Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Seis jogadores do Boston Celtics disputam a Copa do Mundo de Basquete

Encerrada na manhã desta quinta-feira (5), na China, a primeira fase da Copa do Mundo de Basquete contou com a participação de seis atletas do Boston Celtics. Enquanto o armador Kemba Walker, o combo guard Marcus Smart, o ala-armador Jaylen Brown e o ala Jayson Tatum estão defendendo a seleção dos Estados Unidos, maior campeã da história da competição, o ala-pivô Daniel Theis atuou pela Alemanha e o pivô Vincent Poirier esteve em quadra com a camisa da França.

Principal contratação do Boston Celtics para a temporada 2019/2020 da NBA, Kemba Walker está chamando a responsabilidade na seleção dos Estados Unidos: mesmo sem contar com as suas principais estrelas, os norte-americanos venceram Japão, República Tcheca e Turquia na fase de grupos da Copa do Mundo. Em três jogos pelos Estados Unidos, Walker registrou médias de 14,0 pontos, 6,3 assistências e 3,0 rebotes em 23,7 minutos.

Os jovens alas Jayson Tatum e Jaylen Brown, por sua vez, aproveitam a Copa do Mundo para adquirir experiência internacional. Em dois jogos pelos Estados Unidos, Tatum deixou uma boa impressão, com médias de 10,5 pontos e 7,5 rebotes em 23,7 minutos, mas uma lesão no tornozelo atrapalhou os planos do camisa 0 celta, que trabalha para ficar à disposição do técnico Gregg Popovich no decorrer do Mundial. Já Jaylen Brown, depois de um início tímido, foi o cestinha norte-americano na vitória por 98 a 45 sobre o Japão, com 20 pontos.

Até agora, o único jogador do Boston Celtics com participação mais discreta na seleção dos Estados Unidos é o combo guard Marcus Smart, que só foi utilizado em duas partidas e registrou médias modestas: 4,5 pontos e 2,0 rebotes em 16 minutos. A melhor atuação do camisa 36 no Mundial foi registrada na vitória por 88 a 67 diante da República Tcheca, quando anotou quatro pontos, pegou quatro rebotes, distribuiu duas assistências e deu dois tocos em 21 minutos.

Curiosamente, os outros dois atletas do Boston Celtics na Copa do Mundo se enfrentaram já na fase de grupos, com a França de Vincent Poirier levando a melhor sobre a Alemanha de Daniel Theis por 78 a 74. Nessa partida, Theis foi titular pela Alemanha e chegou perto de um duplo-duplo, com sete pontos e oito rebotes em 11 minutos, enquanto Poirier, reserva na França, fez nove pontos e pegou quatro rebotes em nove minutos.

Em três jogos pela Alemanha, que não conseguiu classificação para a segunda fase da Copa do Mundo, Daniel Theis teve médias de 7,3 pontos, 6,7 rebotes e 2,0 roubadas de bola em 17,4 minutos. Vincent Poirier, por outro lado, registrou as seguintes estatísticas na seleção da França: 7,3 pontos, 5,7 rebotes e 1,7 tocos em 16,9 minutos.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

3 comentários

  1. Fernando Henrique

    Jaylen Brown teve um ótimo jogo contra o Japão. Roubou umas bolas com maestria, brigou no garrafão com bastante energia e aproveitou pra dar umas enterradas na cabeça dos japas.

    O Kemba também jogou muito bem o torneio até aqui, to gostando de ver o Team Celtics, digo, Team USA

  2. PHABIO PASSOS

    Falando de elenco, como sera esta nosso CAP, sera podemos trazer alguem, sera podemos contrato do frances que foi dispensando yube,tem algum adcional no CAP pra trazer alguem de qualidade, ou contrato veterano,pq nosso elenco preciso de um algum jogaodor rodado tipo ryan anderson…..alguem pode informar se temos condicao de trazer alguem pra ultima vaga

  3. Celso Cachali Jr

    Ja cantei nos grupos de wats a algum tempo, Brown vai ser um jogador melhor que Tatum, diferença minima…. agora decepção para THeir e Poirier, se eles nao conseguem nem serem titulares em suas seleções, imagine na NBA, que medias de minutos são estas… Pessimos esperava muito mais do Theis

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *