Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – New York Knicks (4-15) x Boston Celtics (13-5)

Depois de ser derrotado pelo Brooklyn Nets e perder fôlego na luta pelas primeiras colocações da Conferência Leste na temporada 2019/2020 da NBA, o Boston Celtics terá uma grande oportunidade de recuperação diante do New York Knicks, rival de Divisão do Atlântico e dono de uma das piores campanhas nesta edição da liga. Celtics e Knicks se enfrentam na tarde deste domingo (1º), a partir das 17h30 (horário de Brasília), no Madison Square Garden, com transmissão do NBA League Pass.

Com 13 vitórias em 18 partidas e 72,2% de aproveitamento na temporada, o Boston Celtics quer voltar ao bom caminho trilhado no início da competição e sair do momento de instabilidade: depois de sofrer três derrotas em cinco jogos como visitante na Conferência Oeste, o Alviverde até sinalizou recuperação com dois triunfos consecutivos, mas caiu na classificação após ser derrotado pelo Brooklyn Nets. Em Nova York, além de manter a tradição e derrotar um fragilizado Knicks, o Celtics pretende fazer uma atuação mais sólida, depois de um jogo com poucas ações coletivas no Brooklyn.

Em Nova York, o Boston Celtics deve atuar com o mesmo quinteto da derrota para o Brooklyn Nets, mas com aumento de minutos para o ala-pivô Daniel Theis, que foi pouco acionado na derrota no Barclays Center. Os desfalques celtas são o ala-armador Romeo Langford, a serviço do Maine Red Claws na G-League, e o ala Gordon Hayward, em recuperação de uma fratura na mão esquerda.

O New York Knicks, por sua vez, luta para sair de um péssimo momento na temporada. Além de sofrer derrotas nos últimos cinco confrontos que disputou, o time nova-iorquino ocupa a última posição da Conferência Leste, com 3.5 jogos de distância da zona de classificação para os playoffs. Diante dessa má fase, o Knicks aposta as suas fichas no ala-armador calouro RJ Barrett, que já está deixando uma excelente impressão na torcida, e no ala-pivô Julius Randle, um dos principais reforços para a temporada.

FICHA TÉCNICA

Local: Madison Square Garden (New York, NY)

Horário (de Brasília): 17h30

Transmissão: NBA League Pass

NEW YORK KNICKS: Frank Ntilikina, RJ Barrett, Marcus Morris, Taj Gibson e Julius Randle. Treinador: David Fizdale

BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Marcus Smart, Jaylen Brown, Jayson Tatum e Daniel Theis. Treinador: Brad Stevens

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

5 comentários

  1. Fernando Silva

    Perder para os Nets deu uma ressaca daquelas.

    Espero que atropelemos NY.

    Mas se conheço Stevens, vamos jogar de freio de mão puxado.

  2. Vitor Carlos

    É impressão minha ou o Jayson Tatum está bastante desanimado desde a partida contra os clippers? Hoje a vitória vem contra nossos maiores fregueses. Go Celtics!! Vitor.

  3. Lucas Soares Jardim

    Jogamos com intensidade baixa o jogo todo, e no ultimo quarto quando jogamos com a intensidade alta, atropelamos. Normal da equipe do Brad.

    Que temporada fantástica do Tatum e do Brown. E o Grant continua se mostrando uma ótima opção do banco, pena que o chute de 3 dele não está caindo.

  4. Marcelo SM

    O Smart tem que ser proibido de arremessar. Só em último caso, claro.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.