Vantagem do mando de quadra

O Celtics tem travado uma bela disputa pela liderança do leste com o Cavaliers nesta última temporada. Temos duas vitórias e duas derrotas a mais que a equipe de Cleveland (antes de enfrentarmos o Pacers). Os números até são bons, apesar de termos perdido KG por duas ou três semanas, além da péssima derrota para o Clippers. É natural para nós, fãs, criar um receio para com a equipe, até mesmo um pouco de medo, aumentado muitas vezes pelo que a mídia nos mostra sobre a vantagem do mando de quadra durante as playoffs.

Entretanto, é tão importante essa vantagem?

Bom, é claro que é importante. Importante se for para todas as fases dos playoffs, incluindo a final. Isso faz a diferença. Há vários estudos e artigos publicados em psicologia sobre o efeito dos fãs num jogo em casa.

No entanto, numa visão otimista, procuro por razões que mostrem que não seria o fim do mundo perder a vantagem do mando de quadra.

Poderia apresentar estatísticas que mostram que os times com a vantagem do mando de quadra tem uma alta porcentagem de vitórias em playoffs. Porém, analisando melhor, não faz mais sentido acreditar que esses times venceram mais porque tiveram mais vitórias na temporada regular?

Lembro da última temporada e que, até enfrentarmos o Pistons, não tínhamos vencido fora de casa nos playoffs. Mas acredito que o que houve ano passado foi algo fora de comum. Garanto que se enfrentássemos uma nova série de 7 jogos contra o Hawks teríamos algumas vitórias fora. Não sei como seria contra os Cavs, mas acho que a qualidade do oponente influencia mais do que a própria vantagem do mando.

O problema está longe em ser “apenas” ter menos jogos em casa numa possível final de conferência contra os Cavs. Se terminarmos a temporada regular em segundo, seria muito provável um encontro com o Magic (e um motivado Dwight Howard), nas semi-finais da conferência, ao invés de enfrentarmos uma equipe como o Hawks, Heat, ou Sixers, como o primeiro colocado da conferência enfrentará. Acredito que conseguiríamos passar pelo Magic, mas eles travariam uma bela disputa para ver quem seguiria no torneio. A última coisa que gostaríamos que acontecesse, era chegarmos na final contra o Cavs cansados e possivelmente abatidos fisicamente.

Portanto, temos de torcer para que alguns fatores tomem seus eixos. Temos um calendário para a segunda metade da temporada considerado mais fácil do que a primeira, com menos jogos por semana. Temos de usar isso como uma vantagem. Temos que enfrentar esse período “sem KG” sem desgastar de mais Ray e Paul. Temos de encontrar uma maneira de usar Mikki e Marbury na rotação do time sem sacrificar vitórias.

E claro, temos de torcer para que, de alguma maneira, Lebron e seus companheiros de time encontrem alguma dificuldade pela frente e percam alguns jogos. Não somente o Cavs, mas Kobe e Lakers também, uma vez que para ter a vantagem na grande final também devemos superar a campanha deles.

De qualquer forma, devemos ter foco e vencer algumas das partidas fora que tivermos nas playoffs. Não será fácil, mas acredito que podemos. Aliás, ninguém disse que seria fácil.

Fonte (adaptado): http://www.celticsblog.com/2009/2/26/768219/home-court-advantage

Por: Cainã Alessi Santana

3 Comments

  1. caio disse:

    tem razao !
    mas ano passado mesmo fikando em primeiro o hawks e o cavs foram fodas de ganar !
    e ainda assim ganhamos “mais facilmente” do piston !

    mas fika em primeiro eh muito importante !

    0

    0
  2. anderson disse:

    Ficar em primeiro é importante, mas os Off”s são um campeonato a parte.

    0

    0
  3. BrennoBisetto disse:

    quem tiver a melhor campanha da liga, entre cavs, celtics e lakers (acho que os tres disputam esse posto), terá dado um enorme passo para ser campeão da NBA.

    0

    0

Deixe um comentário