Celtics 121 x 114 76ers

Foi sofrido, tenso, com emoção até o fim, mas o Boston Celtics garantiu o “Feliz Natal” de seus torcedores na noite de terça-feira (25). Mais uma vez presente na tradicional rodada natalina da NBA, o time verde e branco de Massachusetts enfrentou, em seu TD Garden, o Philadelphia 76ers, que pretendia se vingar da derrota sofrida para o Alviverde na rodada de abertura da temporada 2018/2019 e se consolidar entre as melhores campanhas da Conferência Leste. O plano dos visitantes, entretanto, não deu certo: com uma atuação espetacular de Kyrie Irving, o Celtics voltou a bater o Sixers, dessa vez por 121 a 114, em duelo decidido apenas na prorrogação.

Liderado por Kyrie Irving, o Boston Celtics abriu vantagem sobre o Philadelphia 76ers nos primeiros 12 minutos e controlou, com sua rotação, a reação dos visitantes no segundo quarto. A liderança celta, entretanto, foi embora no terceiro quarto, que terminou com vitória do Sixers por expressivos 38 a 29. No último quarto, a partida ficou ainda mais equilibrada e emocionante: Wilson Chandler, a 38 segundos do fim, acertou um arremesso de longa distância e deixou o 76ers a um passo da vitória, mas Irving, com uma bela jogada, empatou logo depois, levando o jogo para a prorrogação. No tempo extra, o Celtics reagiu após cinco pontos seguidos do Sixers, reassumiu a liderança com seis pontos seguidos de Kyrie Irving e confirmou a vitória com uma marcação eficiente nos últimos segundos.

O principal responsável pela vitória do Boston Celtics sobre o Philadelphia 76ers foi, sem dúvida, o armador Kyrie Irving. Chamando a responsabilidade e acertando arremessos impressionantes, o camisa 11 registrou um duplo-duplo: 40 pontos e 10 rebotes. Com esses números, Irving se tornou o segundo maior cestinha celta em uma rodada de Natal, perdendo apenas para os 45 pontos de Tommy Heinsohn em 1961. O ala Jayson Tatum não foi bem nas jogadas de longa distância, mas também assumiu a responsabilidade, foi peça decisiva na prorrogação e também encerrou o jogo com duplo-duplo de 23 pontos e 10 rebotes. Mais uma vez titular, o ala-pivô Marcus Morris também anotou 23 pontos, com aproveitamento superior a 50% em arremessos.

Pelo lado do Philadelphia 76ers, quem chamou a atenção foi o pivô Joel Embiid. Com uma atuação de alto nível no TD Garden, Embiid foi o cestinha de sua equipe e ainda anotou um duplo-duplo: 34 pontos e 16 rebotes. Principal contratação do Sixers para a temporada, o ala Jimmy Butler fez 24 pontos e pegou cinco rebotes, enquanto o armador Ben Simmons chegou perto de um triplo-duplo, com 11 pontos, 14 rebotes e oito assistências.

A vitória na rodada de Natal recolocou o Boston Celtics na briga pelas primeiras posições da Conferência Leste. Quinto colocado, com 20 vitórias em 33 jogos e 60,6% de aproveitamento, o Alviverde encurtou a distância para o Philadelphia 76ers, que está em quarto lugar, com duas vitórias e duas partidas a mais que a equipe celta. A distância de Boston para o líder Toronto Raptors, por sua vez, caiu para quatro jogos.

De astral renovado pela grande vitória sobre o Philadelphia 76ers, o Boston Celtics terá agora uma série de três partidas como visitante contra franquias da Conferência Oeste. O primeiro duelo será disputado na noite desta quinta-feira (27), às 23h (horário de Brasília), contra o Houston Rockets, no Toyota Center. Também nesta quinta, o Sixers enfrenta o Utah Jazz na Vivint Smart Home Arena, em Salt Lake City.

Destaques do Celtics

Kyrie Irving (40 pontos e 10 rebotes / duplo-duplo)

Jayson Tatum (23 pontos e 10 rebotes / duplo-duplo)

Marcus Morris (23 pontos e seis rebotes)

Destaques do 76ers

Joel Embiid (34 pontos e 16 rebotes / duplo-duplo)

Jimmy Butler (24 pontos e cinco rebotes)

Ben Simmons (11 pontos, 14 rebotes e oito assistências / duplo-duplo)

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

1 Comentário

  1. Publicidade

  2. Marco Antônio de Paula disse:

    Achei muito boa a vitória do time. jogamos com mais raça e intensidade. Conseguimos manter a freguesia dos sixers graças ao Kyrie que teve mais uma grande atuação em quadra. Pontos negativos apenas Brown e Hayward que estão devendo. Até que conseguimos melhorar nosso garrafão. Mas acredito que ainda temos muito a melhorar para brigar por título. O time se perde em alguns períodos em quadra.

    2

    0

Deixe um comentário