Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics discute extensão de contrato com Tyler Zeller

Com o elenco praticamente definido, aguardando o início da temporada 2015/2016 da NBA, o Boston Celtics não faz grandes movimentações no mercado e trabalha, nos bastidores, para renovar o contrato do pivô Tyler Zeller. Em seu quarto ano de contrato de calouro, o camisa 44 receberá US$ 2,616,975, com uma oferta qualificatória de US$ 3,695,168 para 2016/2017, a ser exercida pelo Alviverde de Massachusetts.

De acordo com o site Basketball Insiders, Boston Celtics e Tyler Zeller já negociam uma extensão de contrato, com a franquia disposta a entrar em um acordo e o atleta cogitando um vínculo seguro. Porém, se Zeller quiser ganhar um contrato mais sólido, terá a oportunidade de testar o mercado como agente livre restrito, o que acontecerá se o Celtics exercer a oferta qualificatória. Fontes próximas ao processo de negociação garantem que as chances de acerto entre Celtics e Zeller estão em 50%.

Tyler Zeller, de 25 anos, chegou ao Boston Celtics em julho de 2014, após troca que envolveu Brooklyn Nets e Cleveland Cavaliers, primeira equipe do pivô na NBA. Após temporadas tímidas nos Cavs, Zeller atuou em todas as 82 partidas do Alviverde em 2014/2015, sendo 59 delas como titular, tendo médias de 10,2 pontos e 5,7 rebotes em 21,1 minutos. A melhor atuação do pivô com a camisa verde e branca foi no dia 5 de dezembro de 2014, quando anotou 24 pontos e pegou 14 rebotes no clássico contra o Los Angeles Lakers, vencido pelo Celtics por 113 a 96.

Apesar de ter encerrado bem a temporada, Zeller terá dificuldades para seguir como titular no garrafão celta, já que Jared Sullinger e Kelly Olynyk estão dispostos a recuperar o terreno perdido. Além disso, o Celtics fez duas contratações para o setor, tirando Amir Johnson do Toronto Raptors e acertando com o veterano David Lee, campeão pelo Golden State Warriors.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

12 comentários

  1. Renato

    Gosto do Zeller, e um center Soft, mas vejo nele mais potencial defensivo do que no Olynyk, e muitos bons movimentos ofensivos dentro do garrafao o que e raro para um jogador de sua altura. Lance livre muito bom e tiro de media distancia bom, logo pelo preço certo o manteria no elenco sim, algo em torno de 4 temporada por 32 milhoes seria justo prevendo o aumento do CAP.

  2. Danilo Jeolás

    Tem seu valor sim e mostrou evolução. Mas com um elenco de role players não iremos a lugar algum.

    Estamos parecendo muito o Nuggets pós-Anthony. E isto não é nada empolgante.

  3. Sander

    Como um camarada falou ai em cima: 32 milhões no máximo.

  4. Fabrício Silva Zanateli

    Marcelinho Huertas no fakers, ele seria uma boa pra nós?

  5. Fabrício Silva Zanateli

    Como eu queria ver o DeRozan nesse time!

    • PP34

      “Marcelo RS”, você assistiu ao jogo pelo menos?
      Não vi essa “engolida” toda não, sabemos que Olynyk é um lixo na defesa e Scola é um grande jogador e tem 20 anos a mais, ou seja, só um pouco de experiência,então ele claro que Olynyk não iria conseguir marcá-lo de forma eficiente.
      Mas acho que ele foi bem, arremessou até abaixo da média que costuma fazer, mas saiu com 13 pontos e 10 rebotes, sendo 5 rebotes ofensivos.
      Foi ainda melhor no jogo contra a Venezuela.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.