Prévia – Boston Celtics (40-17) x Cleveland Cavaliers (32-22)

Cleveland Cavaliers ( Cavs )

A temporada 2017/2018 da NBA ainda está em andamento e promete muitos momentos históricos nos próximos meses, mas não é nada exagerado afirmar que teremos, na noite deste domingo (10), o duelo mais emocionante desta edição da liga, dentro e fora de quadra. Protagonistas de uma rivalidade crescente nos últimos anos e finalistas da Conferência Leste nos playoffs de 2016/2017, Boston Celtics e Cleveland Cavaliers se enfrentam a partir das 18h30 (horário de Brasília), no TD Garden, para desempatar a série na temporada regular: em dois jogos, cada time conquistou uma vitória em seus domínios. Além do duelo em clima de playoffs, o torcedor celta também terá a oportunidade de vibrar com a merecida homenagem ao ex-ala Paul Pierce, que terá seu número 34 aposentado pelo maior campeão da história da NBA.

Leia maisPaul Pierce terá seu número aposentado pelo Boston Celtics neste domingo (11)

Para o Boston Celtics, o duelo deste domingo promete fortes componentes emocionais. Além da homenagem a Paul Pierce, em um TD Garden completamente lotado, a franquia verde e branca de Massachusetts quer se recuperar da derrota em casa para o Indiana Pacers e retomar a liderança da Conferência Leste, que agora está nas mãos do Toronto Raptors. Encarar o seu maior rival no Leste, em um momento muito especial, será um teste e tanto para os comandados de Brad Stevens, já pensando em uma possível revanche nos playoffs.

Diante do Cleveland Cavaliers, o Boston Celtics terá três desfalques. Além do ala Gordon Hayward, que ainda se recupera de uma grave fratura no tornozelo esquerdo, o time verde e branco não poderá contar com os armadores Marcus Smart, que está com a mão machucada, e Shane Larkin, ainda em recuperação de uma lesão no joelho. Apesar da derrota diante do Indiana Pacers, o técnico Brad Stevens não pretende fazer mudanças no quinteto titular.

Atual tricampeão da Conferência Leste, o Cleveland Cavaliers faz uma campanha muito irregular nesta temporada: com 32 vitórias em 54 partidas, a franquia de Ohio ocupa a terceira colocação do Leste, com 6.5 jogos de distância para os líderes Toronto Raptors e Boston Celtics. Disposto a manter a hegemonia na conferência, o Cavs arriscou tudo na Trade Deadline, negociando seis atletas e recebendo quatro reforços. O batismo das novas peças será justamente contra o Celtics, em um duelo muito importante para as pretensões de Cleveland na classificação.

Para o jogo contra o Boston Celtics, o técnico Tyronn Lue deve fazer apenas uma substituição no quinteto titular do Cleveland Cavaliers. Contratado junto ao Sacramento Kings, o armador George Hill deve assumir a vaga na equipe, enquanto o espanhol José Calderon fica como opção na rotação. Também existe a expectativa da entrada do ala-pivô Larry Nance Jr no quinteto, mas a tendência é que o turco Cedi Osman seja mantido, com o astro LeBron James adiantado como ala de força.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 18h30

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Al Horford e Aron Baynes. Treinador: Brad Stevens

CLEVELAND CAVALIERS: Jose Calderon (George Hill), J. R. Smith, Cedi Osman (Larry Nance Jr), LeBron James e Tristan Thompson. Treinador: Tyronn Lue

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

13 Comentários

  1. Vergonhoso esse segundo quarto! Chega dar raiva de assistir,displicência total no ataque. Aonde foi parar nossa defesa?

    10

    0
  2. Rafael disse:

    Time aparentemente não está preparado pra ser campeão! Que queda de rendimento!
    Smart deve estar adorando esse desempenho da defesa sem ele?

    4

    0
  3. Josue simplicio disse:

    Com esse time não vamos chegar nas finais de conferência, Toronto,Cavaliers,wizards, estão bem melhores q os celtics. E pra que guardar tantas escolhas? Estão guardando só pfa dizer q tem bastante escolhas. Falta jogadores q venham do banco e façam a diferença.

    8

    1
  4. RCS_Celtics disse:

    Cara…simplesmente ridiculo! Vergonhoso! Time sem vontade…o que houve? É, Smart faz MUITA falta…e precisamos de algum pontuador consistente, pq depender sempre do Irving…

    1

    0
  5. Leo77 disse:

    Fizemos um bom primeiro quarto e só isso, acho q para esse time ainda falta um jogador de peso pra dividir a responsabilidade, esse seria o GH q deve voltar para os playoffs, vejo que os jovens dos Celtics são bons jogares, mas não conseguem manter a estabilidade em situações adversas como no jogo de hj e aí a confiança cai, normal para jovens, mas mostra q o time ainda não está pronto, creio q falta um equilíbrio maior entre experiência e juventude.
    Vale destacar pelo menos o Rozier, q dos jovens, lutou bastante.

    3

    0
  6. Francisco disse:

    Kyrie não queria sair da sombra do Lebrão.
    Precisa fazer mais do q isso

    2

    2
  7. Fernando Silva disse:

    Mais um momento de instabilidade do time. Normal. É verdade que, sem GH sequer esperávamos ter o primeiro lugar no leste.

    já passamos por momentos ruins nesta season e vamos superar.

    A defesa.caiu bastante. O Smart, por mais dificuldade que tenha no ataque, marca seus 10pts e contribui na defesa.

    O KI não teve uma partida feliz, assim como a dupla JJ.

    Rozier foi a nota de rodapé com menção honrosa.

    No mais, os Cavs fizeram as mudanças que o time precisava. Vão lutar pelo primeiro lugar na conferência.

    5

    0
  8. Marcelo SM disse:

    Faz uns 10 jogos que estou segurando para dizer…mas que falta faz para a defesa o Smart!

    4

    0
  9. Josue simplicio disse:

    Tirando o Morris e o 37, o resto pode mandar embora. Nader, 30,45, Allen, Bird pode colocar pra troca. Poderiamos ter trocado alguem pelo M. GASOL ou tentado outro jogador. Se continuar assim fica difícil. Espero q na proxima temporada chegue mais um all star, quem sabe K. Lenoard ou A. Davis., não custa sonhar

    1

    10
  10. Fernando Silva disse:

    Temos alguns problemas na equipe que não são de hoje: lances livres, turnovers.

    Com estes problemas convivemos desde o início da season.

    Porém, surgiram problemas novos:

    1. Queda produção da defesa. Entendo que a ausência do Smart, algumas partidas abaixo do Brown, uma participação menor de KI, são pontos que impactaram negativamente o desempenho.

    2. KI não faz boas partidas toda a noite. Normal.

    Com o Rozier se destacando, Monroe mais habituado e Smart, vamos subir de produção novamente.

    Para os offs, espero ter alguns minutos de GH.

    4

    0
  11. Campeão eu já falei desde o início da temporada que não seríamos esse ano. Tenho fé numa possível ida a final, especialmente se Gordon Hayward voltar. Pra mim na próxima season prioridade é trocar Al Horford + as 300 picks que temos e incluir mais um jogador ou dois(exceto o Tatum) pelo AD. O K. Leonard vai ser agente livre na próxima temporada?

    1

    0
  12. Marchall disse:

    Greg Monroe jogou 12min, não consigo me conformar com isso.

    Detalhe: 5 rebotes e 5 pontos.

    Será que não perceberam que esse cara é titular no garrafão?

    5

    1
  13. Anúncio

Deixe um comentário