Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia (Jogo 2) – Atlanta Hawks (1-0) x Boston Celtics (0-1)

Pela segunda partida da primeira fase dos playoffs, hoje, às 20 horas, em Atlanta, mais um confronto entre Celtics e Hawks será realizado. Após a incrível reação celta no último jogo – estava perdendo por 24 pontos ao final do primeiro tempo, e acabou liderando o placar no segundo tempo -, a equipe visitante tentará buscar sua primeira vitória na série e levar a disputa empatada para seus domínios. Uma derrota, entretanto, colocaria 2 jogos de diferença entre os oponentes e acabaria por pressionar a franquia de Massachusetts nas próximas partidas.

Infelizmente, um gigantesco desfalque irá debilitar o Celtics no restante da série. Avery Bradley acabou saindo com fortes dores no confronto de sábado e exames confirmaram um estiramento na coxa direta do atleta, o qual tirará o jogador desta primeira fase dos playoffs. Os problemas celtas, no entanto, não se limitam apenas à lesão de Bradley. Kelly Olynyk, jogador essencial trazendo uma pontuação consistente do banco de reservas, voltou a sentir a lesão no ombro que o tirou de 12 partidas durante a temporada regular. Olynyk não estava 100% no jogo 1, até por isso seu desempenho foi tão abaixo do esperado – anotou apenas 2 pontos -, e não está confirmado para o confronto de logo mais.

Com todos esses problemas, após ter experimentado a defesa sufocante do Hawks e ter sofrido demais com a forte dupla de garrafão adversário, Brad Stevens tem um senhor desafio neste segundo confronto. A maior questão será o ajuste na rotação de perímetro. Avery Bradley é um defensor implacável e um pontuador perigoso – média de 15,2 pontos por jogo -, e sua ausência deverá ser suprida por Marcus Smart, o qual, apesar de ser um exímio defensor, está longe de ter um arremesso confiável como Bradley. Com o camisa 36 entre os cinco titulares, os novatos Rozier e RJ Hunter devem receber oportunidades ao longo da partida.

Rozier terá seus minutos expandidos e uma participação mais importante no confronto, sendo assim o jovem já sabe seu principal objetivo:

“Defesa. Manter uma pressão constante no meu marcador e, quando conseguir recuperar a posse de bola, levar a equipe rápido ao ataque. Eu quero ditar o ritmo, nosso treinador gosta quando aumentamos o ritmo de jogo e trocamos passes rápidos. O jogo lento não agrada nosso técnico, e eu posso ajudar a acelerar nosso jogo.”

Um jogo de xadrez entre Mike Budenholzer – escolhido melhor técnico da temporada passada – e Brad Stevens – quarto na votação – irá ocorrer neste próximo embate. Budenholzer deve tentar repetir a atuação do primeiro tempo do jogo de sábado, com uma defesa sufocante, induzindo o Celtics ao erro e priorizando a bola embaixo do aro. Já Stevens deve voltar a imprimir uma defesa consistente sem um de seus principais marcadores de perímetro, limitando a liberdade do talentoso Jeff Teague, e voltar a utilizar o small ball, tática essa que cortou a vantagem no marcador do Hawks, priorizando a velocidade e o jogo de transição.

FICHA TÉCNICA

Local: Philips Arena (Atlanta, Geórgia)

Horário (de Brasília): 20h

Atlanta Hawks: Jeff Teague, Kyle Korver, Kent Bazemore, Paul Millsap, Al Horford. T: Mike Budenholzer

Boston Celtics: Isaiah Thomas, Marcus Smart, Jae Crowder, Amir Jonhson, Jared Sullinger. T: Brad Stevens

Author avatar
Redação Celtics Brasil

40 comentários

  1. Francisco Machado

    Celtics 103 x 99 Hawks.
    Offs vale pontuação dobrada?:-)

  2. marcelo conceicao

    Celtics 97 x 105 Hawks.

  3. Ricardo Martini

    Celtics 105 x 102 Hawks.

  4. Rodney Oliveira

    Stevens deve ter estudado bem o Hawks, hoje “atropelamos”.. rssrs
    Celtics 109 x 93 Hawks

  5. Renato

    Celtics 104 x 100 Hawks

  6. Christian Evandro Bays

    Celtics 106 X 103 Hawks

  7. Willian Stanley

    Celtics 104 x 99 Hawks

  8. Mauricio Green

    Celtics 101 x Hawks 98

  9. Carlos Eduardo

    Celtics 103 x 94 hawks

  10. Rodrigo Almeida

    Tá feio este jogo, marcamos 7 pontos no 1 quarto.

    Hanks 24×7 Celtics

  11. drakes

    O Celtics tem sempre problemas no primeiro jogo que sai um jogador chave: foi assim com Smart, Crowder, e deve ser agora.

    A coisa boa é que normalmente depois desse jogo ruim, vem um vitória e o time se acerta.

  12. Fernando C. da Silva

    Vamos sofrer para adaptar a rotação. Mickey precisa receber minutos. Se for bem, que receba mais e mais.

  13. Fernando C. da Silva

    Vamos marcar o Korver ou não?

  14. Francisco

    28 pts no primeiro tempo é dose viu

  15. Francisco

    Muito jogador de regular pra um time só viu…

  16. Renato TD

    Este jogo está pior que desafio ao Galo !

  17. Lucas Oliveira

    Pior de tudo é ver que não é o Hawks que está jogando bem, pelo contrário, eles estão jogando bem abaixo da média. O Celtics é que tá jogando ainda pior… Acho bom o pessoal medir essas tabelas porque o Hawks dele ter diminuído uns centímetros para o Celtics errar, porque não é possível um time de NBA que se classifica em 5 lugar empatado com o 3, errar tanto em dois jogos.

  18. Lucas Da Ros

    Um dos piores jogos do celtics que eu ja assisti na vida. Nada funciona, nós não temos nenhuma resposta contra o Hawks, ninguem do time pontua.
    Esta esperando um 4×3 para o Celtics ou Hawks, mas pelo jeito, se não formos varridos vai ser lucro!

  19. Jack

    Nunca vi tanto pedreiro em um time só!
    Smart e seu 10 % de aproveitamento é sensacional.
    Mas tenho fé que na próxima temporada tenhamos melhores atacantes.

  20. Lucas

    Pode criticar o Smart sem ser excomungado pelo pessoal? Diferentemente dos blogs sobre o Celtics lá nos EUA? Pq pelo amor de Deus que jogador medíocre, jogador de um lado da quadra, jamais pode ser titular em time nenhum, jogador pra vir do banco (role-player) no máximo. Sei que o problema não é só ele, mas a veneração que nego da pra ele vai além da compreensão humana. Previsão da serie (4-1 e é pra comemorar muito essa vitória). Quanto ao draft se sair no top 2 (Ingram e Simmons) fique com um deles, se ficar fora do top 2 faça uma troca por algum jogador ex: Butler – essa escolha + outra escolha seja desse ano ou do ano q vem + o bust do James Young e o supremamente ofensivo e venerado Marcus Smart, algo desse tipo.

    • Francisco

      Falei q era um desperdicio gastar uma pick 6 em um Tony Allen.
      Q draft horrivel foi esse em. Tankamos pra nada e a pick do Nets deu no bust do Young.

  21. David Pessoa

    Que jogo lazarento foi esse? Pelo amor de Deus.Espero que o Bradley volte pro proximo jogo,se não,colocar o turner mesmo como ala-armador titular.

    Gostei do Rozier,me surpreendeu.Defendeu bem e fez seus 10 pontinhos.Esperava mais do RJ Hunter,mas em 14 minutos conseguiu apenas um toco e nem ao menos um ponto.Queria muito que o Amir johnson jogasse mais minutos e que o mike ganhe ao menos uns 10 minutinhos,reduzindo assim os minutos do zeller ou do jerebko.

    Ta ficando dificil,mas ainda tenho esperança,o Hawks também está pessimo,não estamos perdendo porque o Hawks está jogando bem,estamos perdendo porque estamos jogando pior que eles.

    • Lucas

      O Rozier foi uma boa surpresa pra esse jogo, principalmente em um jogo de playoffs, ele e o Amir Jonhson que foi sólido hj (e sempre), jogaram bem.

      • Francisco

        O cronômetro zerando e ele kikando a bola.
        Aquela falta técnica dele, quando estávamos com 200 pontos de desvantagem, foi uma surpresa tbm.

        • Lucas

          Ele pelo menos fez duas bolas de três nesse jogo e fez 10 pts (se não estou enganado) ao final do jogo. Considerando o time do Celtics que eu vi jogar nesse jogo 2, ele foi melhor do que muita gente(não que isso tenha uma coisa muito difícil).

    • Francisco

      Rapaz, o Hunter em dois ataques seguidos, deu 2 passes maravilhosos para o Zeller e o Crowder, que erraram a bandeja em baixo do aro.

  22. Renato

    Existem muitos culpados pelo que vem acontecendo nessa série:

    1) Ainge – Não teve habilidade de trazer um pontuador para ajudar o Thomas e também um homem de garrafão. Se não queria comprometer CAP, buscava um expirante.

    2) Thomas – AMARELANDO, não tem o que falar, ele simplesmente não assume a posição de líder. Para um jogador All Star tem contribuído muito pouco.

    3) Sullinger – Aceitou a marcação do Horford, foge da briga de garrafão, totalmente dominado.

    4) Stevens – Insiste em manter uma formação tradicional, com 2 big man, para depois com placar elástico entrar com Small ball.

    5) Sorte – Perder o Bradley e o Olynyk e jogar com o Crowder meia boca em um elenco tão limitado, dificulta qq equipe.

    Solução: Tirar o Sullinger da rotação e aumentar os minutos do Jhonson. Jogar em Small Ball sempre, e dar mais minutos ao Rozier. Limitar o chute de fora, em especial da linha de 3.

    • Marcos

      Pois é,

      Alguns desses pontos eram desafios que precisavam ser superados.
      Quanto ao 1) causa estranheza, veja o time do Memphis que teve muito mais lesões e continua não tão horrível. Tem um porém, jogadores como Mikey nunca vão ter tempo de quadra com o técnico dando minutos para o Sr. obesidade e para o Jerebko.

      O 2) dói admitir, mas é a pura verdade. Mas é o que acontece quando seu time só tem um jogador de verdade. O Crowder também está amarelando (chutando air-balls, inclusive).

      3) Ao final da temporada será trocado, ainda bem.

      4) Ele está bem perdido. Principalmente no começo do jogo, vem uma saraivada e o nosso time está perdido. Talvez o melhor fosse Turner, Smart, Jerebko, Crowder, Amir com Thomas vindo do banco e calibrando o arremesso. Na segunda unidade: Thomas, Rozier, Smart/Crowder, Mikey, Zeller/Burger King. Smart e Crowder vão ter de jogar 32+ minutos por jogo, eles tem gás para isso!

      []s verdes

      • Francisco

        O time perdeu a confiança, o Crowder em um lance tava com a bola, o marcador escurregou, ele ficou livre pra chutar mas preferiu passar a bola. Ele ja tava com fg ridiculo a essa altura do jogo, perdeu a confiança.

      • Francisco

        E o Thomas, nosso melhor jogador, não foi posto como lider do time, mas isso não é a toa.
        Infelizmente não tem espirito de liderança

  23. berockert

    Na real era melhor ter perdido aquele último jogo pro miami, ter ficado em 6o e jogar contra eles. Nosso jogo nao encaixa com o do atlanta de jeito nenhum, mesmo eles tendo um time que da pra ser batido! Apesar disso, ainda acredito na força do TD Garden! Let’s go C’sss

    • Lucas

      Times que possuem o nosso número durante toda a temporada ficou perceptível isso: Cavs, Raptors(se bem que eles são o cavalo paraguaio da nba) e o Hawks. Esses 3 times a gente nunca teve chance de bater de frente com eles qnd a onça fosse beber água, mesmo que o time tivesse completo e talz.

  24. samukarj

    Temos um elenco limitado, o IT na boa é um excelente jogador mas não é cara pra ser o “Dono do Time” com essa altura ele não marca ninguém. Não temos garrafão pra enfrentar ninguém, vamos torcer pra ganharmos pelo menos 2 jogos pra não ficar feio.

    Espero que DA escolha algum Pivô nesse Draft, chega de ala-armador, precisamos de jogadores na posição 1,3,4 e 5. Mas que venham pra resolver os jogos não pra encher o saco como esses ai estão fazendo, todo ano a mesma história. Vamos ganhar 2 jogos aí gente pra não ficar feio!

  25. drakes

    Eu não vejo que existem culpados, o planejamento do Celtics vai indo muito bem, o time entrou esse ano com um time curto em termos de plantel, voltando aquele meu comentário tínhamos 4 jogadores para liga de desenvolvimento e para azar o David Lee não deu certo.
    Em um elenco de 10, qualquer perda de titular é problemática, foi o que ocorreu em todos os momentos que algum jogador saiu.

    Tanto que a direção sabia disso que o Ainge ofereceu as picks todas para Hornets pela 9 colocação do draft, o que ele não podia saber é que o David Lee saiu-se tão mal.

    Existia sempre um problema por que o Sistema de jogo tinha no começo de temporada apenas 1/3 dos jogos que foram depois das trocas, apesar do time responder, estabilidade é que traz entrosamento. Durante na temporada, sabemos que existem poucos treinamentos já que o calendário é sufocante.

    Sobre outro pontuador, eu discordo do Renato, tentar parece que ele fez, mas ninguém também quis até por vários motivos, Denver não quer picks (já tá cheio), há janela agora de subida do cap etc, mesmo os times que tankaram esse ano, já tinham o elenco tão destruído que nem precisaram piorar se livrando de algum jogador. E nenhum outro time fez a tática radical, por sinal a maioria lutou até fim para tentar pelo menos passar das 30 vitórias.

    O Celtics por ter saído de um tank não é um time que atrai veteranos, que preferem jogar com pessoas de sua idade, que conhecem por anos , a média é menos de 25 anos, o David Lee que poderia também ajudar nesse quesito, estava para ser dispensado, tanto que dou a insistência do time nele esse aspecto.

    Como minoria no debate, acho sim que o esqueleto e o esquema tático deve ser preservado, esse ano o campeonato já vai para GSW e Spurs, os playoffs valem mais para dar experiência para núcleo de espinha dorsal do time atual.

    Quanto ao Hawks, foi o pior matchup possível dos 7 concorrentes, perder o AB, Cabeleira, e Smart e Crowder meia boa é querer um milagre, só que o Hawks tem um time formado a mais tempo e entrosou de novo, agora acostumando com a perda do Carrol.

    Eu espero agora que a tradição dessa temporada aconteça e o próximo jogo o time se acerte e ganhe (tanto que nesse já tinha certeza que perderíamos, visto que foi o primeiro resultado que postei com derrota para o Boston).

  26. Francisco

    Essas porradas pelo menos servem pra dar experiência para o Stevens e pra ele saber com quem ele poderá contar no futuro. Tem muito jogador de temporada regular.

  27. Lucas Oliveira

    Na boa, eu concordo que o Thomas foi mal, mas daí para culpar ele e por estar faltando no ataque e não defender direito eu já acho um pouco demais.

    Sim ele não está bem no ataque, e não é de agora, os últimos jogos da temporada ele também não estava 100%. Mas na defesa o Hawks fez terminou com 39% de fg. E só marcou 89 pontos porque o Celtics estava entregue no final do jogo.

    Ambos os times jogaram muito mal e nossa defesa fez um ótimo trabalho, só que com o time inteiro arremessando deste jeito podem esquecer, pode voltar o Bradley, pode voltar o Olynyk e mesmo assim não vai rolar… Coloca o Bird com 60 anos que quem sabe a gente tem uma chance.

    • Lucas Oliveira

      E um detalhe que tem me deixado louco… Se o Hunter ta em quadra e ele é conhecido por ser um bom shooter, passa a bola para o “moleque” e deixa ele arremessar caralho! Coitado fica indo de um lado para o outro na quadra e nunca recebe a bola. Aí caí em um Smart com seus fantásticos arremessos que foi fazer seus primeiros (e únicos) pontos no quarto período!

  28. Fernando C. da Silva

    O treinador Brad Stevens descartada Avery Bradley para o fim de semana e disse Bradley teve uma ressonância magnética na quarta-feira.
    Os resultados ainda não são conhecidos, mas ele ainda é muito pouco provável para jogar na série em tudo. Bradley estava esperançoso de que ele poderia jogar nesta série, mas não pode ir além de cinco jogos porque os Celtics sente falta dele. Terry Rozier irá beneficiar mais enquanto RJ Hunter será na rotação. As entradas terão de fazer os seus tiros extra, também. 20 de abril – 15:08obre o AB, publicado hoje:

  29. Fernando C. da Silva

    Além do problema na coxa, houve um problema no tendão.

    Melhor ele ficar fora e jogar a próxima season.

    Se romper o tendão…

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *