Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 94 x 99 Jazz

Na noite de sexta(06) o Boston Celtics recebeu a equipe do Utah Jazz no TD Garden e acabou sendo derrotado. Com erros defensivos e apagões ofensivos a equipe celta sofreu com a bola de três da equipe visitante e não foi capaz de se recuperar no jogo.

No primeiro período a equipe celta começou com uma boa intensidade, um início promissor defensivamente e ofensivamente. Porém conforme o período avançava a equipe começava cometer erros dos dois lados da quadra e o jogo no perímetro da equipe do Jazz começava a engrenar, lideramos por Mike Conley a equipe visitante fechou o primeiro período na frente do placar. Placar do período 29 x 30.

Se o primeiro período dava sinais de um jogo complicado, o segundo período nos deu certeza. A equipe errava muito ofensivamente e sentia falta de um pontuador para ajudar no ataque. Tatum estava sumido no jogo e Smart tentava puxar a responsabilidade dos dois lados da quadra, mas não era suficiente. A equipe do Jazz ajustou bem sua defesa e aproveitou os erros da equipe da casa para punir com a bola de três que estava afiada, a equipe visitante rodava bem a bola no ataque e parecia sempre encontrar um espaço na defesa celta para pontuar. Se a bola de três da equipe visitante estava funcionando muito bem, o mesmo não se pode dizer dos arremessos de três da equipe celta que pouco caíram. Placar do intervalo 49 x 62.

Na volta do intervalo o Celtics teve um bom início de período, apoiado em boas jogadas de Kemba Walker e Marcus Smart a equipe melhorou ofensivamente e incendiou o jogo, a defesa melhorou e o Jazz teve dificuldade em manter o bom ritmo ofensivo principalmente nas bolas de três. Tudo ocasionou em uma sequência de 11 a 0 para a equipe celta, que manteve a equipe do Jazz sem pontuar por mais de quatro minutos, deixando a vantagem em apenas cinco pontos. Mas a equipe celta não conseguiu manter esse ritmo por muito tempo e o período ficou equilibrado, com as equipes trocando cestas e perto do final do período a equipe celta cometeu vários erros e viu a equipe do Jazz abrir treze pontos de vantagem. Placar do período 66 x 79.

No ultimo período de jogo a bola de três do Jazz continuou sendo um pesadelo para o Celtics. Nosso banco como vem sendo recorrente, pouco pontuava, enquanto o banco adversário conseguia manter a boa produção ofensiva em quadra e a nossa falta de eficiência no perímetro diante da grande pontuaria da equipe adversária nas bolas de três deixou a equipe celta em uma situação muito complicada e o time não foi capaz de se recuperar. Placar final 94 x 99.

A equipe celta sofreu com muitos problemas durante o jogo. Minutos limitados para Kemba Walker são um problema. E se torna um problema maior ainda quando as peças de reposição produzem tão pouco. Jayson Tatum teve uma partida discreta diante do que vinha produzindo e sem dúvida sentimos falta de seus pontos. Nosso banco como citado anteriormente segue com baixa produção e com jogadores importantes machucados precisamos de uma contribuição melhor vindo de nosso banco, mas infelizmente não há expectativa para melhora do banco celta. O Boston Celtics volta a jogar domingo(08) contra o Oklahoma City Thunder no TD Garden às 19h horário de Brasília.

A equipe do Jazz fez um ótimo jogo no perímetro punindo o adversário com as bolas de três, a defesa fez um bom trabalho e a equipe sai de Boston com uma grande vitória. A equipe do Jazz volta a jogar sábado(07) quando visita o Detroit Pistons às 21h horário de Brasília.

Destaques do Celtics

Marcus Smart (29 pontos)

Jayson Tatum (18 pontos e 7 rebotes)

Daniel Theis (12 pontos e 9 rebotes)

Kemba Walker (13 pontos e 7 assistências)

Destaques do Jazz

Mike Conley (25 pontos e 5 assistências)

Donovan Mitchell (11 pontos)

Jordan Clarkson (17 pontos)

Rudy Gobert (9 pontos e 7 rebotes)

Melhores momentos

Author avatar
Henrique Correia
Paulista, morador de Bauru no interior do estado de São Paulo, analista de suporte e corredor de rua nas horas vagas. Apaixonado por basquete, descobriu no jornalismo um hobby e quem sabe futuramente pode encontrar uma profissão. Acompanha a NBA desde 2010, torcedor fiel do Celtics, aguarda ansiosamente pra ver seu primeiro titulo.

2 comentários

  1. Marcos

    Olha só, o ex-coach dos Nets, Atkinson, está no mercado.
    Não é o Carlisle, nem o Budenhozer, nem o Pop, nem o Nurse, mas é algo a se pensar…

    Abs verdes,

  2. Vitor

    Acho que o Celtics faz uma temporada bem meia boca e ele tem uma boa parcela de culpa, mas ainda acho Brad TOP 5 treinadores da atualidade.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *