Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Sacramento Kings (18-34) x Boston Celtics (20-31)

Foram nove dias sem partidas, por causa da parada para a All-Star Weekend e as últimas negociações entre as franquias, mas valeu a espera. Nas primeiras horas deste sábado (21), o Boston Celtics volta a entrar em quadra pela reta final da temporada 2014/2015 da NBA, com o astral renovado pelas trocas realizadas e a oportunidade de fazer um bom papel diante de mais uma ‘Marcha para o Oeste’. O primeiro dos três jogos que terá fora de casa, contra equipes da conferência vizinha, será contra o Sacramento Kings, na Sleep Train Arena.

Prestes a completar 10 anos sem ficar entre os oito melhores do Oeste, o Sacramento Kings está em uma situação curiosa na temporada: ao mesmo tempo em que está distante do oitavo colocado Oklahoma City Thunder, a franquia californiana está praticamente imóvel na sexta pior campanha geral, o que não facilita muito em um ‘projeto tank’. Em meio a tudo isso, o Kings vai tentando arrumar a casa com o experiente George Karl, treinador do ano em 2013 e o terceiro a passar por Sacramento nesta temporada.

Apesar dos problemas, Karl tem uma base pronta para os seus primeiros jogos na nova casa. Capitaneado pelo pivô DeMarcus Cousins, o Kings conta com bons nomes em seu elenco, como o armador Darren Collison, o ala Rudy Gay e os jovens Ben McLemore e Nik Stauskas. Sem problemas com lesões, o treinador deve escalar o que tem de melhor para bater o Celtics e melhorar a sua campanha.

O maior campeão da história da NBA, por sua vez, volta ao Oeste com definições. Depois de todas as expectativas e rumores, o elenco está fechado e não sofrerá mais alterações, o que facilitará o trabalho do treinador Brad Stevens. E pelas últimas trocas, que envolveram a chegada do armador Isaiah Thomas, do ala italiano Luigi Datome e do ala-pivô sueco Jonas Jerebko, o Celtics deve mesmo brigar por uma das oito vagas nos playoffs da Conferência Leste, que não deixa de ser uma experiência fantástica para um time muito jovem.

Apesar das trocas, Stevens deve ter uma pequena dor de cabeça em Sacramento, já que ainda não poderá contar com o trio de reforços e o ala-pivô Kelly Olynyk segue machucado. De última hora, o treinador ainda teve o desfalque do titular Jared Sullinger, que deve ser substituído pelo pivô Tyler Zeller, o que fará com que Brandon Bass volte a jogar na sua posição de origem. O armador Marcus Smart está confirmado no quinteto, assim como o ala Evan Turner, herói na vitória dramática sobre o líder Atlanta Hawks.

Ficha Técnica

Local: Sleep Train Arena (Sacramento, CA)

Horário: 1h (horário de Brasília)

Sacramento Kings: Darren Collison, Ben McLemore, Rudy Gay, Jason Thompson e DeMarcus Cousins. T: George Karl

Boston Celtics: Marcus Smart, Avery Bradley, Evan Turner, Brandon Bass e Tyler Zeller. T: Brad Stevens

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

6 comentários

  1. Danilo Jeolás

    O jogo em si será muito complicado, com a estréia do Karl e o elenco completo do Kings.
    Temos que vencer. Com Bosh fora da temporada, Kemba e Paul George voltando apenas na segunda quinzena de março, um Pistons desbackupeado e um Nets melhor com Young, mas num clima esquisito após o elenco ser oferecido quase que integralmente, a pós-temporada é algo bem real.

  2. Barry

    Como o Turner é ruim.
    Wallace 1 a menos
    e o pressey burro mds
    kkkkk
    Zeller bem pelo menos

  3. Barry

    Muito facil as bolas de 3
    muito facil

  4. leo grochoski

    puts velho, o time perdeu o trilho no jogo

  5. luiz eduardo

    “ótima”derrota…

  6. The Real Jay

    Isaiah Thomas entra logo pra assumir esse PG, pelo amor de Zeus.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.