Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 114 x 93 Pistons

Mesmo desfalcado de Marcus Smart e Gordon Hayward, além de sofrer com uma atuação abaixo das expectativas de Kemba Walker, o Boston Celtics conquistou, na noite de sexta-feira (20), a segunda vitória consecutiva pela temporada 2019/2020 da NBA. Empurrado pela torcida no TD Garden, o time verde e branco de Massachusetts contou com atuações inspiradas de seus jovens atletas, uma defesa sólida e boa participação dos reservas para bater o Detroit Pistons por 114 a 93. Foi a 11ª vitória celta em 12 partidas como mandante nesta edição da liga.

Depois de um primeiro quarto equilibrado, quando chegou a estar atrás do Detroit Pistons no placar e venceu por apenas dois pontos, o Boston Celtics se soltou no segundo período, abrindo 12 pontos de liderança. Animado, o Celtics praticamente confirmou a vitória na volta do intervalo, colocando 27 pontos de vantagem sobre o Pistons no último quarto. Com o resultado garantido, o torcedor celta ainda teve um momento de euforia com a entrada do pivô sensação Tacko Fall nos últimos minutos.

Com Kemba Walker apagado, anotando apenas dois pontos em 30 minutos, os jovens alas Jaylen Brown e Jayson Tatum chamaram a responsabilidade pelo Boston Celtics, anotando 26 pontos cada um. Entre os reservas, o destaque foi o ala-pivô calouro Grant Williams, que teve um excelente aproveitamento na quadra de ataque e anotou 18 pontos. O pivô turco Enes Kanter, por sua vez, ficou perto de um duplo-duplo, com oito pontos e 18 rebotes.

Desfalcado de Blake Griffin e com um quinteto titular pouco inspirado no ataque, o Detroit Pistons teve atletas da rotação como cestinhas em Boston. O pivô Thon Maker, com 15 pontos, liderou a produção ofensiva da franquia de Michigan, enquanto o armador Derrick Rose fez 14 pontos e distribuiu quatro assistências. Referência da equipe do Pistons, o pivô Andre Drummond fez mais um duplo-duplo na temporada, marcando 12 pontos e pegando 11 rebotes.

O triunfo diante da torcida verde e branca manteve o Boston Celtics na segunda colocação da Conferência Leste, com 19 vitórias em 26 partidas e 73,1% de aproveitamento. A distância do Alviverde para o líder Milwaukee Bucks é de 4.5 jogos. Já o Detroit Pistons, que venceu apenas 11 dos 29 duelos que disputou, tem 37,9% de aproveitamento e ocupa a 10ª posição do Leste.

De confiança renovada, o Boston Celtics volta a jogar pela temporada 2019/2020 da NBA na noite deste domingo (22), às 20h, contra o Charlotte Hornets, no TD Garden, em partida que terá transmissão da Band para todo o Brasil. O Detroit Pistons não terá a mesma sorte e já terá que entrar em quadra neste sábado (21), às 21h, diante do Chicago Bulls, na Little Caesars Arena.

Destaques do Celtics

Jaylen Brown (26 pontos, cinco rebotes e cinco assistências)

Jayson Tatum (26 pontos e cinco rebotes)

Grant Williams (18 pontos e três rebotes)

Destaques do Pistons

Thon Maker (15 pontos e sete rebotes)

Derrick Rose (14 pontos e quatro assistências)

Andre Drummond (12 pontos, 11 rebotes e seis roubadas de bola / duplo-duplo)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

1 comentário

  1. Marco Antônio de Paula

    Jogo protocolar. Jogamos bem e não demos nenhuma chance ao adversário. Claro que temos que admitir que esse time dos Pistons é muito fraco e desfalcado é pior ainda. Me impressionou como o Kanter está pegando rebotes nos últimos jogos. Se o Brown conseguisse manter seu nível seria destaque fácil da temporada. Acho que dá pra garantir mando de quadra nós offs tranquilo. Tudo dentro da nossa realidade.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.