Boston Celtics fica entre as oito melhores equipes da 2018 NBA Summer League

blazers

O Boston Celtics encerrou, na noite de domingo (15), a sua participação na 2018 NBA Summer League, tradicional competição que conta com novatos, jogadores em seu segundo ano na liga ou sem contrato, que buscam uma oportunidade na maior liga de basquete do planeta. Depois de uma primeira fase com duas vitórias e uma derrota, o time verde e branco de Massachusetts teve um bom início na fase eliminatória, derrotando o New York Knicks na segunda fase e passando pelo Miami Heat nas oitavas de final. O sonho do título inédito, entretanto, foi encerrado com um tropeço diante do Portland Trail Blazers.

Confira o resumo das três últimas partidas do Boston Celtics na 2018 NBA Summer League, disputadas no Thomas & Mack Center, em Las Vegas:

Segunda fase – Celtics 82 x 75 Knicks

Logo em seu primeiro duelo na fase eliminatória da NBA Summer League, o Boston Celtics teve um clássico contra o rival New York Knicks. Com uma atuação segura, o time verde e branco de Massachusetts abriu uma vantagem de 20 pontos durante o terceiro quarto e confirmou a vitória por 82 a 75, mesmo com a reação da franquia nova-iorquina nos últimos minutos.

Para vencer o New York Knicks, o Boston Celtics contou com partidas de alto nível de seus “veteranos”. O ala Semi Ojeleye, autor de 21 pontos, foi o cestinha do Alviverde, enquanto o ala-pivô Guerschon Yabusele fez 12 pontos e o ala-armador Jabari Bird anotou um duplo-duplo, com 13 pontos e 10 rebotes.

Pelo lado do New York Knicks, o destaque foi o pivô Mitchell Robinson, que fez um duplo-duplo com 17 pontos e 12 rebotes, além de dar seis tocos. O ala-armador Alonzo Trier fez 17 pontos, e o ala Kevin Knox contribuiu com 15 pontos e quatro rebotes.

Oitavas de final – Celtics 74 x 72 Heat

Nas oitavas de final da Summer League, o Boston Celtics passou por um enorme sufoco, mas conseguiu derrotar o Miami Heat por 74 a 72. Depois de um primeiro tempo equilibrado, o Alviverde deslanchou na volta do intervalo e abriu vantagem de 10 pontos, mas a franquia da Flórida dominou as ações no último quarto, ficando perto da virada. Apesar do susto, o Celtics se segurou e garantiu a classificação.

O destaque do Boston Celtics diante do Miami Heat foi o armador Pierria Henry, que fez 15 pontos, pegou cinco rebotes e distribuiu cinco assistências. O garrafão celta também foi bem, com um duplo-duplo de Guerschon Yabusele (12 pontos e 10 rebotes) e Jarrod Uthoff (11 pontos).

Apesar do tropeço e da eliminação, o Miami Heat contou com boas partidas do armador Derrick Walton Jr, que fez 15 pontos, e do ala-armador Rashad Vaughn, com 10 pontos. Entre os reservas, destaque para os 11 pontos e quatro rebotes do ala-pivô Yante Maten.

Quartas de final – Celtics 80 x 95 Blazers

Sem contar com Jabari Bird e tendo Guerschon Yabusele por poucos minutos, o Boston Celtics não conseguiu fazer uma boa partida e foi derrotado por 95 a 80 pelo Portland Trail Blazers. O time verde e branco de Massachusetts manteve o equilíbrio na partida até a reta final do terceiro quarto, mas a franquia de Oregon resolveu a situação nos últimos 12 minutos de jogo.

Apesar do tempo reduzido, Guerschon Yabusele foi o cestinha entre os titulares do Boston Celtics, com 16 pontos e quatro rebotes. Na rotação, o Alviverde contou com boas partidas do armador Trey Davis, com 19 pontos, e do ala-pivô Hassan Martin, que fez 16 pontos e pegou nove rebotes.

Pelo Portland Trail Blazers, o perímetro foi fundamental: enquanto o ala-armador John Jenkins foi o cestinha da partida, com 25 pontos, o armador Wade Baldwin IV registrou um duplo-duplo, anotando 14 pontos e pegando 10 rebotes. Entre os reservas, o ala-armador Archie Goodwin fez 13 pontos.

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

2 Comentários

  1. Publicidade

  2. Celso Cachali Jr disse:

    Queria ter visto mais do Jabari Bird… Ainda tenho duvidas quanto ao seu jogo, mesmo vendo que ele foi mais ativo e deu sinais de melhoras. Mas comparando a um outro segundo anista que é o Josh Hart esta muito mais a frente… Sobre Guerschon Yabusele, acho que ja deu né, por mais que tambem teve numeros medianos, me da preguiça em ver este cara jogando… Pq Nader nao jogou? deveria ter jogado se não jogou então dispensa logo o cara, pq ele é fraco. O ponto positivo mesmo ficou para Ojeleye, ele sim deu mostras que ta afim, so que por que parou de jogar alguem sabe se houve uma lesão? poxa tinha que ter deixado ele jogar ate o final vamos deixar os lakers ganhar novamente a Summer.

    6

    0
    • marco_rio5 disse:

      Jabari Bird jogou, mas acho que ele é um cara meio relaxado. Tem qualidade, mas as vezes é meio disperso nos jogos. Acho que poderia ser válido na rotação. Yabusele é aquela pança de sempre, não sei como um cara com 300 Kgs pode ter tanta moral no Celtics. O cara deveria ter escolhido Sumo para praticar e não basquete. Nader estava machucado, está se recuperando de uma cirurgia, por isso não jogou. Ultimo jogo Celtics poupou os principais jogadores, acho que já queria cair fora mesmo, por isso Ojeleie e nem Bird jogaram. O que me deixou mais chateado é não poder ter visto o novato Williams em quadra. Meu interesse nessa SL era ver ele em jogo. Mas pelo jeito, draftamos mais um lesionado.

      2

      0

Deixe um comentário