Nets 109 x 102 Celtics

Na noite de segunda(14) o Boston Celtics visitou o Brooklyn Nets, e acabou sofrendo sua terceira derrota consecutiva. Com mais uma derrota decepcionante a equipe celta segue mostrando instabilidade na temporada e acaba se afastando ainda mais do topo da conferência. Depois da ótima vitória sobre o Indiana Pacers, o time havia deixado seu torcedor otimista, mas os últimos três jogos voltaram a preocupar seu torcedor. Com as derrotas para Heat, Magic e Nets, a equipe chega pressionada para o jogo contra os Raptors.

No primeiro período as equipes foram trocando cestas livremente, com um início equilibrado de jogo. E apesar de nossos muitos erros o primeiro quarto terminou com um placar equilibrado, com o Nets a frente por dois pontos. Jayson Tatum foi nosso destaque fazendo um bom início de jogo. Placar do período 27 x 25.

O segundo período não teve grandes mudanças, algumas trocas de liderança, mas o placar sempre próximo. Mesmo sem um jogo primoroso o Celtics se manteve sempre próximo no placar. Liderados por Russel, o Nets conseguiu sair para o intervalo ainda em vantagem apesar de cometer muitos desperdícios da posse de bola. Do outro lado o Celtics cometeu muitos erros ofensivos, e tinha muitos jogadores apagados na partida. Placar do intervalo 46 x 45.

Na volta do intervalo o jogo desandou para a equipe celta. A equipe voltou sonolenta e cheia de erros. Russel fez o que quis no perímetro, acertando vários arremessos de três sem resposta alguma por parte da equipe celta. Isso combinado a grande ineficiência do Celtics no ataque, gerou uma grande vantagem no placar para o Nets, que abriu vinte e quatro pontos de vantagem. Com a ausência de Irving e Smart, e com o restante da equipe apagada(com exceção de Tatum que fazia uma boa partida) o buraco parecia muito fundo para que a equipe conseguisse se recuperar no ultimo período de jogo. Placar do período 90 x 66.

No ultimo período, o início não foi nada promissor para o Celtics, que começou sofrente pontos e viu a vantagem do Nets subir ainda mais. Porém liderados por Brown e Tatum a equipe celta se recuperou no período, chegando a fazer treze a dois nos pontos. Perto do fim do período, a equipe verde cortou ainda mais a vantagem, que ficou em apenas sete pontos, faltando dois minutos para o fim do jogo, porém parou por ai, a equipe não conseguiu diminui a vantagem além disso, terminando com uma derrota de 109 x 102.

Vale citar alguns destaques negativos da equipe, como Rozier, que errou muito na partida, arremessos errados, marcação muito deficiente, sem impacto algum no jogo. Horford, Hayward, Theis e Morris também não foram bem, e estiveram totalmente apagados durante o jogo. Nenhum deles chegou a sequer dez pontos. O destaque positivo foi Tatum, que chegou a trinta e quatro pontos na partida. A próxima partida do Boston Celtics é contra o Toronto Raptors no TD Garden, quarta(16) às 23h horário de Brasília. Resta saber como o time irá reagir após três derrotas decepcionantes.

Pelo lado do Nets Russel teve trinta e quatro pontos e uma noite memorável nos arremessos de três. Kurucs também foi importante, contribuindo com dezenove pontos, a mesma quantidade que Jarret Allen, que também foi bem. A próxima partida do Brooklyn Nets é contra o Houston Rockets, quarta(16) às 23h horário de Brasília, em Houston.

Destaques do Nets

D’Angelo Russel (34 pontos e 7 assistências)

Rodions Kurucs (19 pontos e 4 rebotes)

Jarret Allen (19 pontos e 12 rebotes)

DeMarre Carroll (10 pontos e 14 rebotes)

Destaques do Celtics

Jayson Tatum (34 pontos e 5 rebotes)

Jaylen Brown (22 pontos e 6 rebotes)

Brad Wanamaker (13 pontos e 4 assistências)

Melhores Momentos

 

 

 

Publicidade

Henrique Correia
Henrique Correia
Paulista, morador de Bauru no interior do estado de São Paulo, analista de suporte e corredor de rua nas horas vagas. Apaixonado por basquete, descobriu no jornalismo um hobby e quem sabe futuramente pode encontrar uma profissão. Acompanha a NBA desde 2010, torcedor fiel do Celtics, aguarda ansiosamente pra ver seu primeiro titulo.

7 Comentários

  1. Publicidade

  2. Erondi Nunes disse:

    Rotação muito grande, parece piada mas ter o elenco muito grande parece ser um dos problemas.

    Ano passado a rotação tinha 8 ou 9 q jogavam mesmo e o ideal é isso.

    Temos q trocar uns 2 ou 3 não por outros jogadores e sim por picks.

    A posição 5 é dividida por Horford/Baynes/Theis um deles tem q ser negociado. Não tem minutos para os 3 embora todos sejam importantes.

    Os 2 q mais jogaram juntos ano passado Brown/Tatum mal jogam juntos hj.

    Irving, Smart, Tatum, Morris, Horford
    Brown, Hayward e Theis esses 8 tem q ser a nossa rotação, so assim pra se entrosar e se acostumar com Kirye e Hayward (q por ter mais tempo certamente será mais cobrado, não por nós mas pelos caras lá em Boston).

    O resto é garbage time e jogos específicos.

    1

    1
  3. Rodrigo Ribeiro disse:

    Tá complicado, mais por incrível que pareça, iremos ganhar o jogo hoje contra o Toronto, pode printar aí o que estou dizendo.

    Abraços Celtics…

    6

    0
  4. Joao disse:

    Eu acho q está dentro do planejamento essa rotação longa. Como se fosse uma fase de avaliação para ver com quem podemos contar. No ano retrasado a gente tinha um time bem inferior e fizemos uma campanha muito boa e não adiantou absolutamente nada. Se ficar irregular até o último quarto da competição e depois engrenar pra mim tá bom. Tô com medo do Hayward não engrenar, fora isso acho normal. O Haynes faz muita falta contra times como o Miami por exemplo.

    1

    0

Deixe um comentário