ver o Bradley decidir, que jogador confiável em momentos importantes. Um comentários a parte: Thomas sumiu no último quarto, sendo que ele terminou o terceiro com 30 pnts e ao final do jogo ficou com 32. Além de não ter poder decisivo e marcação tá bem mais esperta nele. Bela vitória e que venha o Cavs hoje

  4. drakes

    Antes de entrar no jogo, sobre NBA geral Pós- all star o H. Whiteside está .829 em acertos de FT, os dois defeitos dele são:
    – Ele é muito ruim defendendo fora do garrafão, não entendo por que ele parece ser bem rápido,
    – 0 humor dele.

    Agora que ele treina duro me parece meio óbvio, ninguém da um salto desses com sorte; do jeito que está jogando mesmo com o risco dele pirar, os times vão se arriscar e oferecer o máximo para ele.

    Sobre o jogo, fica, para mim, uma lição para escolhas do draft, vale a pena trazer um jogador especialista, Smart mesmo mal no ataque, foi bem na defesa e teve o “direito” de defender o melo no final.

    No mais, IT segue sua temporada de All-Star, diria que Jae Crowder idem, eles devem ser um dos melhores duos na NBA.

    Celtics começa a ter chances de acabar a temporada com 50 vitórias, o que seria uma bela progressão para passada.

  5. Lucas Oliveira

    Tenho minhas ressalvas quanto a partida do Turner. Apesar da pontuação final, ele abusou de erros em lances desnecessariamente forçados, tem mantém o péssimo hábito em errar em momentos de contra ataque rapido com superioridade numérica.
    No último quarto ele realmente ajudou muito, mas precisa aprender a jogar simples.

    Quanto ao comentário sobre o último quarto do IT eu crédito muito mais aos poucos minutos e o desenvolvimento do jogo do que a uma queda de produção. Thomas entra sempre faltando 6min, e daí para frente o jogo foi totalmente da defesa e contra ataques rápidos, onde qualquer um que esteja melhor colocado recebe a bola.

  6. Jackson

    47 9972-1010
    Go Celtics!!!

  7. Danilo Marques

    62 9230 2208

  8. Celso Cachali Jr

    11981165112

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.