Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Detroit Pistons (28-29) x Boston Celtics (40-19)

Após nove dias sem compromissos pela temporada 2017/2018 da NBA, por causa do All-Star Weekend, o Boston Celtics volta a atuar na noite desta sexta-feira (23), iniciando um back-to-back como visitante. Na briga pela primeira colocação da Conferência Leste, mas sem vencer há três jogos, o time verde e branco de Massachusetts encara o Detroit Pistons, que ocupa a nona posição do Leste e sonha com o retorno aos playoffs. O duelo entre Pistons e Celtics, que começa às 21h (horário de Brasília) e será disputado na Little Caesars Arena, também servirá como tira-teima: as duas franquias já se enfrentaram duas vezes nesta edição da liga, com uma vitória para cada lado.

A pausa do All-Star Weekend foi uma verdadeira bênção para o Boston Celtics. Afinal de contas, o Alviverde passou por maus bocados antes do jogo festivo: além de apresentar inconsistência defensiva e desgaste físico elevado, o Celtics sofreu três derrotas consecutivas e entregou a liderança da Conferência Leste de bandeja para o Toronto Raptors. Descansado e treinado, o time de Massachusetts pretende voltar ao caminho das vitórias e das boas atuações diante do inconsistente Detroit Pistons.

Principal reserva e pilar defensivo do Boston Celtics, o armador Marcus Smart está disponível para o jogo contra o Detroit Pistons e deve iniciar a partida na rotação, mas algumas mudanças no quinteto titular celta estão sendo cogitadas pelo técnico Brad Stevens. Os únicos nomes certos na equipe são o armador Kyrie Irving e o pivô Al Horford, que participaram do All-Star Game 2018 em Los Angeles. As baixas são o armador Shane Larkin, com dores no joelho direito, o ala Gordon Hayward, ainda em recuperação de uma grave fratura no tornozelo esquerdo, e o ala-pivô Guerschon Yabusele, a serviço do Maine Red Claws na G-League.

Assim como o Boston Celtics, a equipe do Detroit Pistons sonha com um pouco de paz nesta reta final de temporada regular. Depois da contratação do ala-pivô Blake Griffin, destaque do Los Angeles Clippers, a franquia de Michigan voltou com tudo para a briga por uma vaga nos playoffs, mas ainda apresenta momentos de irregularidade: depois de cinco vitórias seguidas, o Pistons conseguiu apenas um triunfo em quatro partidas. Como tem apenas 10 jogos em casa, Detroit precisa desesperadamente de uma vitória sobre o Celtics, até para não perder fôlego na batalha pelo G8.

Para o jogo contra o Boston Celtics, o técnico Stan Van Gundy terá um desfalque no quinteto titular: o armador Reggie Jackson, que se recupera de uma entorse no tornozelo direito. Na rotação, a baixa é o ala-pivô Jon Leuer, submetido a uma cirurgia no tornozelo esquerdo. O ponto forte da franquia de Michigan é o garrafão, formado por Blake Griffin e Andre Drummond, mas o perímetro, com Ish Smith e Reggie Bullock, não inspira muita confiança.

FICHA TÉCNICA

Local: Little Caesars Arena (Detroit, MI)

Horário (de Brasília): 21h

Transmissão: NBA League Pass

DETROIT PISTONS: Ish Smith, Reggie Bullock, Stanley Johnson, Blake Griffin e Andre Drummond. Treinador: Stan Van Gundy

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Al Horford e Aron Baynes. Treinador: Brad Stevens

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

11 comentários

  1. Monroe com mais minutos, pfv. Theis no quinteto titular.

  2. Rafael Santos

    Jogo dificil, vamos precisar de força total no garrafão.

    Acredito em vitória do Celtics: 105 x 96

    Abs

  3. Jandir

    Sairemos vitorioso, let’s go!

  4. André

    É galera, coisa ta feia ainda

  5. Rodrigo Ribeiro

    Tiramos e ampliamos a diferença neste intervalo de partidas, foram 38 pontos no 2QT, para 61×49 com destaque para o Theis, espero não experimentarmos rotações malucas e já matar o jogo no 3QT, aí sim com o jogo garantido pode colocar até o time com a turma de Gatorade!

  6. VINICIUS DELLANO

    Ta sob controle. Vamo ver nesse último quarto.

  7. Fernando Silva

    Embora tenhamos sofrido 28 pts em dois quartos contra os Pistons, o jogo está no começo do Q4 agora, a boa nova é não levar mais de 30, as vezes quase 40 pts, por quarto.

    Evidentemente a defesa não se resume ao Smart.

    Porém ele é sim uma peça importante e com a nossa defesa de volta, a companha voltará ao normal.

  8. Fernando Silva

    Enfim, menos de 100pts no coco. Para quem estava tomando perto de 120, é um alento.

    Ataque ganha jogos, defesa campeonatos.

    Lets go Celtics.

  9. VINICIUS DELLANO

    Pros haters e que falam mal de Smart, o time sente muito a falta dele, e somos com certeza melhores com ele. Nunca critique. Hahahahahahaha

  10. splm

    Já considero o Rozier um all-star. O rapaz tem muita classe pra jogar.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.