Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 116 x 108 76ers

Foi mais difícil que o esperado, mas o Boston Celtics garantiu, na noite de quarta-feira (15), a sua 11ª vitória nos últimos 12 compromissos pela temporada 2016/2017 da NBA. Na primeira partida disputada no TD Garden em dez dias, depois da série de quatro duelos como visitante contra franquias da Conferência Oeste, o Alviverde derrotou o Philadelphia 76ers por 116 a 108 e manteve a sua grande fase nesta edição da liga.

Leia mais

Boston Celtics homenageia Fab Melo com minuto de silêncio no TD Garden

Isaiah Thomas mantém grande fase e iguala recorde de John Havlicek

Jogando em casa, embalado por três vitórias seguidas e diante de um Philadelphia 76ers sem o pivô Joel Embiid, lesionado, o Boston Celtics vivia a expectativa de uma vitória sem sustos, mas os visitantes fizeram jogo duro e levaram um empate por 61 a 61 no intervalo. No terceiro quarto, liderado por Marcus Smart, o Alviverde abriu uma vantagem de 12 pontos e deixou a torcida sossegada, só que por pouco tempo: insistente, o 76ers reagiu e conquistou a virada já no último quarto. Pressionado, o Celtics controlou os nervos, contou com mais uma atuação decisiva de Isaiah Thomas e confirmou a vitória diante de seu torcedor.

O armador Isaiah Thomas, mais uma vez, foi o cestinha do Boston Celtics na partida, com 33 pontos em 33 minutos. Além disso, o camisa 4 pegou quatro rebotes e distribuiu três assistências. Mais uma vez titular com os desfalques de Avery Bradley e Jaylen Brown, o armador Marcus Smart mostrou que está com a confiança em alta e fez uma partidaça no TD Garden: além de anotar 21 pontos, o camisa 36 conseguiu oito roubadas de bola, pegou cinco rebotes e deu cinco assistências. O ala Jae Crowder, com 18 pontos, também foi peça decisiva, assim como o ala-pivô Kelly Olynyk, que saiu do banco de reservas para anotar 16 pontos. O pivô Al Horford fez 12 pontos, e o ala-armador James Young anotou 10.

Pelo lado do Philadelphia 76ers, o destaque foi o ala croata Dario Saric, que começou a partida no banco de reservas e registrou um duplo-duplo, com 20 pontos e 11 rebotes. O principal auxiliar de Saric foi o ala Robert Covington, que fez 18 pontos e pegou nove rebotes. Substituto de Joel Embiid, o pivô Nerlens Noel anotou 16 pontos em 30 minutos.

Com a quarta vitória consecutiva, o Boston Celtics chegou a 37 triunfos em 55 duelos e agora tem 66,1% de aproveitamento. O Alviverde é o vice-líder da Conferência Leste, com 2.5 jogos de distância para o primeiro colocado Cleveland Cavaliers. O Philadelphia 76ers, com 35 derrotas em 56 jogos, tem aproveitamento de 37,5% e está na 13ª posição do Leste.

Depois de derrotar o 76ers em casa, a equipe do Boston Celtics terá um último compromisso antes do All-Star Game, diante do Chicago Bulls, em partida que será disputada nesta quinta-feira (16), às 23h, no United Center. O Sixers só volta a jogar na próxima sexta-feira (24), quando recebe o Washington Wizards no Wells Fargo Center.

Destaques do Celtics

Isaiah Thomas (33 pontos e quatro rebotes)

Marcus Smart (21 pontos, oito roubadas de bola, cinco rebotes e cinco assistências)

Jae Crowder (18 pontos e cinco rebotes)

Destaques do 76ers

Dario Saric (20 pontos e 11 rebotes / duplo-duplo)

Robert Covington (18 pontos e nove rebotes)

Nerlens Noel (16 pontos e sete rebotes)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.