Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Los Angeles Lakers (17-29) x Boston Celtics (34-13)

Na madrugada desta quarta-feira, 24 de janeiro, às 1h30 (horário de Brasília), o Boston Celtics viaja até o sudoeste do país onde enfrentará o grande rival Los Angeles Lakers, em seu ginásio, o Staples Center. Vindo de três derrotas consecutivas dentro de casa, o Celtics visa recuperação na temporada, evitando maior aproximação do vice-líder da conferência Leste, Toronto Raptors, e diminuindo a diferença de vitórias para o dono da melhor campanha da NBA até então, o Golden State Warriors.

Pensando no Draft deste ano, a vitória na Califórnia ganha ainda mais importância para o Celtics: a equipe de Boston adquiriu, em troca com o Philadelphia 76ers, a escolha de primeira rodada no próximo recrutamento pertencente a franquia roxa e dourada. No entanto, esta escolha possui uma curiosa proteção: caso o lugar do Lakers no próximo recrutamento esteja entre a 2ª e a 5ª posições do mesmo, o Celtics recebe o direito de selecionar um jogador universitário neste posto. Do contrário, este privilégio será repassado ao 76ers, e uma futura escolha de Draft será enviada ao Celtics como compensação.

Já que o Lakers é dono da sexta pior campanha da temporada, apenas uma vitória à frente da quarta e quinta piores equipes classificadas na NBA (Phoenix Suns e Dallas Mavericks, respectivamente), uma vitória do Celtics pode ajudar seu rival a aproximar-se ainda mais da ponta de baixo da tabela, o que, dentro de alguns meses, pode vir a trazer ótimos frutos para a franquia de Massachusetts.

“Na minha visão, sinto que teremos que lutar por nossas vidas agora. Este tem que ser o pensamento para o jogo (de quarta-feira), pensar em um jogo de cada vez, nos focarmos no Lakers e garantirmos que jogaremos com bastante energia e que somos capazes de sustentar isso durante o jogo.”, declarou o pivô dominicano Al Horford ao Boston Herald, mostrando-se preocupado em acabar com a sequência negativa de derrotas.

As equipes já se enfrentaram em uma ocasião nesta temporada, no começo do mês de Novembro, em Boston, e o resultado foi favorável à franquia alviverde: uma vitória por 107 a 96, a décima vitória consecutiva do Celtics em 2017/18, o que já o alçava ao primeiro posto da NBA. Na ocasião, o destaque da partida foi o pivô australiano Aron Baynes, que terminou a partida com 21 pontos (cestinha do confronto), 8 rebotes e 3 assistências.

No entanto, Aron Baynes é dúvida para o confronto de logo mais, por conta de uma sinusite. Além dele, o ala-pivô francês Guerschon Yabusele, com uma gripe, não é certeza para a partida. Do lado do Lakers, Kentavious Caldwell-Pope, com uma lesão no tendão de Aquiles e Brandon Ingram, com uma lesão no tornozelo, são prováveis para o confronto. O armador Lonzo Ball, por outro lado, perderá mais uma partida por conta de uma lesão no joelho. Tyler Ennis deve manter-se como titular da posição.

FICHA TÉCNICA

Local: Staples Center (Los Angeles, CA)
Horário (de Brasília): 1h30
Transmissão: NBA League Pass
Los Angeles Lakers: Tyler Ennis, Kentavious Caldwell-Pope (Josh Hart), Brandon Ingram (Corey Brewer), Julius Randle e Brook Lopez. Treinador: Luke Walton
BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Marcus Morris (Aron Baynes) e Al Horford. Treinador: Brad Stevens

Author avatar
Fábio Malet
Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e engenheiro de softwares sênior. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby e pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira a que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Boston Red Sox e Green Bay Packers.

7 comentários

  1. Sander

    Não tem como perder hoje. É o fim da série negativa e, ainda empurramos um pouco mais os Lakers para baixo.

  2. André

    Mais um jogo ruim do time, Randle brincou no garrafão com o Horford , Tatum caiu muito de produção. Time escolhendo arremessos errados, oscilação continua

  3. Josue simplicio

    Tem que trocar o Smart, escolhe jogadas ruins e não dá pra ele resolver jogos.

  4. Lucas Oliveira

    Ah vão pra pqp! Nunca vi o time jogar tão sem vontade. Perderam fastbreaks absurdos e depois ficam reclamando com arbitragem como se isso fosse resolver alguma coisa, parece que nunca viram como é todo o jogo em LA.
    Alguma coisa aconteceu nessa viagem, não é possível.

  5. Josue simplicio

    Os Celtics, tem trazer algum jogador mais decisivo pro time, jogador regular. Pois os novatos não estão dando cobta do recado.

  6. Josue simplicio

    Ja são 4 derrotas seguidas e os proximos jogos são difíceis, Clippers e GSW tudo fora de casa.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.