Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Pacers 99 x 105 Celtics

Ok. Anteontem, o Celtics derrotou um Knicks que perdera seu astro Carmelo Anthony, ainda no começo do jogo. Na noite deste sábado, o Celtics foi até Indiana e derrotou o time da casa, que estava desfalcado de seu principal jogador, Paul George. Assim, muitos ainda podem estar céticos com o time, mas os comandados de Brad Stevens parecem começar a engrenar em 2016/2017.

Ainda sofrendo com desfalques importantes (Crowder e Horford permanecem de fora) e problemas nos rebotes, o Celtics também encontrou um adversário em crise, que havia perdido na noite anterior para o fraquíssimo Philadelphia 76ers e está fora do g-8 do Leste.

Sob esse cenário de desconfiança e adversidades, Celtics e Pacers – duas das principais equipes candidatas a dar trabalho ao Cavaliers, no Leste – se enfrentaram no Bankers Life Fieldhouse.

Melhor sorte para o maior campeão da NBA, que, em seu terceiro back-to-back da temporada, conseguiu, pela primeira vez, vencer dois jogos em duas noites consecutivas.

Para alcançar seu quinto triunfo em 2016/2017, o Celtics contou com uma atuação inspirada de seu banco de reservas, especialmente de Terry Rozier e James Young(!). O camisa 13, disposto a mostrar a Ainge, aos torcedores e a si próprio, de que merece estar na NBA, fez, muito provavelmente, seu melhor jogo como profissional, ao trazer 12 pontos do banco (5-6 FG) e muita raça enquanto esteve em quadra.

Terry Rozier, por sua vez, mostrou o basquete que encantou aos torcedores na Summer League, ao impactar nos dois lados da quadra, por meio de roubos de bola, infiltrações e bolas de 3.

Isaiah Thomas e Avery Bradley sofreram durante boa parte do duelo, mas, justo na reta final do jogo, conseguiram pontuar e garantir que o Celtics não desse sobrevida a Myles Turner e cia. limitada.

Para o time da Divisão Central, destaque para o segundanista Myles Turner, que tentou carregar seu time nas costas, especialmente no último período, mas não foi páreo para a forte atuação coletiva de Boston.

Na próxima segunda-feira, Celtics e Pacers voltam às quadras. O maior campeão da NBA medirá forças contra o New Orleans Pelicans, na Louisiana, enquanto a equipe gerenciada por Larry Bird receberá o Orlando Magic.

Destaques do Celtics:

  • Kelly Olynyk: 16 pontos, 6 rebotes e 4 assistências;
  • Terry Rozier: 11 pontos (4-7 FG) e 6 rebotes;
  • James Young: 12 pontos (5-6 FG), 3 rebotes e 2 roubos de bola;
  • Isaiah Thomas: 23 pontos (4-13 FG, 14-15 FT’s) e 5 assistências.

Destaques do Pacers:

  • Myles Turner: 17 pontos (6-8 FG), 8 rebotes, 4 roubos de bola e 3 tocos;
  • Jeff Teague: 20 pontos (4-15 FG), 4 assistências e 3 rebotes;
  • Monta Ellis: 15 pontos, 4 assistências e 4 rebotes.

Melhores Momentos:

https://www.youtube.com/watch?v=jCbjUFIgPfs

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

9 comentários

  1. Quincy Adams

    Aê porra! Com a volta dos dois titulares machucados e a mágica do nosso técnico, a coisa deve engrenar pelo meio de Janeiro.

  2. Muito feliz de ver Rozier e Young desenvolvendo, em especial o Young seria sensacional o crescimento do seu jogo, pq nao temos nenhum arremessador especialista vindo do banco, já que considero Olynyk tituar.

    Nossos próximos 2 jogos são teoricaente fáceis contra Pelicans e Mavs, logo é vencer e ir com tudo para cima do Warriors.

    Nota a lamentar foi a quarta vitória do Nets, time limitado, mas muito bem treinado.

  3. Sander

    Young me surpreendeu ontem. O cara pontuou, brigou, pegou rebotes e jogou durante um bom tempo. Acho que ele vai levar a melhor em cima do Green em relação a tempo de quadra;

    Rozier foi muito bem, enquanto esteve em quadra fez com que o nosso time não sentisse tanto o jogo ruim que o IT estava fazendo até o último quarto;
    Como disse o Renato, o Olynyk é titular. Com a volta do Horford eu tiraria o Johnson;
    I. Thomas e Bradley estavam horríveis até o último quarto, pontuaram na hora decisiva;
    Jerebko me dá nojo. A cada hora que ele entra, me dá vontade de parar de ver o jogo;
    Zeller até que não atrapalhou ontem.

    * Não entendi o pq do Jaylen não ter jogado tanto tempo, ele saiu no segundo quarto e não voltou mais. O Jerebko aterrorizando o time e o Jaylen ficou no banco.

  4. drakes

    O Rômulo disse tudo sobre o jogo, mas analisando comparativamente com as outras temporadas do Stevens, eu vejo esse time parecido com aquele de duas temporadas atrás, era um time que alguém inesperado o técnico dava tempo, mitava e o time ganhava.

    Jerebko foi até bem na defesa ontem, mas no ataque tá duro. Sobre a defesa continua falhando ao meu ver, apesar que com a volta do Olynyk saiu da trigésima posição em eficiência para vigésima quinta, apesar das falhas individuais, coletivamente ele vem ajudando muito. Tanto que Celtics venceu em rebotes.

    Ao meu ver pensando nos jogos futuros, o time tem que continuar melhorando a defesa para começar a ter jogos fáceis. Se vencer o Pelicans fica perto em % de 49 vitórias no final de temporada, é um pouco baixo do que pensava, mas dá na virada dos 20 jogos estar dentro daquela média acima das cinquenta vitórias.

    Com a volta do Crowder e Hoford vejo como possível até uma subida do time, mas esses primeiros jogos mostraram é que o banco não é tão bom como se via, se não der para ter uma troca de impacto (Cousins) pelo menos usar das picks 2 rodada para melhorar a ala, afinal é o terceiro DNP do Green, não é só a perda do Crowder, Jerebko e GG estão abaixo dos prognósticos (pelo menos o meu).

    Concluindo, apesar da vitória, vejo a necessidade de trocas.

  5. Jandir

    Lucas Nogueira caia legal no Celtics para vim do banco.

    • Jota Boy

      Falou bem caia, temos que trazer o Zizic logo, para não perdemos mais uma boa peça e aguentar Zeller… Assisti o jogo todo ontem, eu já falei vou repetir, segunda unidade miss u Turner, quem salvou ontem foi Rozier com umas bolas de três e uma ótima defesa. Mas calma la Rozier, vai com menos força pros rebotes defensivos onde seu Big Man ta do lado pra pegar o rebote. kkkkk

  6. Heitor Fróes

    Vale lembrar do desempenho do Zeller no começo da partida. Tava legal de ver no ataque e, prencipamente na defesa.

  7. Fernando C Silva

    Nossa segunda unidade sente muito a falta do Turner. E não temos ninguém que possa lhe fazer as vezes em curtíssimo prazo. Talvez.o Smart se bem preparado. Acho difícil pois considero o nível técnico do Turner bem elevado.

  8. Tomas Parolin

    Ontem foi legal de assistir, dava pra ver que mereciamos mais a vitoria. o pacers tambem perdeu muito seu paul george, e ai facilitou, mas gostei do que vi.
    Olynyk realmente merece a chance no time titular. Impressionante que os bigs estavam tão mal que ele melhorou até a defesa e os rebotes. J. Brown vai crescer tambem, dá pra sentir.Movimentação de bola legal, e os “calouros” fazendo aparecendo bem. Do resto, Muitos turnovers bobos, e os rebotes ainda precisam melhorar.
    pra mim precisamos trocar esses big mans ruins que temos e tentar trazer algum um pouco melhor.duro é convencer alguem a aceitar esse negocio …

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.