Brad Stevens demonstrou, mais uma vez, que o Celtics está em boas mãos