Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Portland Trail Blazers (26-32) x Boston Celtics (39-17)

Dando continuidade à série de partidas como visitante contra equipes da Conferência Oeste pela temporada 2019/2020 da NBA, o Boston Celtics enfrenta o Portland Trail Blazers na madrugada de terça para quarta-feira (26), a partir das 0h05 (horário de Brasília), no Moda Center. Enquanto o time verde e branco de Massachusetts luta por recuperação após a derrota no clássico contra o Los Angeles Lakers, a franquia de Oregon precisa de um bom resultado para se manter na briga pelos playoffs da Conferência Oeste.

Com 12 vitórias nos últimos 15 jogos que disputou na temporada, o Boston Celtics permanece na briga com o Toronto Raptors pela segunda colocação da Conferência Leste, que garante mando de quadra até as semifinais, mas o tropeço em um clássico emocionante contra o Los Angeles Lakers fez a franquia de Massachusetts ligar o sinal de alerta. Mesmo jogando fora de casa e tendo que lidar com a ausência de Kemba Walker, o Celtics precisa vencer o Blazers para não se afastar de vez da franquia canadense na classificação.

Para o duelo contra o Portland Trail Blazers, o técnico Brad Stevens deve manter o Boston Celtics com o mesmo quinteto titular do clássico contra o Los Angeles Lakers, com Marcus Smart na vaga de Kemba Walker, que continua poupado por causa de uma lesão no joelho esquerdo. Na rotação, a equipe celta terá o desfalque do pivô Robert Williams, em fase final de recuperação de um edema ósseo no quadril esquerdo.

Atual vice-campeão da Conferência Oeste e com presença garantida nas últimas seis edições dos playoffs, o Portland Trail Blazers está seriamente ameaçado de ficar fora da disputa pelo título já em abril. Depois de um início de temporada desastroso, a franquia de Oregon está tentando manter uma regularidade para se aproximar do oitavo colocado Memphis Grizzlies, mas está encontrando dificuldades para acumular vitórias. Contando com o apoio da torcida no Moda Center pelo terceiro jogo consecutivo, o Blazers quer se superar diante do Celtics e conquistar uma vitória para dar moral no restante da competição.

Diante do Boston Celtics, o Portland Trail Blazers não poderá contar com o seu principal jogador, o armador Damian Lillard, que se recupera de uma lesão muscular na virilha. Além disso, a franquia de Oregon terá que lidar com os desfalques do ala-armador Rodney Hood, do ala-pivô Zach Collins e do pivô Jusuf Nurkic. Sem essas peças, o técnico Terry Stotts deve concentrar as ações ofensivas do Blazers no ala-armador C. J. McCollum e no veterano ala Carmelo Anthony.

FICHA TÉCNICA

Local: Moda Center (Portland, OR)

Horário (de Brasília): 0h05

Transmissão: NBA League Pass

PORTLAND TRAIL BLAZERS: Gary Trent Jr, C. J. McCollum, Trevor Ariza, Carmelo Anthony e Hassan Whiteside. Treinador: Terry Stotts

BOSTON CELTICS: Marcus Smart, Jaylen Brown, Gordon Hayward, Jayson Tatum e Daniel Theis. Treinador: Brad Stevens

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

9 comentários

  1. Fernando Silva

    Em resumo Portland deve usar e abusar de CJ e Carmelo.

    Se torna um time mais previsível.

    Melhor para nós.

    Desde o ASW não vejo aquela nossa defesa sufocante segurar os ataques adversários.

  2. Fernando Silva

    Não vi jogo. Mas, boa vitória.

    Toronto perdeu dos Bucks.

    Estamos na briga pela posição 2.

    • Marco Antônio de Paula

      Eu vejo essa posição 2 fundamental para chegar mais longe nos Offs. Vejo que no papel, tecnicamente falando nisso time titular é melhor individualmente que os Raptors. Mas taticamente e coletivamente o time deles é melhor. Eles vem sendo muito regulares. Na posição 3 possivelmente vamos encarar Bucks nas semis e podemos ter pela frente antes disso Sixers. Adversários com garrafão forte geralmente trazem problemas para o nosso time.

  3. Marco Antônio de Paula

    Não vi o jogo. Apenas os melhores momentos. Tatum jogando a um nível muito alto. Vitória importante. Hoje contra o Jazz será um teste definitivo. Somos zebras nesse jogo. Vamos ver como se comporta o time.

  4. Marchall

    Cadê meu casal de amigos Gabriel e Endilmar?

    Que partida incrível do Tatum, hein?! Temos um time entrosado, que beira o 100% no aspecto coletivo. Tenho toda certeza que vamos fazer ótimos playoffs. Uma pena que faltou aquele jogador defensivo para ganharmos algo a mais e levarmos o caneco da NBA!

    Mas não importa. Seremos o time do quase novamente. Vamos comemorar amigos e enaltecer nosso queridíssimo Ainge!

    • EDMAR

      Daqui a pouco a Masha e o urso fala para trocar o Tatum + Hayward + Smart + picks 2021 pelo Drummond. Mas burro é o Ainge!

      • Marchall

        Tatum? Hahahahahaha

        Minha pick era Hayward (Em baixa no período) + Smart + pick pelo Drummond (Que estava mega valorizado).

        Para de inventar por favor!
        Mas Drummond é passado, quando aparecer outra oportunidade quem sabe o Ainge tira a bunda da cadeira!

        Eternamente Celtics, e eternamente crítico. Mas no jogo apoiando 100%!

  5. Rodrigo de Moreas Oliveira

    Só lembrando que segundo a constituição brasileira, ninguém é obrigado a torcer pra ninguém, o flamengo tá aí pra quem quer torcer fácil.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *