Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Danny Ainge queria renovação de Rondo em contrato curto

A troca do armador Rajon Rondo com o Dallas Mavericks está perto de completar um ano, mas ainda repercute muito entre os torcedores do Boston Celtics. Responsável pela negociação, que foi alvo de críticas na época, o GM celta Danny Ainge admitiu, em entrevista na última quinta-feira (5), que pretendia renovar com o camisa 9, mas por um valor abaixo do esperado por todos. Em 2014/2015, Rondo era agente livre irrestrito, pretendia testar o mercado e o Celtics, por precaução, selecionou Marcus Smart no Draft de 2014, já pensando em um substituto e em uma transação com o seu capitão.

Nessa entrevista, Ainge disse estar surpreso com os boatos de um novo contrato elaborado pelo Celtics, onde Rondo ganharia US$ 70 milhões por cinco temporadas. De acordo com o GM da franquia de Massachusetts, esses dados não são verdadeiros. “Não, esse não é o número correto. Nós nem seríamos capazes de fazer isso no âmbito do acordo coletivo de trabalho. Não sei de onde esses números vieram, mas não seria capaz de fazer isso. Queríamos assinar uma extensão por dois anos, provavelmente na faixa de US$ 11 ou US$ 13 milhões”, declarou Ainge.

O Boston Celtics trocou Rajon Rondo por duas escolhas de Draft e mais três jogadores: o armador Jameer Nelson, atualmente no Denver Nuggets, o ala-pivô Brandan Wright, que agora defende o Memphis Grizzlies e o ala Jae Crowder, hoje titular celta. Rondo não teve uma passagem de sucesso pelo Dallas Mavericks e assinou, nesta temporada, um contrato com o Sacramento Kings, onde receberá US$ 9,5 milhões.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

16 comentários

  1. Eduardo

    Sou muito fã do Rondo, foi difícil aceitar a troca. Mas o Crowder pode vir a se tornar um grande jogador, hoje ele é um ala razoável, atlético e com bastante insistência na marcação. Mas o trunfo dessa troca está na pick que ganhamos.

  2. Sander

    A grande vantagem da troca foi, não dar um contrato máximo para o Rondo e ficar com o cap engessado por 5 anos.

  3. Fernando C. da Silva

    Sendo sincero, ele queria testar o mercado! Está feliz agora? Como foi em Dallas? Foi um ótimo negócio, como sempre será negociar atletas que não desejam ficar na franquia.

  4. Daniel Emiliano

    Essa lesão que o Rondo teve, é SÉRIA DE MAIS. É de longe uma das piores do esporte.

    Desde aquela lesão, Rondo NUNCA MAIS foi o mesmo. E acho difícil voltar a ser.

    Ele pode fazer bons números esse ano em Sacramento, voltar a ser um PG top 10 e tal, mas aquele PG que ña minha opinião só ficava atrás do Cp3. Esse eu vejo como impossível, ressurgir.

    Ter dado um contrato máximo de 5 anos teria acabado com nosso processo de renovação. Essa, infelizmente, é a verdade. Então Ainge fez muito certo em troca-lo.

    Inclusive Ainge foi muito honesto, em levar o Rondo para uma equipe forte, onde ele pudesse brigar por título.
    Claro que hoje sabemos que tudo deu MUITO errado em Dallas (E MUITO por culpa do próprio Rondo…rs). Mas a intenção era boa.

    • luiz eduardo

      é exatamente isso, rondo precisava muito do físico em dia pra jogar bem, depois dessa lesão ele tem que reinventar o seu jogo.

    • Alex Shima

      Desculpe Daniel, mas a lesão do ligamento cruzado anterior pode ser grave, mas não incapacita o jogador a tal ponto de impossibilitar de jogar em alto nível. Temos muitos jogadores que lesaram (principalmente no futebol) e voltaram a jogar muito bem. No basquete, as lesões mais incapacitantes estão nas lesões do pé e tornozelo.O déficit do Rondo foi mais na vontade de ficar nos Celtics…

  5. luiz eduardo

    Mais uma vez que ainge fez uma troca muito boa em que à época não parecia, rondo está em declínio, além com seu físico sem ser o que era antes, ele nunca iria ser um franchise que teria que ser, pelo salário que ele queria. Então conseguimos ganhar alguma coisa com ele, uma pick, que pode ser de loteria, e um bom jogador

  6. Renato

    A frase que representa o Ainge é OS HUMILHADOS SERÃO EXALTADOS

    Trocou Garnett e Pierce e as críticas vieram com toda força, hoje todo mundo fala das escolhas do NETS e nosso melhor jogador é o Thomas fruto dessa transação.

    Trocou o Rondo e mais uma vez aquela repercussão, hoje todo mundo feliz com a possibilidade de escolha de loteria e ainda ficamos com o Crowder.

    Ou seja, as vezes como torcedores somos precipitados em nossa a avaliação, mas é bom demais saber que temos um cara inteligente na condução do futuro da equipe.

    E podem anotar, essa escolha do Memphis vai ser boa também, pq em 2019 essa equipe vai estar quebrada, já esse ano seu nível caiu consideravelmente e com a ascenção do Wolves, Pelicans e Jazz, vejo uma futura escolha de loteria.

  7. Marcos

    O maior ‘dibrador’ da Liga e ainda continua assim.
    Engraçado é que vai ganhar próximo do que o Ainge tinha oferecido e, portanto, poderia ter ficado.

    Acho o RR9 um dos melhores PG da Liga (Na época do KG e PP34 era O MELHOR — CP3 amarelão).

    Tem tudo que eu espero de um PG (menos o lance-livre que é péssimo para a posição): passe espetacular, defesa, controle de jogo, baixo % to, consegue irritar o adversário e até reboteia…

    Não menos importante, o Rondo nunca ia se encaixar nesse esquema de rotação do Stevens em que todos precisam arremessar (de 3 de preferência) e controle da posse parece irrelevante. O Kings (onde está) é um fit perfeito, onde pode jogar com scorers nato com DMC ou R Gay.

    Sobre a lesão, acho que ferrou com a defesa dele. Já não é mais tão rápido e parece ter um pouco de medo…

    []s verdes

  8. Marcos Adriano Gonçalves

    Foi o Mr.Triple Double na época do trio de ferro…

  9. Bruno Soares

    Sempre fui muito fã dele. Fazia umas jogadas espetaculares, além de seus stats.

    Mas o pior foi comprar a camiseta dele e 3 meses depois ele sair. #bolado

  10. drakes

    O Rondo ficou com essa marca por que fazia corpo mole na defesa do Celtics, outra por que foi para Dallas que é o pior esquema tático para um armador no estilo dele (bem que foi ele que quis).

    E tem sempre o problema da idade/posição, vc não vai desenvolver um esquema de jogo em cima de armador com a idade do Rondo, ele terá que ir para um time onde seu jogo encaixe.

    Mas, muitas vezes um veterano já longe do seu auge, leva a melhora de um time, o Wolves é meio que prova disso, vei o Towns, mas a chegada do Tayshaun Prince deslocou o Wiggins para 2, onde ele defende e ataca jogadores menores que ele, nisso o canadense leva vantagem pelo atletismo fora do comum.

    Kevin Martin, apesar dos rumores que não está satisfeito, renasceu em termos de efetividade de jogo agora vindo do banco, além do mais a segunda unidade do Minnessota tem vários jogadores acima da média em termos de força física, Zach LaVine, Gorgui Dieng e Shabazz Muhammad.

    Diferente do time do Rondo, o do ex-celtics Prince/Garnett tem tudo para ir aos playoffs caso consiga manter esse ritmo e dar mais uma pick primeiro round próximo ano para Boston (claro que maldição pode ser mais forte), o Kings ao meu ver precisa de outro ala como o Marco Belinelli, tanto que o razoável Omri Casspi vem melhorando, ainda faltam peças lá.

  11. Marcos Adriano Gonçalves

    Daí pessoal, conseguem colocar a prévia antes das 17:00hrs???

  12. Danilo Jeolás

    Esse movimento ainda teve outra consequência importante. Se houvesse a certeza da renovação com o Rondo, provavelmente Ainge teria queimado a sexta escolha em Nik Stauskas.

  13. Fernando C. da Silva

    Gostaria de propor uma enquete: HOJE alguém trocaria o Thomas pelo Rondo?

  14. Fernando C. da Silva

    Eu não. Deixe o Thomas em Boston!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.