Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (42-25) x Minnesota Timberwolves (28-38)

Embalado por uma tranquila vitória sobre o Chicago Bulls no domingo (12), em sua primeira partida no TD Garden após a “Marcha para o Oeste”, o Boston Celtics busca uma nova vitória diante de seus torcedores na noite desta quarta-feira (15), às 20h30 (horário de Brasília), pela temporada 2016/2017 da NBA. O adversário celta será o Minnesota Timberwolves, que foi derrotado em casa pela franquia de Boston por 99 a 93, no dia 21 de novembro, no único duelo entre as duas equipes nesta edição da liga.

Leia mais

Tabela, caldeirão e elenco: as armas do Boston Celtics na briga pelo topo do Leste

De volta à vice-liderança da Conferência Leste, depois de uma mãozinha do Minnesota Timberwolves, adversário desta quarta, que derrotou o agora terceiro colocado Washington Wizards, o Boston Celtics pretende manter a posição e pressionar o Cleveland Cavaliers, que tem 2.5 jogos de vantagem na liderança. Para isso, o Alviverde precisa de mais uma vitória sem sustos diante do Wolves, e a torcida de Boston será fundamental para isso.

Depois de vários jogos com mais de um desfalque, o técnico Brad Stevens tem apenas uma dúvida na rotação do Boston Celtics. O ala-armador James Young, ainda com dores nas costas, deve aparecer na lista de inativos por mais uma rodada. No quinteto titular, o Alviverde terá força máxima, com destaque para o perímetro formado por Isaiah Thomas e Avery Bradley.

Considerado um dos “times do futuro” da NBA, o Minnesota Timberwolves não está tendo uma temporada de muito brilho, mas a franquia de Minneapolis vem de sete vitórias nos últimos 10 jogos, com destaque para as atuações contra os fortes Golden State Warriors e Washington Wizards. A diferença para o oitavo colocado Denver Nuggets é de 3.5 jogos, mas os torcedores mais esperançosos ainda acreditam em uma arrancada e na classificação para os playoffs, que o Wolves não disputa há 12 temporada.

Campeão da NBA com o Boston Celtics em 2007/2008, como auxiliar técnico de Doc Rivers, o técnico Tom Thibodeau não poderá contar com o ala-armador Zach LaVine, que rompeu os ligamentos do joelho esquerdo e está fora da temporada. Dessa forma, Brandon Rush deve formar a dupla de perímetro com o espanhol Ricky Rubio. O destaque de Minnesota é o jovem pivô Karl-Anthony Towns, que tem a impressionante média de 24.5 pontos e 12.3 rebotes na temporada.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 20h30

Transmissão: NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Avery Bradley, Jae Crowder, Amir Johnson e Al Horford. T: Brad Stevens

MINNESOTA TIMBERWOLVES: Ricky Rubio, Brandon Rush, Andrew Wiggins, Gorgui Dieng e Karl-Anthony Towns. T: Tom Thibodeau

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

14 comentários

  1. Kenderson

    Quero ver o Celtics pegar rebotes, Karl Anthony Towns é completo. Defende bem,distribui tocos,pega rebotes ofensivos e defensivos, tem um bom controle da bola perto do garrafão e arremessa bem no perímetro. É interessante o Boston tentar anular tb o criativo Ricky Rubio que vem crescendo mto nos ultimos jogos em seu desempenho . No último jogo por exemplo teve nada menos que 19 assistências . E tem tb o talentoso Wiggins que qdo tá inspirado faz belíssimas partidas chamando a responsabilidade. Ou seja, é um time perigoso .

  2. Renato

    Deve ser um jogo tranquilo. Towns e imparável, logo o foco deve ser Rubro e Wiggins e fazer nosso ataque funcionar. Celtics 113 X 104 Wolves

  3. SERGIO

    CELTICS 104 X 103 TIMBERWOLVES

  4. Diego Gondim

    Celtics 107 x 99 Timberwolves

  5. Dakimalo Garra Gomes

    Celtics 109 x 94 Wolves

  6. Junior Magalhães

    Celtics 114 x 103 TWolves

  7. Lucas Oliveira

    Grande partida do trio Horford Bradley Isaiah.
    Segunda metade dominante que resultaram em uma vitória tranquila.

    Ponto negativo para o Crowder novamente…

  8. Gustavo Miglioretti

    21-7 com o quinteto ideal (Isaiah, AB, Crowder, Horford e Amir) e em alguns desses jogos o Olynyk e/ou Smart nao jogaram.. nossos principais reservas

    nosso time é melhor do que essa campanha mostra

  9. Barros

    Rapaz, se Horford jogar assim nos offs eu acredito! Mais uma vez Crowder ficou devendo, espero que esteja se guardando pros offs.

  10. Barros

    Labisierre 32pts 10 reb, fora que todo jogo que ele tá entrando, está jogando muito bem! Deixamos passar esse cara numa escolha baixíssima…

    • Lucas Oliveira

      Não é tão simples assim Barros.

      Ele era cotado para primeira escolha no começo do campeonato temporada passada e não se desenvolveu como se esperava, mas o grande problema é que se descobriu um problema crônico nas costas e ele caiu até onde caiu no draft.

      Era uma aposta alta considerando a gravidade do problema em tão pouca idade. É algo que ele vai conviver pelo resto dá vida é só tende a piorar.

  11. Maurício Green

    Bom jogo vitória sem muito esforço. Rumo a 53/53 vitórias.

    Bom jogo para os críticos do Al se acalmarem.

    Sobre Crowder acho q ele está nos entregando nessa temporada o que tem com muita raça e vontade de jogar. Não o vejo como o 3 titular de um time campeão e sim como um exelente 6/7 homen ou um asset valiosíssimo. Seu futuro depende muito de quem vem na free agent/ trade.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *