Kendrick Perkins declara que aceitaria prontamente convite para integrar comissão técnica do Celtics

Após sua surpreendente e destacada aventura como comentarista de NBA durante a atual pós-temporada, o ex-pivô do Boston Celtics, Kendrick Perkins, está sendo ventilado como possível reforço da comissão técnica de sua ex-equipe. E o Celtics, que perdeu seu principal assistente técnico, Micah Shrewsberry, para o basquete universitário, parece precisar de alguém com o perfil de Perkins para ocupar a posição vaga.

Durante os playoffs da presente temporada, Perkins fez elogiadas análises sobre as equipes da NBA, em especial o Boston Celtics. Sem deixar de ser duro em suas opiniões, o ex-atleta atacou as principais falhas do time treinado por Brad Stevens, seus apagões nos terceiros períodos dos jogos, a falta de criatividade ofensiva, além de ter declarado que a principal estrela do Boston Celtics, Kyrie Irving, havia sido ‘desrespeitoso com a cidade de Boston’.

Por conta dessa repercussão, Perkins foi perguntado em entrevista ao podcast The Danny Picard Show na tarde da última quinta-feira, 16 de maio, se aceitaria integrar a comissão técnica do Boston Celtics caso fosse convidado.

“Com certeza! Há certas coisas que você não pode rejeitar, e essa é uma delas. Não há outra escolha que não a de aceitar um emprego como esse.”, declarou um empolgado Perkins.

Agora trabalhando como assistente técnico da NBA, durante o Draft combine, Perkins conhece suas qualidades como treinador, em especial em seu trabalho com jogador mais jovens, motivo pelo qual ele está adorando sua tarefa atual.

“É sempre bom vir e, onde quer que seja, estar apto a dar conhecimento em jogadores jovens que estão tentando realizar os sonhos de suas vidas. É sempre um prazer. Estou tentando me manter ativo em termos de treinar jogadores, e conseguir o máximo de experiência que puder.”

“Eu falei com eles (o Celtics) mas eu não posso dizer muito. No fim do dia, eu sei que é um trabalho árduo. Há certos níveis para estes treinamentos e passos que você tem que fazer para chegar a certos níveis. Estou ávido em fazê-lo. Então, neste momento deixo todas as portas abertas. Quaisquer oportunidades que surgirem e que achar que é o melhor pra mim e para minha família, é o que eu decidirei fazer. Neste momento, eu quero ter certeza que estou trabalhando duro para isso.”, completou Perkins.

Fábio Malet
Fábio Malet
Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e engenheiro de softwares sênior. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby e pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira a que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Boston Red Sox e Green Bay Packers.

2 Comments

  1. Erondi Nunes disse:

    Eepero q venha mesmo, precisamos de um cara assim.

    Saudades dele e o Garnett no nosso garrafāo.

    1

    1
  2. Fernando Silva disse:

    Nem me diga deste garrafão.

    O trabalho com o grupo seria certamente bem vindo.

    Perkins seria transparente, sincero e honesto com cada jogador.

    O que KI teria ouvido? Não seja mimado nem queira monopolizar as atenções em Boston. O senhor não está em Cleveland e nada ganhou aqui.

    Coisa que o Stevens deveria ter feito e que DA não fez por respeitar o espaço do técnico.

    Enfim, prometo que paro de falar de KI quando ele e o Rozier saírem ou quando a nova season começar.

    3

    1

Deixe um comentário