Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics atinge a sexta colocação no Power Ranking da ESPN

A tabela da sétima semana da temporada 2015-16 não parecia muito atraente para o time de Boston.

A equipe teria pela frente inicialmente o Pelicans, do astro Anthony Davis, e dali em diante, só pedreira.

Primeiro enfrentaria o vice  líder da conferência, Chicago Bulls, depois o invicto e imparável Golden State Warriors e por fim o novo vice líder da conferencia, Charlotte Hornets, fora de casa em note de back-to-back.

Existe quem olhasse para a tabela e visse o time saindo da semana com uma ou nenhuma vitória, mas não foi o que aconteceu.

O Celtics superou a ausência de Smart e Hunter, e venceu o Pelicans, o Bulls e o Hornets, sendo derrotado apenas pelo Warriors em uma das partidas mais épicas da temporada, com direito a 2 tempos extras.

Tamanha eficácia nesses jogos alçou o Celtics para um patamar ainda não alcançado nessa temporada e o time que estava voando abaixo do radar, começa a chamar a atenção das demais equipes da liga e da imprensa americana.

A maior prova disso é que o Celtics que já figurava em uma boa 9ª posição no Power Ranking da ESPN na última semana, avançou mais algumas posições e hoje figura na sexta colocação, atrás apenas de Warriors, Spurs, Cavaliers, Thunder e Raptors, todas essas, equipes postulantes a fazerem as finais de suas conferências.

O power ranking, para quem não sabe, é um acompanhamento semanal feito pela ESPN que visa classificar as equipes em um ranking de acordo com a expectativa da possibilidade de título para cada equipe.

O Celtics, ainda em processo de rebuilding, portanto, figura nesse momento a frente de equipes formadas para disputarem uma vaga na final das conferências, como Hawks, Clippers, Heat, Pacers, Bulls, Rockets e Grizzlies.
Fonte: NBA Power Rankings: Week 7

Author avatar
Daniel Emiliano
https://danielemiliano.com.br
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics.Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

17 comentários

  1. Roberto Rossini

    Minhas expectativas para temporadas eram otimistas mas nem tanto, vamo que vamo….RS….os críticos fervorosos até sumiram….ou pelo menos as críticas.

  2. Se o Ainge conseguisse um bom jogador pro paint daria pra acreditar nas finais de conferência

  3. Barry

    To so esperando as trades do Ainge. Se ele mitar, da pra sonhar em….

  4. Hoje é dia 15 e um monte de jogadores se tornaram elegíveis para trocas, entre eles o Noah!
    Bora lá buscar nosso pivô defensor e passador, Ainge.
    Se pá o Bulls aceita Lee + Young.
    De quebra ainda abrimos uma vaga no roster para contratar alguém que tome “waive” após a trade deadline.

  5. marcelo conceicao

    ESPN’s NBA Basketball Power Index (BPI), o Celtics está em 5 e toronto em 6,

  6. Superar a perda da nossa futura promessa, Marcus Smart, principalmente defensivamente foi esplendido, já que Thomas tem suas limitações no que se fala de altura. Aguardando ansioso pelas trades, quem venha um Center ou Small Forward.

  7. Pedro Leôncio

    Especulaçao do dia: Sources: #Heat, #Celtics, #Bulls actively making offers to #Kings for @boogiecousins. Report from @MikeAScotto.
    Pelo que eu li ainge ja mandou proposta. Sonho meu!

  8. Fhelype Furlani

    Olha o que um cara postou no Jumper também.

    Celtics get Dwight Howard and PJ Tucker: addressing their need for a franchise big man and a swingman.” It was also reported that, “Houston Rockets get Eric Bledsoe, Tyson Chandler and Markieff Morris. They get their quality point guard, replaced their defensive.” Furthermore, “Phoenix Suns get: David Lee, Ty Lawson, Jared Sullinger, James Young, 2016 first round picks of Dallas Mavericks (top 7 protected) and Boston Celtics own 2016 draft pick. Also, they get the Brooklyn Nets 2018 unprotected draft pick.”

    Realtytoday

  9. Galera outros stats avançados que estamos (já há umas 6 semanas) no top-3 da NBA são os de defesa, incluindo o de menos pontos de e adversário por jogo e liderando o número de turnovers forçados.

    E sem o Smart que continua quebrado (até quando, alguém sabe?).

    Orgulho dessa defesa celta

  10. Hahaha, esses rumores de trades são uma loucura…

    Meu sonho é DMC, como já disse várias vezes.

    Essa do Howard é inesperada.
    Mas, imagina, vem o D. Howard, o Brad conserta a defesa dele e ele vira All-Defensive team?
    Os fakers iriam morrer… Hahahha

    []s verdes

    • Rogerio Rodrigues

      Imagina só D12 e Amir defendendo o garrafão e Smart, Bradley e Crowder no perimetro. Na boa, esse time defendendo ia ser insano.

      • Fhelype Furlani

        Sei lá, acho difícil confiar no D12, mas além de melhorar nossa defesa no garrafão eu acho que o jogo mais coletivo do Celtics favorece mais ele, Houston só tem um monte de nego fominha matando bola, não vejo um bom esquema tático lá, mesmo eu sendo novo no esporte e não sacando muito ainda.

  11. Fernando C. da Silva

    Na season passada, na minha opinião, se tivessemos enfrentando o Toronto levaríamos a série, esta temporada então… O Celtics tem mais time que o Toronto, treinador melhor, tradição e peso.

  12. […] equipe do Warriors e dias depois chegou a ser colocada na sexta colocação do Power Ranking da NBA, o que significava que se acreditava mais em uma chance de título do Celtics em processo de […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.