Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (10-7) x Detroit Pistons (9-10)

Com sete vitórias nos últimos 10 jogos e entre as quatro melhores campanhas da Conferência Leste na temporada 2016/2017 da NBA, o Boston Celtics inicia, na noite desta quarta-feira (30), às 22h30 (horário de Brasília), uma série de dois jogos seguidos no TD Garden, e conta com o apoio da torcida para manter a boa fase nesta edição da liga. O adversário celta é o Detroit Pistons, que foi derrotado por 94 a 92 no primeiro encontro entre as equipes em 2016, no dia 19 de novembro.

O início irregular de temporada já parece um passado distante no Boston Celtics, que já está conseguindo vitórias importantes, apresentando melhorias nos dois lados da quadra e ganhando posições na classificação da Conferência Leste. Agora, o objetivo celta é manter a regularidade e manter a perseguição aos líderes Cleveland Cavaliers e Toronto Raptors. Para isso, o time verde e branco conta com a sequência de duas partidas em Boston.

Para o jogo contra o Detroit Pistons, o técnico Brad Stevens contará com o retorno do pivô Al Horford, que foi liberado do duelo diante do Miami Heat para acompanhar o nascimento da filha. O ala Jae Crowder deve continuar como titular, mesmo com dores no tornozelo, enquanto o armador Demetrius Jackson foi enviado ao Maine Red Claws, da Liga de Desenvolvimento da NBA (D-League).

Depois de sofrer quatro derrotas entre os dias 16 e 21 de novembro, o Detroit Pistons iniciou uma recuperação e conquistou três triunfos nos últimos quatro jogos, sendo o último deles diante do Charlotte Hornets, em pleno Spectrum Center. Na oitava colocação do Leste, a franquia de Michigan quer se firmar entre as melhores equipes de sua conferência e se vingar da derrota sofrida para o Celtics no Palace of Auburn Hills.

O técnico Stan Van Gundy não deve fazer alterações no quinteto titular que disputou as últimas partidas do Detroit Pistons. Os destaques da franquia são o ala Tobias Harris e o pivô Andre Drummond. Por outro lado, Van Gundy não poderá contar com o armador Reggie Jackson, em recuperação de uma grave lesão no joelho esquerdo, e o ala Reggie Bullock, com uma lesão no menisco do joelho esquerdo.

 

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 22h30

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Avery Bradley, Jae Crowder, Amir Johnson e Al Horford. T: Brad Stevens

DETROIT PISTONS: Ish Smith, Kentavious Caldwell-Pope, Tobias Harris, Marcus Morris e Andre Drummond. T: Stan Van Gundy

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

23 comentários

  1. Marcelo S. Matheus

    Jogo complicado, pois os Pistons embalaram: Celtics 105 x 100 Pistons

  2. Alex Atahide Maia

    Go Celtics jogo não será fácil,mas vamos vencer Celtics 103×91 Pistons

  3. Dakimalo Garra Gomes

    Celtics 113 x 98 Pistons

  4. Willian Stanley

    Celtics 102 x 99 Pistons

    Obs: O Nets fdp ganhou do Clippers ontem. O Doc queria matar o juizão.

    Nessa foto parece que estão espancando o Morris. haha

  5. Fernando C Silva

    Celtics 113 x Detroit 99

  6. PHABIO PASSOS

    CELTICS 110 X 100 DETROIT

  7. Jefferson Pires

    Pistons 97 x 109 Celtics

  8. David Pessoa

    Celtics 97 x 88 Pistons

  9. Mauricio Green

    Celtics 101 x 93 Detroit

  10. Paulo

    Time encardido esse dos Pistons!! Até o momento eles sempre a frente do placar. Fim do 2/4

  11. Soares Philipe

    Partida horrível do Bradley,sem sua contribuição no ataque fica difícil ganhar.
    Outra coisa,quem disse que o Crowder sabe chutar de 3?

  12. tomas parolin

    Defesa fraca hoje. Pistons acertou tudo. Partida daquelas que da raiva, porque caiu tudo deles, e a vitória faria nosso time deslanchar na tabela. foda!!!!!

  13. tomas parolin

    fora a arbitragem que errou demais hoje …

  14. Lucas Oliveira

    Partidas assim precisamos mais do Horford e Bradley (que foi aparecer muito tarde com as 3 bolas de 3 seguidas), isso pq eles passaram a marcar só o Thomas (lembraças do playoffs Atlanta) e mataram o ataque por um tempo.
    Crowder e esse tornozelo machucado prejudicando muito a defesa, faltando agilidade para alcançar o step back.
    Em jogo de só ataque, Olynyk com 19 pontos. Segunda maior pontuação do time e de longe o maior minus plus.

  15. Renato

    Vou colocar a culpa maior no Bradley, além de pouco contribuir ofensivamente, permitiu o Pope fazer 25 pontos, ta aí a grande diferença na partida. Drummond era óbvio que iria doutrinar, agora a quantidade de bolas de 3 que o Pistons fez foi um absurdo.

  16. Fernando C Silva

    120 pts no côco é demais. Defesa muito soft.

    Se era para jogar assim, que desse tempo de recuperação ao Jae e deixasse o Brown jogar.

  17. Paulo

    Outro detalhe que a galera ainda não mencionou foi o Smart como sempre amassando o aro… Sabeemos q O cara ja não é nenhum Curry pra arremessar. Mais escolhe arrado d mais os momentos do arremesso. Acho q tem q ver quando não está bem pra arremessar e contribuir de outra forma. Ontem msm chutou umas quatro bolas seguidas e errou todas. Complicado

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.