Danny Ainge diz que Kyrie Irving e Gordon Hayward estarão prontos para o início dos treinamentos

Com apenas 5 minutos em sua estréia pelo Boston Celtics, o ala Gordon Hayward sofreu uma terrível lesão que o tiraria da temporada 2017/2018 da NBA. Como se não fosse bastante perder a sua principal contratação de forma tão chocante, a necessidade de cirurgia no joelho de Kyrie Irving também o fez perder o restante da campanha da franquia de Massachusetts. Naturalmente, muitos torcedores celtas começaram a se preocupar com o futuro da equipe e com a saúde dos atletas em questão. No entanto, o General Manager Danny Ainge, em entrevista para o jornalista Chris Fosberg, da ESPN americana, externou sua confiança na recuperação dos dois astros.

“Eu acho que eles sabem que ainda falta um mês, então eles estão impondo seu ritmo. Eles estão trabalhando para chegar bem no dia inicial do training camp (26 de setembro). Eles estarão aqui na próxima semana. Quando o ‘Dia do Trabalho’ (que nos EUA é comemorado na primeira segunda feira do mês de setembro) tiver terminado, eles todos estarão jogando 5 contra 5… Eles estão fazendo de tudo, enterrando e saltando com ambas as pernas e jogando 1 contra 1, pulando, cortando (em direção à cesta) e defendendo. Estou animado por eles”, disse Ainge.

A notícia é animadora, já que a equipe que venceu 55 jogos na temporada passada, além de ter ficado a apenas uma vitória das Finais da NBA, poderá contar com seus dois principais jogadores desde o início, inclusive durante os treinamentos e pré-temporada.

Vale lembrar que Kyrie Irving jogou somente 60 partidas e antes de ter a temporada encerrada por conta da cirurgia no joelho, era um dos candidatos a MVP e maior pontuador celta, com média de 24.4 pontos por jogo. Por sua vez, Gordon Hayward em sua última temporada pelo Utah Jazz manteve média de 21.9 pontos por jogo com field goal de 47% no total e 40% somente em bolas de três pontos.

Embora não citado por Danny Ainge, o pivô alemão Daniel Theis segue firme em sua recuperação e também deverá estar disponível para o início dos treinamentos. Theis, que sofreu uma lesão no joelho esquerdo em março deste ano, foi uma ótima surpresa para o torcedor do Boston Celtics, provendo energia vindo do banco nos 63 jogos que disputou.

 

 

 

Publicidade

Eduardo Quirino
Eduardo Quirino
Eduardo, 31 anos, nascido em Niterói/RJ mas é Resendense de coração. Bacharel em Direito, estudante de Administração e flamenguista, é apaixonado por esportes e envolvido com o basquete desde os 14 anos. Ex-pilar do Volta Redonda Rugby, ex-capitão do Resende Rugby e atual ala-pivô do Basquete Resende, tem como espelho a lenda Kevin Garnett, razão pela qual começou a torcer para o Boston Celtics em 2008. KG se foi, mas o amor pelo Celtics é pra sempre! Sou um dos calouros do Celtics Brasil e espero vê-los muitas vezes por aqui!

6 Comentários

  1. Publicidade

  2. Fernando salmazo disse:

    Ainge, Ainge…… fiduama…… podia ter trazido o monocelha pra nós……. kkkkkkk….. brincadeirinha, te amo.

    5

    0
  3. Fernando Henrique disse:

    Pouca gente comenta do Theis mesmo, mas eu gostei muito dele na temporada passada. Arriscava umas bolas de longa distância com consciência, ótimo defensor, fazia o feijão com arroz.
    Na minha opinião, deixa o banco muito mais consistente do que o Yabusele ou o Ojeleye

    21

    0
  4. Celso Cachali Jr disse:

    Theis e muito mais jogador que yabusele e Ojeleye… Grata surpresa e jogador importante para nós…quero de mais que chegue a temporada.

    4

    0
  5. Renato disse:

    Esse time completo fará estragos. Já vejo a final da NBA com os narradores perplexos gritando o Boston Celtics acaba com a dinastia do Warriors e vence NBA.

    0

    0
  6. EDUARDO DIAS disse:

    Assim espero

    0

    0

Deixe um comentário