Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (36-19) x Philadelphia 76ers (21-34)

Depois de uma proveitosa “Marcha para o Oeste”, com três vitórias em quatro partidas como visitante, o Boston Celtics volta aos braços de seu torcedor na noite desta quarta-feira (15), e inicia mais um back-to-back na temporada 2016/2017 da NBA. O primeiro adversário dessa sequência, que antecede o All-Star Game, será o Philadelphia 76ers, que foi derrotado duas vezes pelo Alviverde nesta edição da liga. O duelo entre Celtics e Sixers começa às 22h30 (horário de Brasília) e será disputado no TD Garden.

Dono da segunda posição da Conferência Leste, com 36 triunfos em 55 jogos e 65,5% de aproveitamento, o Boston Celtics venceu 10 das últimas 11 partidas que disputou na competição, e já sonha em terminar a temporada regular na frente do favorito Cleveland Cavaliers. Apostando na fase espetacular do armador Isaiah Thomas, nas boas atuações recentes de Marcus Smart e no apoio da fanática torcida de Boston, o Alviverde quer confirmar o favoritismo, derrotar o Philadelphia 76ers e manter a moral elevada para o restante da competição.

Nesta partida contra o Philadelphia 76ers, o técnico Brad Stevens terá dois desfalques importantes: o ala-armador Avery Bradley, que ainda se recupera de um problema no tendão de Aquiles, e o ala Jaylen Brown, substituto de Bradley nos últimos jogos, em recuperação de um problema muscular. Sem Bradley e Brown, Marcus Smart continua como titular na posição 2, dividindo a condução da bola e a criação de jogadas com o destaque Isaiah Thomas.

Saco de pancadas e motivo de piada em toda a NBA nas últimas três temporadas, o Philadelphia 76ers ainda não é um time de playoffs, mas já mostrou avanços significativos. Além de conquistar 21 vitórias em 55 compromissos, a franquia da Filadélfia defenderá em Boston uma série invicta de três partidas. Na teoria, o Celtics é favorito, mas o embalado 76ers, que não tem nada a perder, pode complicar os planos do time verde e branco.

Além de não poder contar com o ala-armador Jerryd Bayless, que passou por cirurgia no pulso esquerdo, e o ala Ben Simmons, em recuperação de uma fratura no pé direito, o Philadelphia 76ers terá outro desfalque de peso: revelação da temporada e favorito ao prêmio de calouro do ano, o pivô Joel Embiid machucou o menisco do joelho esquerdo e está fora do jogo em Boston. Sem Embiid, o técnico Brett Brown aposta em Nerlens Noel e no ala croata Dario Saric, que deve começar a partida no banco de reservas.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 22h30

Transmissão: NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Marcus Smart, Jae Crowder, Amir Johnson e Al Horford. T: Brad Stevens

PHILADELPHIA 76ers: T. J. McConnell, Gerald Henderson, Robert Covington, Ersan Ilyasova e Nerlens Noel. T: Brett Brown

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

20 comentários

  1. Diego Gondim

    Celtics 108 x 97 76ers

  2. Felipinho

    Celtics 121 x 104 76ers

  3. Dakimalo Garra Gomes

    Celtics 112 x 97 76ers

  4. Jefferson Pires

    Sixers 99 x 112 Celtics

  5. SERGIO

    CELTICS 120 X 104 76ERS

  6. Rodney Oliveira

    Celtics 125 x 101 76ers

  7. O famoso jogo haja coração…

    Celics 122 x 114 76ers

  8. Fernando C Silva

    Celtics 113 x 76ers 98.

    ISSO SE O CELTICS PRESSÃO BAIXA NÃO DER AS CARAS HOJE.

  9. Lucas Oliveira

    Partida desleixada com 22 turnovers, mas no último quarto não tem para ninguém.
    Smart sensacional novamente com 21 pontos, 5 assistências, 5 rebotes e 8 steals! E mais uma ótima partida do Olynyk com 16 pontos, 3 assistências e 7 rebotes.

    É a terceira consecutiva que cito estes mesmos dois jogadores. IT monstro como sempre com 33 pontos empatando com John Havlicek com maior sequência de jogos com 20 ou mais pontos dá história da franquia.

    • drakes

      O Celtics fez um erro básico nesse jogo, não foi apenas desleixo, foi burrice mesmo, bater bola no garrafão com o Noel é tomar roubada ou forçar a tos, foi o que ocorreu direto no jogo.

      Tem dois bigs muito ágeis que não deve fazer o que o Celtics fez é o Noel e WCS, o pior que nem é novidade por que na Universidade já era assim.

      A sorte é que no último quarto eles erraram mais, e empataram os tos. mas para um time que vem jogando junto a tanto tempo não deveria ter ocorrido isso,

      Uma observação outro bom jogo do Young, eu acho que ele está ganhando tempo para tentar alguma troca.

  10. Gustavo Miglioretti

    Eu ia fazer alguns comentarios sobre o jogo mas o Smart roubou minhas palavras

    fica pra proxima

  11. Pedro

    James Young terminando o jogo e ganhando minutos, que sirva como moral. Ele está mais ligado, principalmente na defesa. Falta pedir a bola em certos momentos no ataque e se movimentar mais. Fez um jogada hoje muito inteligente, evitou o contato com o Noel (seria falta de ataque dele), pegou seu próprio erro e fez a cesta. Que evolua!

  12. Willian Stanley

    Jogou muito bom pra assistir mesmo os dois times cometendo tantos TOs. Que jogo do Smartinho da Vila, contribuiu muito ofensivamente e defensivamente nem se fala então, terminou a partida com “apenas” 8 steals. Essa partida foi pro pessoal que não coloca ele como uma peça importante da rotação ou não gosta dele.

    Que venha os Bulls antes do All Star break.

  13. Gustavo Rangel

    22 turnovers, sendo 16 apenas no 1/4, se não me engano. Tremenda falta de atençao celta. Fora isso, Marcus Smart jogando e mantendo esse nível não me deixaria muito triste caso o Bradley seja envolvido numa troca por um All-Star. Grande Isaiah Thomas, escrevendo seu nome na história da franquia!

  14. Pra falar a verdade, o jogo foi uma pelada, uma correria de ambos os lados, uma tonelada de TOs, 76ers sem liderança (não sei como o Chacho Rodríguez pode ser banco nesse time) e sem Embiid.

    Maaaas, Smart apareceu e, inacreditável, esse foi o 1o jogo do JAMES YOUNG que assisti e não tive vontade de retirá-lo da quadra pessoalmente.
    Boa partida vindo do banco, melhor que o Green até.

    Infelizmente os Pacers não conseguiram segurar os Cavs, seguimos 2.5 atrás.

    []s verdes

  15. drakes

    OFF:
    Nets em sua pior colocação dentro dos prognósticos do 538 – 14v,
    Celtics em sua melhor, 54v

  16. Maurício Green

    O Celtics estava no espírito de cumprir tabela. IT jogando com cara de puto e a maior parte do time desligado. Virou “pelada”.

    Mas Smart e KO muito bem. Jates Young aumentando o valor dele para um futura troca também foi bom!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.