Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Raptors 105 x 91 Celtics

Ainda sofrendo com os desfalques dos alas Jae Crowder e Jonas Jerebko, o Boston Celtics viajou ao Canadá e enfrentou o Toronto Raptors na noite desta sexta-feira (18), no Air Canada Centre, pela temporada 2015/2016 da NBA. Em alguns momentos do jogo, o Alviverde lembrou o time guerreiro que conquistou 14 vitórias seguidas em Boston entre janeiro e março, mas a má fase falou mais alto: com apagões no primeiro e no último quarto, o Celtics foi derrotado pelo Raptors, por 105 a 91.

O armador e All-Star Kyle Lowry, além de conduzir o Raptors a uma arrancada impressionante no último quarto, que sepultou a tentativa celta de reação, foi o cestinha da partida, com 32 pontos, enquanto o ala-pivô argentino Luis Scola, responsável pelo excelente início da franquia canadense, encerrou o jogo com 17 pontos. O ala-armador DeMar DeRozan teve uma atuação mais discreta, mas flertou com um triplo-duplo, com 15 pontos, sete rebotes e seis assistências.

Pelo lado do Boston Celtics, o armador Isaiah Thomas fez 20 pontos, pegou três rebotes e distribuiu três assistências, mas não foi o suficiente para conduzir o Alviverde a um triunfo em Toronto. Promovido a titular, o ala Evan Turner fez 12 pontos em 30 minutos, enquanto os alas-armadores Avery Bradley e R. J. Hunter anotaram oito pontos cada. O calouro Terry Rozier, com sete pontos, cinco assistências e três rebotes em 11 minutos, deixou uma boa impressão.

Com a vitória diante de sua torcida, o Toronto Raptors chegou aos 69,1% de aproveitamento na temporada 2015/2016, se aproximou da classificação para os playoffs e permaneceu na segunda colocação da Conferência Leste. O Boston Celtics, com a quarta derrota seguida, caiu para a sexta posição, com 39 vitórias em 69 jogos e aproveitamento de 56,5%.

Toronto Raptors e Boston Celtics voltam a jogar apenas na noite deste domingo (20): enquanto a franquia canadense recebe o Orlando Magic, no Air Canada Centre, o Alviverde tentará se recuperar diante do lanterna Philadelphia 76ers, no Wells Fargo Center, em partida que começa às 19h (horário de Brasília).

Destaques do Raptors

Kyle Lowry (32 pontos e cinco assistências)

Luis Scola (17 pontos e três rebotes)

DeMar DeRozan (15 pontos, sete rebotes e seis assistências)

Destaques do Celtics

Isaiah Thomas (20 pontos, três rebotes e três assistências)

Evan Turner (12 pontos e cinco rebotes)

Avery Bradley (oito pontos e quatro rebotes)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

4 comentários

  1. drakes

    O Celtics precisava de mais profundidade na ala, agora não dá para lamentar, ainda mais que o Hornets ressuscitou dos mortos e volta a subir na tabela.

  2. Gbrunus Boston

    Com a temporada no fim e o MM acontecendo, tenho pensado mt na proxima temp e é isso o q eu faria na proxima temp:

    – Draft: Negociaria a pick a nossa pick e a dos mavs + o smart por um 5 ou um 4 ou um 2 top como AD algo assim.
    – Draft: Com a escolha dos nets q deve ser a 3 ou a 4 Iria atras do Brown ou talvez o Bender.
    – Draft: Com a pick 31 pegaria o A. J. Hammons um senior q joga de C bem completo, bom defensor, ataca razoavelmnte bem, tem um bom aproveitamento de FT 70%.
    – Draft: tentaria negociar o restante da picks + o Jerebko por um 4 nivel KO

    — SAINDO do Draft com um time desse acho q seria uma boa melhora:
    IT- Bradley – Crowder – AD – Zeller;
    Rozier – Turner – Brown- KO – Hammons;
    – – Hunter – Mickey – .
    (n contei amir, sully, etc na lineup pq acho q n vale a pena)

    – Renovação de Contrato:
    Renovaria com Turner e Zeller fazendo o time acima.

    — FA:
    -Iria atras do Whiteside, Holford, Drummond
    – Pegaria um Pg e Sg para compor elenco como:
    PG-Huertas, Jorge Gutierrez (alguem na faixa de 3 milhões)
    SF- Sollomon Hill, Steve Novak

    NO FINAL DISSO TUDO TERMINAR O DRAFT FA ETC COM UM TIME ASSIM SERIA UMA MELHORA:
    -Thomas – Bradley – Crowder – AD – (Holford, Whiteside, Drummond)
    -Rozier – Turner – Brown – Ko – Zeller
    -Huertas – Hunter – Hill – Mickey – Hammons

    • Gbrunus Boston

      Na troca smart + picks tava pensando agora o melhor seria envolver young + smart + todas as nossas picks menos a nets e a 31 para pegar um allstar + alguem mediano ou um jogador como o AD um futuro provavel MVP

    • Danilo Jeolás

      Drummond e Davis considero sonhos impossíveis, enquanto Horford é até provável.

      Whiteside seria um upgrade, mas tenho ressalvas.

      No recrutamento, ficando sem a #1 ou #2, eu também pugnaria por Jaylen Brown.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.