Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (40-17) x Cleveland Cavaliers (32-22)

A temporada 2017/2018 da NBA ainda está em andamento e promete muitos momentos históricos nos próximos meses, mas não é nada exagerado afirmar que teremos, na noite deste domingo (10), o duelo mais emocionante desta edição da liga, dentro e fora de quadra. Protagonistas de uma rivalidade crescente nos últimos anos e finalistas da Conferência Leste nos playoffs de 2016/2017, Boston Celtics e Cleveland Cavaliers se enfrentam a partir das 18h30 (horário de Brasília), no TD Garden, para desempatar a série na temporada regular: em dois jogos, cada time conquistou uma vitória em seus domínios. Além do duelo em clima de playoffs, o torcedor celta também terá a oportunidade de vibrar com a merecida homenagem ao ex-ala Paul Pierce, que terá seu número 34 aposentado pelo maior campeão da história da NBA.

Leia maisPaul Pierce terá seu número aposentado pelo Boston Celtics neste domingo (11)

Para o Boston Celtics, o duelo deste domingo promete fortes componentes emocionais. Além da homenagem a Paul Pierce, em um TD Garden completamente lotado, a franquia verde e branca de Massachusetts quer se recuperar da derrota em casa para o Indiana Pacers e retomar a liderança da Conferência Leste, que agora está nas mãos do Toronto Raptors. Encarar o seu maior rival no Leste, em um momento muito especial, será um teste e tanto para os comandados de Brad Stevens, já pensando em uma possível revanche nos playoffs.

Diante do Cleveland Cavaliers, o Boston Celtics terá três desfalques. Além do ala Gordon Hayward, que ainda se recupera de uma grave fratura no tornozelo esquerdo, o time verde e branco não poderá contar com os armadores Marcus Smart, que está com a mão machucada, e Shane Larkin, ainda em recuperação de uma lesão no joelho. Apesar da derrota diante do Indiana Pacers, o técnico Brad Stevens não pretende fazer mudanças no quinteto titular.

Atual tricampeão da Conferência Leste, o Cleveland Cavaliers faz uma campanha muito irregular nesta temporada: com 32 vitórias em 54 partidas, a franquia de Ohio ocupa a terceira colocação do Leste, com 6.5 jogos de distância para os líderes Toronto Raptors e Boston Celtics. Disposto a manter a hegemonia na conferência, o Cavs arriscou tudo na Trade Deadline, negociando seis atletas e recebendo quatro reforços. O batismo das novas peças será justamente contra o Celtics, em um duelo muito importante para as pretensões de Cleveland na classificação.

Para o jogo contra o Boston Celtics, o técnico Tyronn Lue deve fazer apenas uma substituição no quinteto titular do Cleveland Cavaliers. Contratado junto ao Sacramento Kings, o armador George Hill deve assumir a vaga na equipe, enquanto o espanhol José Calderon fica como opção na rotação. Também existe a expectativa da entrada do ala-pivô Larry Nance Jr no quinteto, mas a tendência é que o turco Cedi Osman seja mantido, com o astro LeBron James adiantado como ala de força.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 18h30

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Al Horford e Aron Baynes. Treinador: Brad Stevens

CLEVELAND CAVALIERS: Jose Calderon (George Hill), J. R. Smith, Cedi Osman (Larry Nance Jr), LeBron James e Tristan Thompson. Treinador: Tyronn Lue

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

13 comentários

  1. Vergonhoso esse segundo quarto! Chega dar raiva de assistir,displicência total no ataque. Aonde foi parar nossa defesa?

  2. Rafael

    Time aparentemente não está preparado pra ser campeão! Que queda de rendimento!
    Smart deve estar adorando esse desempenho da defesa sem ele?

  3. Josue simplicio

    Com esse time não vamos chegar nas finais de conferência, Toronto,Cavaliers,wizards, estão bem melhores q os celtics. E pra que guardar tantas escolhas? Estão guardando só pfa dizer q tem bastante escolhas. Falta jogadores q venham do banco e façam a diferença.

  4. RCS_Celtics

    Cara…simplesmente ridiculo! Vergonhoso! Time sem vontade…o que houve? É, Smart faz MUITA falta…e precisamos de algum pontuador consistente, pq depender sempre do Irving…

  5. Leo77

    Fizemos um bom primeiro quarto e só isso, acho q para esse time ainda falta um jogador de peso pra dividir a responsabilidade, esse seria o GH q deve voltar para os playoffs, vejo que os jovens dos Celtics são bons jogares, mas não conseguem manter a estabilidade em situações adversas como no jogo de hj e aí a confiança cai, normal para jovens, mas mostra q o time ainda não está pronto, creio q falta um equilíbrio maior entre experiência e juventude.
    Vale destacar pelo menos o Rozier, q dos jovens, lutou bastante.

  6. Francisco

    Kyrie não queria sair da sombra do Lebrão.
    Precisa fazer mais do q isso

  7. Fernando Silva

    Mais um momento de instabilidade do time. Normal. É verdade que, sem GH sequer esperávamos ter o primeiro lugar no leste.

    já passamos por momentos ruins nesta season e vamos superar.

    A defesa.caiu bastante. O Smart, por mais dificuldade que tenha no ataque, marca seus 10pts e contribui na defesa.

    O KI não teve uma partida feliz, assim como a dupla JJ.

    Rozier foi a nota de rodapé com menção honrosa.

    No mais, os Cavs fizeram as mudanças que o time precisava. Vão lutar pelo primeiro lugar na conferência.

  8. Marcelo SM

    Faz uns 10 jogos que estou segurando para dizer…mas que falta faz para a defesa o Smart!

  9. Josue simplicio

    Tirando o Morris e o 37, o resto pode mandar embora. Nader, 30,45, Allen, Bird pode colocar pra troca. Poderiamos ter trocado alguem pelo M. GASOL ou tentado outro jogador. Se continuar assim fica difícil. Espero q na proxima temporada chegue mais um all star, quem sabe K. Lenoard ou A. Davis., não custa sonhar

  10. Fernando Silva

    Temos alguns problemas na equipe que não são de hoje: lances livres, turnovers.

    Com estes problemas convivemos desde o início da season.

    Porém, surgiram problemas novos:

    1. Queda produção da defesa. Entendo que a ausência do Smart, algumas partidas abaixo do Brown, uma participação menor de KI, são pontos que impactaram negativamente o desempenho.

    2. KI não faz boas partidas toda a noite. Normal.

    Com o Rozier se destacando, Monroe mais habituado e Smart, vamos subir de produção novamente.

    Para os offs, espero ter alguns minutos de GH.

  11. Campeão eu já falei desde o início da temporada que não seríamos esse ano. Tenho fé numa possível ida a final, especialmente se Gordon Hayward voltar. Pra mim na próxima season prioridade é trocar Al Horford + as 300 picks que temos e incluir mais um jogador ou dois(exceto o Tatum) pelo AD. O K. Leonard vai ser agente livre na próxima temporada?

  12. Marchall

    Greg Monroe jogou 12min, não consigo me conformar com isso.

    Detalhe: 5 rebotes e 5 pontos.

    Será que não perceberam que esse cara é titular no garrafão?

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.