Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 120 x 109 Rockets

Além de enfrentar o Houston Rockets, em partida válida pela temporada 2016/2017 da NBA, o Boston Celtics pisou na quadra do TD Garden, na noite de quarta-feira (25), para recuperar o orgulho ferido. Derrotado nos três últimos jogos que disputou, o Alviverde perderia a terceira posição da Conferência Leste em caso de um novo tropeço, e teria que evitar isso diante de um visitante de ataque poderoso, dono da terceira melhor campanha desta edição da liga. E a desforra veio, difícil, na raça, do jeito que o torcedor celta gosta: com uma grande atuação no último quarto, o Celtics bateu o Rockets por 120 a 109, voltou a sentir o doce gosto da vitória e, de quebra, ainda se vingou da derrota sofrida para a franquia do Texas no último encontro em dezembro.

Com Jaylen Brown e Jonas Jerebko como novidades no quinteto titular, e ainda tendo que lidar com a artilharia pesada do Houston Rockets, liderado por James Harden, o Boston Celtics não teve um bom início de jogo no TD Garden e perdeu o primeiro período por 27 a 24. No segundo quarto, a franquia do Texas manteve o ritmo intenso e abriu 11 pontos de diferença, mas o Celtics, com boas jogadas ofensivas de Isaiah Thomas e Al Horford, além das faltas propositais no pivô adversário Clint Capela, levou um prejuízo de apenas seis pontos para o intervalo.

No terceiro período, o Boston Celtics apresentou outra atitude, virou o jogo e abriu sete pontos de frente para o Houston Rockets. Entretanto, com Harden cavando faltas e Trevor Ariza acertando arremessos de longa distância, os visitantes permaneceram na briga pela vitória. Já no último quarto, o Rockets deu um pequeno susto nos torcedores celtas ao reassumir a liderança no placar, só que essa situação durou pouco tempo: com 13 pontos de Thomas e uma defesa agressiva, o Celtics disparou na frente e confirmou uma grande vitória em casa.

Mais uma vez, o destaque do Boston Celtics foi o armador Isaiah Thomas: além de cestinha da partida, com 38 pontos, o camisa 4 distribuiu nove assistências e pegou cinco rebotes. O ala Jae Crowder registrou um duplo-duplo, com 23 pontos e 10 rebotes, e o pivô Al Horford, responsável por 20 pontos da equipe celta, também deu nove assistências aos seus companheiros de equipe.

Candidato a MVP da temporada regular, o armador James Harden foi o cestinha do Houston Rockets e anotou um duplo-duplo, com 30 pontos e 12 assistências, mas não deixou uma boa impressão em Boston: Harden anotou 16 dos seus 30 pontos em lances livres e registrou aproveitamento de apenas 33,3% em 18 arremessos. O ala-pivô Ryan Anderson anotou 19 pontos, e o ala reserva Sam Dekker contribuiu com 15 pontos.

Com a vitória em casa, o Boston Celtics manteve a terceira colocação da Conferência Leste e agora tem 60% de aproveitamento na temporada, com 27 triunfos em 45 jogos. Além disso, com o tropeço do Toronto Raptors diante do Memphis Grizzlies, o Alviverde está a meio jogo de diferença da vice-liderança. Já o Houston Rockets, com 34 vitórias em 49 duelos, permanece na terceira posição da Conferência Oeste.

Boston Celtics e Houston Rockets voltam a jogar pela temporada 2016/2017 da NBA na noite desta sexta-feira (27). Enquanto o Alviverde de Massachusetts recebe o Orlando Magic no TD Garden, a franquia do Texas visita o Philadelphia 76ers no Wells Fargo Center.

Destaques do Celtics

Isaiah Thomas (38 pontos, nove assistências e cinco rebotes)

Jae Crowder (23 pontos e 10 rebotes / duplo-duplo)

Al Horford (20 pontos e nove assistências)

Destaques do Rockets

James Harden (30 pontos, 12 assistências e seis rebotes / duplo-duplo)

Ryan Anderson (19 pontos e cinco rebotes)

Sam Dekker (15 pontos e quatro rebotes)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.