Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Com troca quase confirmada, Lee se despede dos fãs celtas

Uma notícia bastante repentina surpreendeu os torcedores do Boston Celtics na noite deste domingo (5): antes mesmo de iniciar o primeiro confronto da ‘marcha para o Oeste’, contra o Oklahoma City Thunder, os fãs alviverdes receberam a informação, através do jornalista Marc Stein, da ESPN americana, de que o ala-armador Courtney Lee seria trocado pelo armador Jerryd Bayless, do Memphis Grizzlies. A negociação deve ser confirmada nas primeiras horas desta segunda-feira (6).

A publicação, que muitos acreditavam ser apenas um boato, passou a ganhar ares de verdade quando Lee postou, através de sua conta no Instagram, uma foto com a camisa do Celtics e uma mensagem aos torcedores. “Gostaria de agradecer à organização pela oportunidade de ser um celta. Eu aproveitei meu tempo em Boston e sou grato. Também gostaria de agradecer aos fãs por um ano incrível e pela meia jornada. Muito obrigado pela motivação extra”, escreveu o ex-camisa 11 celta. Além disso, Lee não esteve com a equipe na derrota diante do Thunder, forçando o técnico Brad Stevens a dar a tão pedida oportunidade ao ala-armador Keith Bogans.

Courtney Lee, de 28 anos, acertou com o Boston Celtics no dia 20 de julho de 2012, vindo do Houston Rockets, onde atuou por duas temporadas depois de passagens por Orlando Magic e New Jersey Nets. Na época, para contar com os serviços do ala-armador, a franquia de Massachusetts enviou a Houston um grupo de quatro atletas e uma escolha de Draft de segundo round.

Em sua primeira temporada no Celtics, ainda sob o comando de Doc Rivers, Lee alternou a titularidade com o banco de reservas, tendo médias de 7,8 pontos e 1,8 assistências em quase 25 minutos por jogo. Em 2013/2014, já comandado por Brad Stevens, o ala-armador se fixou como suplente, mas viu seu desempenho melhorar: a média atual, de 7,4 pontos e 1,6 rebotes, é similar a do campeonato passado, mas com menos minutos: apenas 16,8 por partida.

A saída de Lee significa um alívio maior para os cofres celtas: no fim da temporada, o ala-armador terá recebido um total de US$ 5.225.000 e com a previsão de um aumento de US$ 225.000 por ano, sendo que o atleta tem ainda mais dois anos de contrato. Já Bayless receberá US$ 3.135.000 em 2014, sendo agente livre irrestrito ao término da competição.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

52 comentários

  1. Rafael

    Essa eu achei uma boa o Lee é um jogador de lampejos o Bayless tem um ótimo arremesso

    • Daniel Emiliano

      Ótimo arremesso? rs
      Po, o Bayless ta com FG de 37% e 3pts de 30%

      Já o Lee tem FG de 49% e 3pts de 44%

      Não da nem pra comparar o arremesso dos dois. O do Lee é BEMMM melhor.

      Tenham em mente que essa troca não tem fins técnicos e táticos e fins comerciais.
      O Celtics só fez a troca para abrir espaço no CAP pra FA, e mais nada.

      • Rafael

        Não tinha comparado as estatísticas dos 2 mas na maioria dos jogos do Memphis que eu vi o Bayless sempre quando entra muda o jogo isso foi na temporada passada nessa eu ainda não acompanhei jogos deles concordo que o objetivo principal é liberar cap mas gosto do jogo do Bayless.

  2. Jean

    Lee e Bayless tem quase o mesmo nível no meu ver… Preferiria o Kyle Lowry mas pelo visto o Raptors não abriu mão. Vamos ver qual será o resultado!

  3. Walisson

    Foi uma boa ótima troca pelo lado financeiro. E, pelo lado técnico, também não perdemos, já que o Lee nunca conseguiu ser consistente em Boston.

  4. Leandro Schultz

    Ótimo, menos um contrato pra temporada que vem. Sorte a ele em Memphis, é o tipo de jogador que eles precisam lá.

  5. Renato

    Vejo a troca como positiva, não pela qualidade técnica dos jogadores envolvidos, ja que Lee na minha opinião tem mais qualidades do que Bayless, mas por 2 fatores:

    1) Teremos mais espaço CAP

    2) Temos um armador reserva e com a volta do Rondo, podemos usar o Crawford em futuros negócios, para por exemplo empurrar G wall para fora da folha.

  6. Vinicius

    Pra mim foi uma jogada de mestre, nos livramos de um SG, apesar de ser um jogador extremamente útil, nunca foi nada acima da média em Boston, apenas regular. Já Bayless tem um poder de decisão maior, ano passado fez uma temporada brilhante em Memphis, entrando muito bem. Independente das estatisticas, acho um jogador muito interessante que estamos adquirindo. Além de ser um PG/SG, com certeza dará muito mais profundidade a rotação, já que apenas SG tem aos montes por aqui.

  7. drakes

    Em termos de TS%, 3pt perdemos nitidamente, a estatística da Synergy Sports ele fica muito bem, Lee é um jogador que todo técnico que luta nos playoffs quer, por isso o Doc quis ele.

    Agora nitidamente a vinda dele teve um “hype” muito grande, dentro do pretendido ele nunca seria aquele jogador, não adianta pensar na estatística de 48 ou 36 minutos, é jogador para 20 minutos.

    Para atual temporada o Celtics deve estar aproximadamente 2,5 milhões abaixo luxury tax limit (que é de $71.748 million), o que já dá para assinar com alguém em fevereiro e claro tem o impacto na flexibilidade futura.

    Jerryd Bayless não está no melhor momento da carreira nesse instante por que nunca se encaixou no esquema do novo treinador, suas percentagens de tiro estão ruins, mas é um armador e uma a atualização sobre os Pressley e talvez nos momentos finais da partidas do Crawford.

  8. Renato

    Daniel,

    Sei que você é um grande admirador do jogo do Lee, mas em termos financeiros a de concordar que foi uma trade interessante para Boston.
    Como tenho grande respeito por suas opiniões e conhecimento de basquete, vai as perguntas:

    Qual o Próximo movimento de Ainge?

    Teria alguma forma de conseguirmos aliviar o CAP empurrando G Wall para outra equipe?

    Teria alguma forma de empurrar o Bass para outra equipe?

    • Vinicius

      Que tal trocar o Gerald Wallace com o Utah pelo Richard Jeferson? Seria lindo demais…

    • Problema é QUEM VAI QUERER o Gwall, né? Supervalorizado financeiramente e com nem metade do que já produziu na vida…

    • Daniel Emiliano

      Gwalll nessa temporada eu acho muito difícil de conseguirmos algo por ele em uma troca simples 1×1.

      Pode até ser que apareça um louco, mas acho difícil.

      Se quiser trocar ele, tem que ser no meio de um pacote, envolvendo algum jogador jovem como Bradley e Sullinger, o que acho difícil o Ainge topar.

      Vejo o Gwall sendo trocado antes do começo da próxima temporada ou no meio da próxima temporada. Antes disso, acho um pouco complicado.

      Bass e Green por outro lado são dois contratos que vejo vários times de playoff topando assumir pra reforçar o elenco. Só precisa ver o que eles podem dar em troca.

      Eu particularmente tenho quase certeza que o Ainge está conversando com todas as equipes pra ver o que consegue com Green, GWall e Bass.

      E por fim, o Humpries, acho que o Ainge só troca se alguém der picks de draft. caso contrário vai deixar o contrato dele expirar.

      • Leandro Augusto Schultz

        Um tempo atrás eu estava pensando que não seria má ideia trocar o Green, ele é um ótimo Sixth Man, mas não é tão bom de titular, não to gostando dele nessa temporada, e pelo menos ele tem mercado na liga.

  9. Renato Lgb

    Particularmente eu sempre gostei dele, mas espera que ia arrebentar no Celtão…
    Infelizmente isso não aconteceu, espero que volte achar seu melhor basquete em outra franquia!!!

  10. djcavuca

    Ouvi dizer que a vinda do Bayless, além de ser um alívio na folha salarial, seria para juntá-lo ao Bass numa possível troca por Asik. Alguém sabe algo a respeito?

    • Daniel Emiliano

      Não ouvi nada a respeito, mas seria uma troca muito interessante para nós.

      Seria que por tabela, Bass + Lee por Asik, que é aquilo que queríamos desde sempre…rs

      Ganhamos um Center pra próxima temporada e ainda livraríamos 3 milhões do CAP em 2014/2015 e 10 milhões em 2015/2016

      • Guilherme Domingues

        Com todo respeito, mas o Asik não é pivô pra time que quer ser campeão o cara é medíocre. Consegue pegar uns 10 rebotes por jogo mas no ataque é sofreível

        • Guilherme Domingues

          *sofrível

        • O Asik reduz o aproveitamento de seus adversários a 37%.
          Pra vc ter ideia, na liga toda, só o Hibbert consegue número melhor que isso.
          Nem o D12 consegue esse feito, e isso por sí só já te mostra o quanto é eficiente a defesa do Turco.

          Ele não é bom no ataque? Não, mas o Celtics foi campeão com um pivô semelhante a ele, só que Perkins nunca conseguiu reduzir tanto assim o FG de um matchup.

          Sendo assim, o Asik pode não ser a aquisição do seu sonho, mas ele seria uma peça muito boa sim pra essa equipe e essa troca ainda liberaria mais espaço em CAP, o que por sí só já é de bom grado tmb.

          • Guilherme Domingues

            Entendo que essa é uma estatística muito importante, mas o que quero dizer é que além dele não pontuar bem (nos dias de hoje, um time que quer ser campeão que tem que passar por Heat ou Pacers ou por ambos, não pode se dar ao luxo de ter um jogador tão limitado) ele não tem uma atitude campeã como a que o Perkins tinha. O Perkins fechou com o time e era tão esforçado quanto o KG (o que não é pouco) já o Asik já reclama dos companheiros e não aguenta ficar no banco.

  11. Danilo Jeolás

    Tecnicamente a troca é ruim. Ajuda a piorar o plantel e consequentemente ganhar ainda menos jogos. Entregar a temporada pela Loteria é lamentável.

    • Marcos

      Não tenho assim tanta certeza, viu?
      O Lee estava na melhor fase da season (o que não significa absolutamente nada já que eu acho um jogador mediano pra baixo = igual a ele tem as pencas na Liga) e o trocarmos por um armador de ofício.

      Nos últimos jogos o Crawford caiu muito e considerando que é mais fácil o Memphis Grizzlies ganhar um anel que o Avery Bradley dar uma assistência acho que ganhamos um bom reforço nesse setor, sem dúvida um dos nossos pontos mais fracos depois de Center.

      É esperar para ver,
      P.S.: Também sou contra o tank.

  12. Matheus

    agora não teria espaço para o Brooks na rotação do celtics?

  13. Rafael Taborda

    Tudo por um Cap mais flexível.. e tomara que com isso os FA de qualidade venham pro Celtão…

  14. Thiago Reis

    Gostei muito do que li no CelticsLife. Antes dessa troca não tínhamos espaço para absorver um salário maior em uma troca e assim envolvemos Lee e Bass na troca do Asik para bater salários. Agora com essa troca podemos, inclusive, receber mais salário em uma troca, ou seja, uma troca Bass+Brooks ou Bass+Pressey pelo Asik passa a ser viável. Houston recebe menos em termos técnicos, porém estão cheios de guards, não é prioridade, o interesse deles é no Bass, além disso recebem um salário expirante e diminuem o cap dessa temporada. Acho que essa troca foi uma jogada do Ainge e agora sim finalizaremos a troca do Asik.

  15. Guilherme Domingues

    Com todo respeito, mas o Asik não é pivô pra time que quer ser campeão o cara é medíocre. Consegue pegar ums 10 rebotes por jogo mas no ataque é sofreível

  16. Raphael Lima Ferraz

    Eu só queria saber é de ma coisa: pq o Marshon Brooks não tá jogando??

  17. Lucas Rocha

    Asik ja foi oferecido pra meio mundo e pelo jeito ninguem quis, é um ótimo reboteiro mais longe de ser um center de elite, e se não for titular ja se viu que começa a choradeira, quer ser negociado e vários mimimi…
    Não é mais fácil esperar a FA e ai sim correr atras de um center pra chegar e liderar a área pintada?

  18. Raphael

    alguém poderia me dizer quais são os free agents que poderiam reforçar os Celtics na próxima temporada?

  19. Bruno Ferronato

    Gostei da troca, Lee vinha jogando bem, mas com o Rondo voltando não fará tanta falta devido ao novo remanejamento do time, sem contar a melhora no cap. Ponto pro Ainge.

  20. Fernando C S

    Eu tenho minhas dúvidas sobre o Asik. As mesmas restrições que todos indicaram. É certo que quando precisarmos pontuar o Asik vai sentar para o Kelly Cabeleira jogar. Um pega rebote e o outro pontua. No atual momento.o Asik é interessante. Mas pensando em lutar pelo título (que é a meta permanente)… Basta pedir a opinião de vocês. ASIK ou PERKINS???

    • Marcos

      Olha que eu fico em dúvida hein?

      Pelo menos os Perkins é mais conhecido da galera, não é tão reclamão assim nem tem aquele problema no joelho…

      Os 76rs já fizeram uma oferta pelo Perkins, que tem mais um ano de contrato…

      Trocando em míudos: Doc “Pastor Valdomiro” deixou o Perkins (ficamos sem Center por zilhões de jogos devido a lesões e outros) ir e “mandou trazer” o Lee => Ainge está até hoje limpando as cagadas dele…

      Let’s go C’s

  21. Thiago Reis

    Principal qualidadeAsik é defesa, não rebote!

  22. drakes

    ùltima notícia parece que a troca se expandiu…

    Celts get Bayless and Gomes and likely waive Gomes. Grizz get Courtney Lee. Some second-rounders likely involved to tie it all up
    — Marc Stein (@ESPNSteinLine) January 7, 2014

  23. Jota

    Danny Ainge só espero que você surpreenda todos nós na FA, pq trocar o Lee por essa merda ai, e ainda manter G.Wall no nosso elenco, sua cabeça irá rolar. Abraço

  24. Jota

    Danny Ainge só espero que você surpreenda todos nós na FA, pq trocar o Lee por essa merda ai, e ainda manter G.Wall no nosso elenco, sua cabeça irá rolar. Abraço

  25. […] de toda a certeza da troca e com Lee se despedindo dos torcedores celtas já no domingo (5), o negócio demorou a ser confirmado por causa do envolvimento de uma terceira equipe: o Oklahoma […]

  26. […] feira, o Boston Celtics realizou sua segunda troca envolvendo 3 times, em um período de 10 dias. A primeira envolveu a ida do ex-ala celta Courtney Lee para o Memphis Grizzlies, que enviou Jerryd Bayless para o Celtics e duas escolhas de segunda […]

  27. […] Bayless atuou em 31 das 33 partidas do Memphis Grizzlies, sua ex-equipe, na atual temporada, sendo que a última vez que esteve em quadra foi no dia 5 de janeiro, contra o Detroit Pistons. Na ocasião, o armador fez 10 pontos e foi o reserva com mais tempo em quadra na vitória por 112 a 84 em pleno Palace of Auburn Hills. Caso seja confirmada sua presença para o duelo no Colorado, a tendência é que Bayless seja reserva e atue na posição 2, papel que era justamente de Courtney Lee, negociado pelo Celtics como parte do acordo com o Grizzlies. […]

  28. […] na NBA. Caso o camisa 30 seja trocado, este será o terceiro negócio celta na temporada, já que Courtney Lee migrou para o Memphis Grizzlies e a dupla Jordan Crawford e MarShon Brooks acabou acertando com o Golden State […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.