Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (20-41) x Brooklyn Nets (30-29)

Em uma temporada de poucos momentos de alegria, o Boston Celtics e a sua torcida terão a oportunidade, na noite desta sexta-feira (7), de ver o seu ex-capitão Paul Pierce atuando pela segunda vez no TD Garden desde que deixou a franquia, na pré-temporada de 2013/2014. Mesmo sem o companheiro de equipe e também ídolo celta Kevin Garnett, que está lesionado, The Truth irá para o confronto entre o time onde fez história e sua franquia atual, o Brooklyn Nets.

A oportunidade de rever o camisa 34 em ação talvez seja o único atrativo convincente para o torcedor de Boston ir até a sua arena acompanhar a partida, já que a campanha do Alviverde é sofrível: apenas 20 vitórias em 61 jogos, aproveitamento de 32,8% e uma modesta 12ª colocação na conferência Leste. Além das chances remotas de classificação para os playoffs, o Celtics sofre com diversas baixas: Gerald Wallace, Vitor Faverani e Avery Bradley seguem desfalcando o time e não devem voltar nesta temporada.

Com essas ausências, o técnico Brad Stevens já consolida a formação de um novo quinteto, que conta com as presenças do ala-armador Jerryd Bayless e do ala-pivô Kris Humphries. Outrora titular inquestionável, Jared Sullinger não voltou bem após perder algumas partidas por lesão e agora atua apenas como peça na rotação para substituir Humphries e mesmo Brandon Bass, que segue firme entre os titulares.

Enquanto vê do Brooklyn os seus ex-parceiros de equipe sofrerem em uma temporada de reconstrução, Pierce vive a expectativa de atuar em mais uma edição dos playoffs, desta vez com a camisa alvinegra. Depois de um começo bastante irregular, com direito a ameaça de demissão do novato Jason Kidd, o Nets iniciou sua recuperação na tabela durante o mês de janeiro e segue em crescimento, engatando quatro vitórias nos últimos quatro compromissos. Em sexto lugar na conferência Leste e com um desempenho superior a 50%, o time do Brooklyn almeja o terceiro lugar na classificação final para ter vantagem no primeiro round da pós-temporada.

Em Boston, além de Garnett, outro desfalque importante será sentido pelo Nets: o pivô Brook Lopez, titular e peça importante no garrafão, fraturou o pé direito e não tem previsão de volta. Sem seus dois ‘big mans’, Kidd apostará em um esquema com três alas e apenas um jogador de garrafão: o calouro Mason Plumlee, oriundo de Duke.

Ficha Técnica

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Transmissão: @Celtics_Brasil

Boston Celtics: Rajon Rondo, Jerryd Bayless, Jeff Green, Brandon Bass e Kris Humphries. T: Brad Stevens

Brooklyn Nets: Deron Williams, Shaun Livingston, Joe Johnson, Paul Pierce e Mason Plumlee. T: Jason Kidd

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

7 comentários

  1. […] noite desta sexta-feira (7), poucas horas antes da partida contra o Brooklyn Nets, o Boston Celtics confirmou a ausência do brasileiro Vitor Faverani no restante da temporada […]

  2. Danilo Jeolás

    Atuação consistente até aqui. Daqui a duas semanas estareino Barclay’s Center para ver este mesmo jogo. Johnson fazendo seu melhor jogo pelos Celtics.

  3. Fernando C S

    Último quarto pífio das duas equipes.

  4. Danilo Jeolás

    Ganhar dos Nets é importante para piorar o ranking deles e subir nossa pick.

  5. Digor

    Eu prefiro perder todas e pegar uma pick top 3.

  6. PHABIO PASSOS

    precisamos trazer um pivo, da liga desenvolvimento pra suprir ausencia de vitor, pq so temos 11 jogadores, ou 12 se bradley voltar….

  7. Fernando C S

    Mais um da D-League e nos tornamos o “All Star” da citada liga.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.