Sessenta anos da NBA…

… e um resumo da história do basquete.

No dia 3 de agosto de 2009, a NBA, principal liga de basquete no mundo, completou 60 anos de existência, mas fica a pergunta: como o esporte foi criado? Para chegar a popularidade e ao grande número de praticantes que temos hoje, não foi nada fácil. Vou fazer um breve resumo sobre os primórdios dessa prática esportiva, até chegar ao início da NBA.

Tudo começou no final de 1891. Era inverno na cidade de Springfield (não é a terra dos Simpsons), estado de Massachussets, nos EUA. Por conta do tempo muito frio e rigoroso, os campos estavam congelados, era impossível praticar esportes ao ar livre e as atividades de ginástica dentro dos ginásios eram muito entediantes. Os alunos da YMCA (ACM em português, Associação Cristã de Moços) não tinham muitas opções para prática esportiva.

Então, o professor canadense, James Naismith, foi incumbido por Luther Gullick, o diretor do departamento de educação física, de criar um esporte novo, para ser praticado em arenas fechadas e que também pudesse ser jogado ao ar livre.

Naismith pensou em inventar um esporte que fosse jogado com as mãos e, para aumentar a dificuldade, decidiu colocar o alvo a exatos 3,05 m do chão. O professor canadense pediu a um funcionário pra trazer duas caixas, mas ele não as encontrou e acabou voltando com dois cestos de pêssego, que foram utilizados na primeira partida da história.

O inventivo professor também pensou em algumas regras, para tornar a prática do esporte possível, senão tudo poderia virar uma baderna. Naismith criou 13 regras, sendo que muitas permanecem até hoje, tais como: “O jogador não pode correr com a bola entre as mãos”, “Não será permitido sobre hipótese alguma, puxar, segurar, empurrar ou derrubar um adversário, na segunda infração do mesmo jogador, ele será desqualificado, até que a outra equipe converta uma cesta, e se houver intenção evidente de machucar o adversário, ele será excluído da partida” e “Um ponto é marcado quando a bola é arremessada ou tapeada pra dentro da cesta e lá permanece”, isso mesmo, no início as cestas não tinham furos para a bola cair, o que atrasava muito a partida, já que os atletas tinham de esperar uma pessoa pegar a bola, subindo em uma escada.

No dia 20/01 de 1892 foi realizada a primeira partida oficial de basquete, que foi vista apenas por funcionários da ACM. Tínhamos 18 jogadores em quadra, nove para cada lado, e os alunos venceram os professores por 5 X 1. Os atletas jogaram com uma bola de futebol, soccer e não o americano.

A primeira bola de basquete foi feita em 1894, pela Spalding. As tabelas apareceram em 1895, antes as cestas ficavam simplesmente suspensas em pilastras. O formato atual de cestas foi introduzido apenas em 1898, quando alguém teve a idéia genial de colocar uma espécie de barbante na cesta e cortar o fundo, para que pudessem retornar rapidamente a partida, quando alguma cesta fosse convertida.

O esporte rapidamente ganhou fama internacional e em 1893, chegou à Europa. O basquete foi introduzido no Brasil em 1896 e era praticado apenas nas ACMs. Em 1897, o número de atletas foi reduzido de nove, para cinco.

No ano de 1898 nasceu a primeira liga profissional de basquete, criada por iniciativa de atletas que queriam jogar, mas não estudavam nas ACMs. Os jogadores organizaram a NBL (National Basketball League). O campeonato envolvia seis equipes, todas num raio de 100 quilômetros entre Philadelhipa e Nova York. Como o basquete não era tão conhecido na época, e não tinha muito público, a liga durou pouco, apenas até 1903. Outras ligas surgiram após a NBL, mas tiveram o mesmo destino.

Os primeiros campeonatos universitários de basquete apareceram no meio da década de 1930, com o nome de NIT (National Invitation Tournament). Em 1939 nasceu a NCAA (Natinal Collegiate Athletic Association), que é o maior evento do basquete universitário de hoje.

Em 1937, para tentar atrair mais fãs para o esporte, a NBL renasceu. Mas a liga logo perdeu espaço, porque dois anos depois ocorreu o início da segunda guerra mundial. Muitos jogadores foram convocados a lutar pelos EUA, já que a maioria dos atletas que jogavam na NBL era norte-americana. A guerra impossibilitou a realização de competições esportivas. No período das batalhas, não ocorreu olimpíada, nem copa do mundo de futebol.

Em 1946, com o fim da guerra, uma nova liga de basquete foi criada, a BAA (Basketball Association of America), por empresários que tinham experiência com outros esportes, como hóquei e alguns shows de patinação, mas não sabiam muito sobre basquete, no entanto estavam animados com o “boom” de investimentos do pós-guerra, e o sucesso do basquete universitário.

Os empresários pensaram em criar uma liga profissional, em que os grandes astros das universidades pudessem mostrar seu brilho depois de formados. Assim, no dia 6 de junho de 1946, os homens de negócios se uniram com os representantes dos times, no lendário Commodore Hotel em Nova York, e criaram a BAA (Basketball Association of America). A liga era formada por 11 equipes.

O primeiro jogo ocorreu em Toronto, no Canadá, no dia 1° de novembro de 1946 O New York Knicks venceu o Toronto Huskies por 68 a 66.

Até 1949, existiam duas grandes ligas de basquete nos EUA, a NBL e a BAA. Mas em agosto de 1949 ocorreu uma fusão entre elas, e assim nasceu a NBA, no dia 3 de agosto de 1949.

Gostou de conhecer um pouco sobre a história do basquete? Você pode desfrutar de muito mais informação se acompanhar a coluna mensal com a história desse esporte, com muitas curiosidades e fatos históricos, aqui no Celtics Brasil.

Fontes: FOX, Larry. Illustrated History of Basketball, New York, 1974.
BOOP, Michael. Almanaque do melhor basquete do mundo, São Paulo, 2004.

Por: Flávio Catandi

Flávio Catandi
Flávio Catandi
Jornalista e Radialista apaixonado por basquete. Participa do Celtics Brasil desde 2008. Já foi redator, colunista e hoje é editor do site. Nas horas vagas gosta de escrever roteiros e gravar curtas e documentários. Pode ser encontrado na cidade de São Paulo com uma camiseta Celta.

5 Comments

  1. RFORNER disse:

    Simplismente sensacional !!!!

    0

    0
  2. GusTavo_Taio disse:

    por isso que sou fã desse cara auahuahauhaua

    0

    0
  3. Bruno Peres disse:

    Parabéns Flavio, ja tinha lido muito sobre o inicios, mas, tem muita coisa ai que eu nao sabia! Muito bom mesmo! 😀

    0

    0
  4. Matheus Porto disse:

    Boa Flávio (Y)
    Fico sensacional fera!

    0

    0
  5. Sandro Rodrigues disse:

    Muito bom Flávio! É importante conhecermos sim a história do basquete…não sabia por exemplo que ele foi inventado por um canadense e não um americano…show!

    0

    0

Deixe um comentário