Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Avery Bradley no primeiro time de defesa da liga: a nova campanha que toma conta da NBA

Logo após o histórico triunfo sobre o atual campeão – o Golden State Warriors -, em que o Celtics pôs fim à sequência de invencibilidade do time californiano, em sua quadra, que durava desde Janeiro de 2015, o cestinha celta Isaiah Thomas ecoava, repetidas vezes, um grito no vestiário celta:

“First-team All-Defense!”

Não muito distante, lá estava o tímido, mas feliz, Avery Bradley, que fingia não escutar os gritos de seu entusiasmado parceiro de perímetro. Talvez, essa não tenha sido a melhor solução, já que o pivô Jared Sullinger aderiu ao coro e também gritou:

“First-team All-Defense!”

Um pouco mais ao norte da Califórnia, no estado de Oregon – para ser mais preciso -, o ala-armador C.J. McCollum, do Portland Trail Blazers, que havia encarado Avery Bradley e o Celtics no dia anterior, também parece ter aderido à campanha. Vejam o que ele disse no twitter:

McCollum não foi o único Blazer a elogiar o camisa 0 celta. Damian Lillard, um dos principais cestinhas da liga, e que sofreu com a marcação de Bradley, declarou, ao ala-armador celta, logo após o jogo contra o Celtics, que o considerava o melhor defensor de perímetro da liga.

Os elogios à defesa de Bradley não vêm de hoje. No mês de Fevereiro, após conseguir um toco sensacional no ala Gordon Hayward, garantindo a suada vitória contra o Utah Jazz, Bradley viu seu chefe Danny Ainge demonstrar toda sua empolgação através de sua conta no Twitter. Confiram o que disse o GM celta:

Nos últimos 2 jogos, Avery Bradley foi o eleito para uma missão ingrata: ser o responsável para que Damian Lillard e Stephen Curry – 2 dos melhores jogadores da liga – pontuassem pouco. O camisa 0 celta não fugiu do teste e limitou Lillard a meros 14 pontos (3/16 FG), e segurou Curry até o MVP explodir no 3º quarto. De qualquer modo, não deixou de ser um pesadelo para Curry, que conseguiu menos de 50% de aproveitamento em seus arremessos (9/19 FG), o que não é muito usual para o melhor arremessador que essa liga já viu.

E não é só! Bradley forçou Curry e Lillard a cometerem 12 desperdícios de bola, somados os 2 jogos. Tamanha qualidade defensiva vem chamando atenção ao redor da NBA, e o grande técnico Steve Kerr, do Warriors, também decidiu opinar sobre o ala-armador celta:

“Eu concordo com Lillard: ele é o melhor defensor de perímetro da liga. Ele coloca seu adversário em constante pressão. Ele tem bom atleticismo, é ágil e inteligente. Ele consegue antecipar seus movimentos e te castiga se você for previsível contra ele”, disse Kerr. “Portanto, é mais do que justo elegê-lo como o melhor defensor de perímetro da liga”, finalizou.

Ao analisarmos os números, percebemos que Avery Bradley limita seus adversários a 41.9% de aproveitamento nos arremessos, o que significa que eles acertam 2.1% menos, do que suas médias habituais, quando se deparam com o camisa 0 do Celtics. Esse não é um número que chega a impressionar, mas devemos levar em consideração que Bradley é sempre o encarregado de marcar o melhor pontuador de perímetro do adversário. Isso inclui jogadores como Curry, Lillard, Hayward, Westbrook, Wade, dentre outros.

Outras qualidades de Bradley são impossíveis de serem mensuradas pelos números. Como por exemplo, o ala-armador celta, dificilmente, não consegue escapar de um bloqueio adversário, fazendo com que o arremessador tenha de mudar sua jogada planejada.

A campanha para Bradley no primeiro time de defesa da liga ganhou novos aderentes após os últimos jogos. No entanto, seus companheiros de time, que já sabem desse impacto defensivo há muito mais tempo, querem garantir, de todos os modos, que o nome de Avery Bradley apareça na seleção de melhores defensores da NBA:

“Bradley merece essa honra”, afirmou Sullinger. Seu esforço na defesa é pouco apreciado, mas nós enxergamos e valorizamos sua dedicação e seu talento. Ele merece ser membro do primeiro time de defesa da liga”.

E vocês, concordam com a campanha para Bradley no primeiro time de defesa da liga? Exponham suas opiniões abaixo.

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

8 comentários

  1. Brad Stevens é MUITO bom treinador. Um dos melhores da liga no atual momento, mas o Hype em cima dele, infelizmente faz com que os méritos dos jogadores sejam diminuídos.

    Muito se fala que o Stevens tira leite de pedra, que o elenco do Celtics é fraco e tal..mas perae!

    Bradley e Crowder estão jogando em nível de AMBOS serem primeiro time de defesa da liga! Não vejo nenhum SG e nenhum SF defendendo mais do que os dois nessa temporada. Vejo Leonard no mesmo patamar defensivo do Crowder, nesa season, mas o Lebron por exemplo, não tem defendido como os dois.

    Por outro lado, Isaiah é um All Star e no momento é o sétimo jogador que mais faz pontos por minutos na liga, superando caras como Kawhi Leonard, Carmelo, Wade, Dirk, DeRozan, Paul George, CP3, entre outros.

    Junte isso a um dos melhores bancos da NBA, e vemos que o Celtics não é só Brad Stevens não. O elenco tem algumas peças de muita qualidade, que convivem com uma desconfiança incompreensível.

  2. Fábio Malet

    Baita texto, Rômulo!

    Bradley é realmente um dos melhores
    defensores de perímetro da NBA e o melhor defensor de ballhandlers da
    liga. Além disso, evoluiu absurdamente em termos ofensivos, se tornando
    um ótimo arremessador, pontuador confiável que consegue também criar
    seus arremessos. É um cara muito subestimado e injustiçado por todos. É
    um dos primeiros a ser sugerido em rumores de troca por outros
    jogadores, é um dos mais criticados do time, não é nem considerado
    titular absoluto por vezes, já que muitos prefeririam ver Marcus Smart
    em seu lugar.

    Ele tem que se provar todos os dias, todos os
    jogos, e entrega tudo o que pode dentro da quadra. É um cara que
    trabalha duro para evoluir seu jogo sempre. Jovem ainda (25 anos), tem
    ainda bom potencial de evolução. Livre das lesões no ombro que o
    assombraram anteriormente, fechará a 2ª temporada consecutiva jogando
    mais de 70 jogos. Sem falar que tem um contrato excelente para o
    Celtics. Enfim, merece todos os elogios, merece figurar nas seleções de
    defesa da NBA e é um dos caras do Celtics do futuro.

    PS: Merece também ser reconhecido pelo próprio Boston Celtics. Já passou da hora de ele ser nomeado capitão da equipe, incumbência essa que está vaga desde a saída de Rondo em dezembro de 2014.

    • Mas ele é muito “menino bom”, quase não fala e tal.
      Não tem como ele ser capitão.

      Os caras mais próximos de ter perfil de liderança dentro de quadra no momento são Thomas, Smart e Crowder.

      Thomas e Crowder viraram titulares apenas este ano e Smart é reserva…rs
      Ou seja…não temos um capitão , mesmo. hehehehehe

      Quem sabe ano que vem um desses três citados ganhem direito a ter essa moral…rs

  3. Fabrica de Vassilo

    Bradley conseguiu melhorar ainda mais do que já era de uns 2 anos pra cá, principalmente na questão de defender em pick and roll. Prevejo um próximo contrato monstruoso pra ele, com certeza alguém vai querer oferecer essa fortuna.

  4. […] Thomas tornou-se um All-Star e terminou na oitava colocação do MVP Ladder do NBA.com. Bradley é alvo de campanha para ser incluído no primeiro time de defesa da liga. Crowder é cogitado para o prêmio de jogador de maior evolução da […]

  5. […] passou desapercebido pela liga. Diversos atletas rivais, como Damian Lillard e C.J. McCollum, foram espontaneamente a público dizer que Bradley era o melhor defensor da NBA e a própria liga reconheceu seu esforço, ao listá-lo como 6º melhor […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.