Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (1-0) x Toronto Raptors (1-0)

Pela segunda vez consecutiva na temporada 2015/2016 da NBA, o Boston Celtics terá um compromisso diante de sua torcida no TD Garden. Na noite desta sexta-feira (30), a franquia de Massachusetts recebe o Toronto Raptors, atual bicampeão da Divisão do Atlântico, em partida que começa às 21h30 (horário de Brasília) e que encerrará mais uma invencibilidade na temporada, já que tanto o Alviverde quanto a equipe canadense estrearam com vitória.

Para o Boston Celtics, jogar em casa será fundamental neste confronto diante do Toronto Raptors. Afinal de contas, os canadenses estão dispostos a repetir os bons desempenhos nas últimas temporadas e devem dificultar as ações dos comandados de Brad Stevens, que tiveram uma vitória tranquila sobre o Phialdelphia 76ers na estreia de 2015/2016 e não querem perder o ritmo.

Apesar do excelente trabalho da rotação no duelo contra o Sixers, o Boston Celtics não deve ter mudanças significativas no quinteto titular, mas o ala-pivô Amir Johnson, que agradou em sua estreia pelo Alviverde, pode começar jogando diante de seu ex-time. O ala-pivô Kelly Olynyk retorna de suspensão, mas o ala-armador R. J. Hunter, com problemas de saúde, deve seguir na lista dos inativos.

Antigo saco de pancadas da Divisão do Atlântico, o Toronto Raptors surpreendeu nos últimos anos e figurou duas vezes entre os classificados para os playoffs, sempre caindo na primeira fase. Sem Amir Johnson, negociado com o Celtics, os canadenses foram ao mercado, contratando o ala DeMarre Carroll e o argentino Luis Scola. Além disso, a base do Raptors foi mantida, com destaque para o armador Kyle Lowry e o ala-armador DeMar DeRozan.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 21h30

BOSTON CELTICS: Marcus Smart, Avery Bradley, Jae Crowder, David Lee e Tyler Zeller (Amir Johnson). T: Brad Stevens

TORONTO RAPTORS: Kyle Lowry, DeMar DeRozan, DeMarre Carroll, Luis Scola e Jonas Valanciunas. T: Dwane Casey

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

23 comentários

  1. The Real Jay

    AMIR Johnson é fenomenal, ele e Sullinger juntos, é outro time, Sullinger tem q jogar aí de PF defendendo bem e metendo suas bola no mid range.

  2. The Real Jay

    Ta vendo o jogo por onde Sander? Eu tava vendo pelo firstrow, mas todos os links ficaram com a tela verde e só o audio. Na Nba-stream ta pegando todos jogos aqui, menos do celtics….

  3. The Real Jay

    Voltou pegar aqui, vlw galera. Vamos reagir essa diferença celtics, tá na hora de Thomas e Amir entrarem!

  4. The Real Jay

    De seis pontos, foi para 14 em menos de dois min. Parabéns Turner.

  5. Marcelo RS

    A falta de maturidade de Stevens para parar o jogo neste terceiro quarto (parou quando faltavam 3 minutos!!!!!!!!!!!!!!) é CHO-CAN-TE!!
    Assustador, até.

  6. Stanley

    Cara, Raptors abriram uma boa vantagem. Scola entrou mudou o time deles.

  7. The Real Jay

    Vantagem deles deu uma abaixada, graças Amir e Thomas. Evan Turner afundando o celtics hoje 0-6.

  8. The Real Jay

    A vaca deitou, vou sair que eu ganho mais. Muitos TO, muitas forçadas de 3. Só uma defesa mítica, e umas bolas de 3 pra salvar essa derrota.

  9. Gbrunus

    O Brad ta com algum problema em pensar turner ta destruindo o time será q esse tecnico n pensa ou n tem corragem de tirar o cara ou parar o relogio um pouco

  10. Daniel Fialho

    se pegar um cleveland da vida é uns 130 x 70,e esse turner hein? pqp

  11. Marcos

    Time foi patético, parecia um remake da primeira metade da temporada passada.

    => Chutes de 3 idiotas voltaram em profusão, destaque para o anão Bradley buraco-negro
    => Ausência completa de rebotes, garrafão dominado por um Scola hiper velho
    => FT% baixa, parencendo time de NCAA

    Péssima rotação e leitura do Brad, que não parava o jogo nunca e rodou a maior parte com um small ball bem burro, sem minutar Lee e Jhonson.
    Péssimo jogo do Crowder tb hj, lento, sem defesa e sem rebote.

    Frustrante, essa vitória era fundamental para mostrar que a divisão tem novo dono.
    Claramente, não é o caso.

    []s verdes

  12. The Real Jay

    Vi aqui na net, terminou oq esperava mesmo hein. Agora eu penso, imagine o celtics contra um Detroit da vida, tá sendo dominado por Scola, imagine por Drummond.

  13. Daniel Fialho

    Se Okafor fez o que quiz imagine Lebron e cia. Sem contar que proximo jogo tem outra pedreira pela frente.

  14. Renato

    Ontêm fui chamado de corneta pq falei que desde a pré temporada o Celtics não me convence. Sou fã do Stevens, mas essa equipe titular só tem um justificativa no meu ver, que é vender o Lee ao mercado para trocá-lo na pausa do All Star Game, fora isso esse garrafão fica patético. Temos Jhonson e Mickey, se não são geniais, podem ao menos proteger o garrafão, logo o certo deveria ser intercalar Jhonson + Lee, Zeller + Mickey. Nossa defesa de perímetro é exemplar, mas não temos qualidade nos arremessos de 3 pontos, logo pq não Rozier ou Hunter que trazem esse fundamento com mais qualidade…, ou seja, tem que concertar muita coisa, e vai ser difícil offs, Pistons e Magic estão MUITO FORTES.

  15. drakes

    Sobre o jogo, o problema foi marcação na 3. até por que tanto desperdícios de de lances livres ou excesso de tiro 3 não ocorreu, o Boston até fez o mesmo número de arremessos que Raptors, deve estar até abaixo da média dos times da NBA nessa temporada nesse quesito, sobre os lances livres 78.0% não é uma média ruim em comparação ao começo do ano passado então…

    A questão do domínio dos rebotes nesse jogo se deu bem quando perdemos o controle do perímetro pelo Carrol em dois tiros de 3, o Jae Crowder não segurava mais as pontas – o turner desde ano passado sabemos que não é praia dele, o Stevens deve saber mais ainda -, já que eles têm carrol e DeRozan tanto que o treinador deles deixou-os como pontos focais da ofensiva, com 13-31 tiros + 13-16 lances livres (dá para ver o número de infiltração que o time tomou).

    A temporada só começou o time precisa de um stopper tipo Rondae Hollis-Jefferson, pelo salário que o David Lee ganha ele tem que melhorar logo, ele sempre foi um excelente reboteiro (não um defensor de aro), coisa que não anda ocorrendo.

    Concluindo a temporada apenas começou, vamos ver muitos altos e baixos, fofocas de trocas, por que não pegamos aquele cara, mas para mim o Celtics continua favorito para fazer os playoffs.

  16. Fernando Nakashook

    Não vou falar que não fiquei puto com alguns lances do jogo, algumas substituições e insistências em jogadores ineficientes (Turner), mas é só o segundo jogo da temporada.

    Quando essa temporada estava pra começar todo mundo já sabia que o Celtics não ia ter esse anime um tipo tão impactante, a nossa força essa temporada se encontra na profundidade do roster, ou se já, é longo prazo, quando a equipe estiver mais entrosada e os outros times começarem a se cansar que vamos pegar um ritmo legal. Enquanto isso é bom o DA ir bolando uma trade pro Turner e mais alguns pesos mortos pra reforçar o time pros Playoffs, se não vamos cair de novo na primeira rodada. Hahaha.

  17. Fernando C S

    Segundo jogo do ano. É normal termos altos e baixos considerando que a equipe é jovem. Continuamos com problemas na defesa do aro, isso não é novidade ou supresa para ninguém. Creio que o Toronto tem, ao menos no papel, uma equipe mais qualificada que a nossa para início de temporada. Contudo, quando nosso time acertar o jogo coletivo que nos levou aos offs da temporada passada, será diferente. Alguém duvida que, se nossa primeira rodada fosse contra o Toronto levaríamos? Eu creio que levaríamos a série da temporada passada. Para a temporada atual, Toronto se reforçou. Celtics também.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.