Celtics 107 x 120 Bucks

Ainda tendo que lidar com os momentos de oscilação na temporada 2018/2019 da NBA, o torcedor do Boston Celtics viveu mais uma noite de pura decepção nesta sexta-feira (21). Mesmo atuando em seu TD Garden pela segunda partida consecutiva, o time verde e branco de Massachusetts fez um primeiro tempo desastroso e foi derrotado sem maiores dificuldades pelo Milwaukee Bucks, vice-líder da Conferência Leste, por 120 a 107. Foi a terceira derrota consecutiva do Celtics, que perdeu força na briga pelas primeiras colocações.

Com três desfalques de peso no garrafão (Al Horford, Marcus Morris e Aron Baynes), o técnico Brad Stevens surpreendeu na escalação e montou o quinteto titular do Boston Celtics com três alas. Os primeiros minutos do small ball celta foram animadores, com 10 a 1 no placar, mas o Milwaukee Bucks, liderado por Giannis Antetokounmpo, estabeleceu rapidamente o domínio do jogo e abriu 26 pontos de diferença. Vaiado pela torcida, o Celtics tentou uma reação nos dois últimos períodos, que não foi o suficiente, já que o Milwaukee Bucks não diminuiu o ritmo e controlou a larga vantagem sem problemas.

Mais uma vez na rotação, o ala-armador Jaylen Brown foi um dos raros destaques do Boston Celtics e foi o cestinha da equipe, com 21 pontos. No quinteto titular, o ala Jayson Tatum não teve uma noite feliz nos arremessos, mas contribuiu com 20 pontos, enquanto o armador Kyrie Irving chegou perto de um triplo-duplo, com 15 pontos, nove rebotes e sete assistências.

Forte candidato ao prêmio de melhor jogador da temporada (MVP), o ala grego Giannis Antetokounmpo fez uma atuação brilhante no TD Garden e encerrou o jogo com 30 pontos. Os principais auxiliares de Giannis foram o ala Khris Middleton, que fez 21 pontos, e o armador Eric Bledsoe, autor de 16 pontos.

Com o tropeço em casa, o Boston Celtics permanece na quinta colocação da Conferência Leste. O Alviverde venceu 18 das 31 partidas que disputou e tem 58,1% de aproveitamento. Já o Milwaukee Bucks, invicto há quatro jogos, continua na vice-liderança do Leste, com 22 triunfos em 31 duelos e 71% de aproveitamento.

Pressionado, o time do Boston Celtics volta a atuar pela temporada 2018/2019 na noite deste domingo (23), às 20h (horário de Brasília), contra o Charlotte Hornets, no TD Garden. O Milwaukee Bucks, por sua vez, não terá muito tempo para descansar, pois já volta às quadras neste sábado (22), diante do Miami Heat, na American Airlines Arena.

Destaques do Celtics

Jaylen Brown (21 pontos e sete rebotes)

Jayson Tatum (20 pontos e cinco rebotes)

Kyrie Irving (15 pontos, nove rebotes e sete assistências)

Destaques do Bucks

Giannis Antetokounmpo (30 pontos, oito rebotes e cinco assistências)

Khris Middleton (21 pontos e nove rebotes)

Eric Bledsoe (16 pontos e quatro rebotes)

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

2 Comentários

  1. Publicidade

  2. Marco Antônio de Paula disse:

    Acho que o time está sem encaixe tático. Stevens está perdido. Não temos qualquer consistência defensiva. Nosso garrafão sofrendo cada vez mais, ontem tomamos em casa 64 rebotes. Horford e Morris voltando, pode melhorar, mas não vai solucionar todo problema que temos de garrafão. Não são jogadores dominantes em rebotes. Tatum não está encaixado em sua posição nessa temporada. Hayward perdido em quadra. Tmabém acho que está faltando mais vontade ao time. O Panorama não é bom. Essa temporada não está nada boa.

    3

    1
  3. Fernando salmazo disse:

    Véio na boa, tem treta entre os jogadores, não é culpa do Stevens, técnico não entra em quadra, a diretoria DA tem que intervir, quem não está satisfeito tem que ir embora, nem que for pra trazer jogador mais ruim, uma equipe rachada é pior que uma equipe mais ruim, se é que me entendem, o momento é do DA, tem que movimentar o mercado de Boston, não importa como, mas tem que estancar o sangramento de qualquer forma.

    4

    1

Deixe um comentário