Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Elenco do Boston Celtics “lava a roupa suja” e tenta se unir após terceira derrota consecutiva

Distante dos líderes da Conferência Leste na temporada 2018/2019 da NBA e sem vencer há três partidas, o Boston Celtics atravessa um momento de reflexão depois da derrota por 120 a 107 para o Milwaukee Bucks, na noite de sexta-feira (21), no TD Garden. Dominado sem maiores problemas pelo Bucks e vaiado pela torcida verde e branca, o elenco celta se reuniu por quase 40 minutos no vestiário, para tentar chegar a uma resposta sobre a irregularidade da franquia nesta edição da liga.

Principal jogador e “capitão informal” do Boston Celtics, o armador Kyrie Irving desabafou em entrevista coletiva após a reunião no vestiário do TD Garden. Além de afirmar que o Alviverde não está jogando como uma equipe, Irving criticou, sem citar nomes, o egoísmo de parte do elenco em quadra. Consciente de seu papel no grupo, o camisa 11 acredita que a conversa entre os jogadores deve apresentar resultado nas próximas semanas.

“Foi muito necessário (o encontro no vestiário). Acho que todos podem ver que, obviamente, tivemos algumas inconsistências em relação ao nosso jogo, então acho que era a hora de abordar isso. Óbvio que estamos sendo egoístas. Eu tenho um equilíbrio, posso fazer qualquer coisa dentro de quadra, mas tenho que envolver meus companheiros de equipe. Isso (individualidade) está em segundo plano para poder ser paciente, crescer como líder dessa equipe e ajudar os nossos jovens a estarem preparados à medida em que envelhecem nesse campeonato. Não importa o quão bem-sucedido eu sou, importa é como somos bem-sucedidos como time”, afirmou Irving.

Os atletas mais jovens do elenco do Boston Celtics também se pronunciaram após a conversa no vestiário. Para o ala-armador Jaylen Brown, cestinha diante do Milwaukee Bucks, os jogadores precisam estar unidos para recolocar o Alviverde no caminho das vitórias. “Não é sobre mim. É sobre nós. Estamos tentando ser uma equipe. Ou somos todos, ou não somos”, disse o camisa 7.

O ala Jayson Tatum, por sua vez, encarou com naturalidade a reunião do elenco do Celtics. “Sempre que você está em um ambiente de trabalho, ou em qualquer time que eu jogue, quando você não está jogando bem, você tem que conversar e melhorar no dia seguinte. Eu não sei porque estamos sendo inconsistentes, eu gostaria de ter uma resposta. Mas nós vamos ficar bem”, afirmou.

Dono da quinta colocação da Conferência Leste, com 18 vitórias em 31 partidas e 58,1% de aproveitamento, o Boston Celtics volta a jogar pela temporada 2018/2019 da NBA na noite deste domingo (23), às 20h (horário de Brasília), contra o Charlotte Hornets, no TD Garden. Será a terceira partida consecutiva do Alviverde como mandante nesta edição da liga.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

3 comentários

  1. Fernando Silva

    A reunião é positiva, as palavras também.

    Verdade que jogamos bem desfalcados em uma posição que já temos problema.

    Porém, o saldo da reunião em termos de PALAVRAS me parece correto.

    Precisamos na sequência ver como fica em quadra.

    Ainda sou daqueles sem preocupação com o momento.

    Disse antes que a partir de janeiro o time teria resultados mais consistentes.

    Ainda vejo alguns testes do Stevens (em parte decorrência das lesões), ainda vejo “segurar a onda” do time.

  2. Erondi Nunes

    É obvób q tem algum problema interno entre os jogadores, acho q Danny Ainge vai fazer trades daqui a pouco, é nítido q tem jogador insatisfeito

  3. Daniel Monteiro

    Se tem individualidades e levando em conta os comentários, só sobre 1 jogador: Rozier. Baynes, Horford, Theis, Tatum, Smart, jogam para a equipe, Morris vem jogando bem, Irving e JB se pronunciaram bem. Hayward é café com leite, bem, sobre o Rozier.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.