Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 141 x 133 Clippers

O TD Garden recebeu, na noite de quinta-feira (13), um dos melhores jogos da temporada 2019/2020 da NBA. Contando com o apoio de sua fanática torcida, o Boston Celtics tinha uma missão e tanto: derrotar o Los Angeles Clippers, um dos principais candidatos ao título da competição. Foi difícil, suado, precisou de duas prorrogações, mas o time verde e branco de Massachusetts fez valer o fator casa, bateu o Clippers por 141 a 133 e mostrou que, sim, também está no caminho certo para brigar pelo troféu Larry O’Brien.

Como era esperado, Boston Celtics e Los Angeles Clippers fizeram um duelo intenso, brigado, com emoção em cada arremesso. Jogando em alto nível, as duas equipes encontraram dificuldades para abrir vantagem no placar: enquanto o Clippers teve seu melhor momento no primeiro quarto, quando esteve liderando por sete pontos, o Celtics disparou na liderança pouco depois do intervalo, com 10 pontos de liderança, aproveitando a saída prematura de Paul George, lesionado, pelo lado do Clippers. Com tanto equilíbrio, o duelo foi para a prorrogação, após Kemba Walker errar o arremesso que poderia garantir a vitória de Boston.

Na primeira prorrogação, o Los Angeles Clippers deu a impressão de que venceria o duelo no TD Garden e repetiria a dose do primeiro duelo entre as equipes na temporada, no dia 21 de novembro. O Boston Celtics, porém, tinha Jayson Tatum: em noite de altíssimo nível, o ala manteve o Alviverde vivo na partida e ainda teve a chance de garantir a vitória, mas, bem marcado, desperdiçou o arremesso. Já na segunda prorrogação, o Celtics finalmente se soltou e garantiu a vitória, com Gordon Hayward chamando a responsabilidade nos dois lados da quadra.

O grande nome da vitória do Boston Celtics diante do Los Angeles Clippers, sem deixar dúvidas, foi o ala Jayson Tatum, que fez uma de suas melhores atuações na carreira. Além de cestinha celta, com 39 pontos, Tatum ficou perto de um duplo-duplo, após pegar nove rebotes. Substituto do lesionado Jaylen Brown no quinteto titular de Boston, o combo guard Marcus Smart foi decisivo nos dois lados da quadra, contribuindo com 31 pontos, quatro rebotes e quatro roubadas de bola. O ala Gordon Hayward, por sua vez, fez um duplo-duplo: 21 pontos e 13 rebotes.

Pelo lado do Los Angeles Clippers, os principais nomes vieram do banco de reservas. Liderando na criação de jogadas e em arremessos, o armador Lou Williams anotou 35 pontos, distribuiu oito assistências e pegou seis rebotes, e o ala-pivô Montrezl Harrell registrou um duplo-duplo, com 24 pontos e 13 rebotes. Entre os titulares, o protagonista foi o ala Kawhi Leonard, que fez um duplo-duplo com 28 pontos e 11 rebotes.

A vitória emocionante sobre o Los Angeles Clippers mantém o Boston Celtics na terceira colocação da Conferência Leste: a equipe celta venceu 38 das 54 partidas que disputou e tem 70,4% de aproveitamento. O Clippers, por sua vez, está na terceira posição da Conferência Oeste, com 37 triunfos em 55 jogos e 67,3% de aproveitamento.

Com a pausa da temporada 2019/2020 para a realização da All-Star Weekend, em Chicago, o Boston Celtics terá alguns dias de descanso e preparação até o seu próximo duelo na competição, que será na próxima sexta-feira (21), às 22h, diante do Minnesota Timberwolves, no Target Center. Será o primeiro de quatro jogos seguidos da equipe celta como visitante contra times da Conferência Oeste. Já o Los Angeles Clippers só volta a jogar no próximo sábado (22), contra o Sacramento Kings, no Staples Center.

Destaques do Celtics

Jayson Tatum (39 pontos e nove rebotes)

Marcus Smart (31 pontos, quatro rebotes e quatro roubadas de bola)

Gordon Hayward (21 pontos e 13 rebotes / duplo-duplo)

Destaques do Clippers

Lou Williams (35 pontos, oito assistências e seis rebotes)

Kawhi Leonard (28 pontos e 11 rebotes / duplo-duplo)

Montrezl Harrell (24 pontos e 13 rebotes / duplo-duplo)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

1 comentário

  1. Fernando Silva

    Partida excepcional de GH.

    Ainda o sinto um tanto tímido.

    A season dele é muito boa, mas sempre esperamos algo mais.

    Cobramos de quem pode dar: GH é diferenciado.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.