Nets 85 x 87 Celtics

Publicidade

Desgastado por mais um back-to-back na temporada 2017/2018 da NBA e por uma viagem a Nova York, menos de 24 horas após a vitória em casa sobre o Minnesota Timberwolves, o Boston Celtics não teve uma grande atuação diante do Brooklyn Nets, em partida disputada na noite de sábado (6), no Barclays Center, mas contou com a inspiração do ala calouro Jayson Tatum para conquistar mais uma vitória nesta edição da liga. Com uma enterrada e uma cesta de três pontos nos minutos finais, Tatum encaminhou o triunfo celta sobre o Nets por 87 a 85.

Comandante da vitória celta, Jayson Tatum encerrou o jogo com 14 pontos, seis rebotes e impressionantes seis tocos, se tornando o primeiro calouro a atingir essa marca desde o brasileiro Vitor Faverani, que deu seis tocos contra o Milwaukee Bucks em novembro de 2013. Outros dois titulares se destacaram na pontuação: o armador Kyrie Irving, cestinha celta com 21 pontos, e o pivô australiano Aron Baynes, que contribuiu com 10 pontos. Na rotação, o armador Marcus Smart anotou 11 pontos.

Substituto dos lesionados Jeremy Lin e D’Angelo Russell, o armador Spencer Dinwiddie foi o cestinha do Brooklyn Nets diante do Boston Celtics, com 20 pontos. Os principais auxiliares de Dinwiddie vieram do banco de reservas: enquanto o pivô Jahlil Okafor anotou 12 pontos, o ala Joe Harris fez um duplo-duplo, com 10 pontos e 12 rebotes. Mais uma vez titular, o ala DeMarre Carroll fez 10 pontos e pegou sete rebotes.

Com a vitória sobre o Brooklyn Nets, o Boston Celtics chegou a 33 triunfos em 43 partidas e melhorou o seu aproveitamento na temporada para 76,7%. O time verde e branco de Massachusetts lidera a Conferência Leste, com três jogos de vantagem para o segundo colocado Toronto Raptors, e tem a segunda melhor campanha da competição. O Brooklyn Nets, por sua vez, é o 12º colocado da Conferência Leste, com 15 vitórias em 39 jogos e 38,5% de aproveitamento.

Depois de mais um back-to-back, a equipe do Boston Celtics só volta a jogar nesta quinta-feira (11), quando encara o Philadelphia 76ers a partir das 18h (horário de Brasília), na O2 Arena, em Londres. Já o Brooklyn Nets enfrentou o Toronto Raptors na noite desta segunda-feira (8), no Barclays Center.

Destaques do Nets

Spencer Dinwiddie (20 pontos, três rebotes e três assistências)

Jahlil Okafor (12 pontos e cinco rebotes)

Joe Harris (10 pontos e 12 rebotes / duplo-duplo)

DeMarre Carroll (10 pontos e sete rebotes)

Destaques do Celtics

Kyrie Irving (21 pontos e seis rebotes)

Jayson Tatum (14 pontos, seis rebotes e seis tocos)

Marcus Smart (11 pontos, três rebotes, três assistências e três roubadas de bola)

Aron Baynes (10 pontos e seis rebotes)

Boxscore

<script type=”text/javascript” src=”//widgets.sports-reference.com/wg.fcgi?css=1&site=bbr&url=%2Fboxscores%2F201801060BRK.html&div=div_box_brk_basic”></script>

<script type=”text/javascript” src=”//widgets.sports-reference.com/wg.fcgi?css=1&site=bbr&url=%2Fboxscores%2F201801060BRK.html&div=div_box_bos_basic”></script>

Melhores Momentos

 

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

6 Comentários

  1. Publicidade

  2. Marco Ferreira disse:

    As vezes procuramos números e jogadas para explicar a necessidade de um atleta na equipe, mas no meu ponto de vista esse jogo mostrou como o Horford faz falta para equipe, as vezes os números dele não são os melhores, ele nem aparece na maioria das jogadas, mas seu posicionamento tanto ofensivo quanto defensivo faz a equipe jogar de uma maneira mais tranquila!

    Sei que o Horford nem é visto como um All Star mais, mas confesso que neste momento se fosse para votar no melhor jogador Celta meu voto seria dele.

    Kyrie faz muitas jogadas e arrisca muito mais que o Horford, mas taticamente nosso Shrek faz mais diferença ajudando a equipe, existe momentos que o Kyrie desespera e tenta varias vezes armar a jogada para ele sem o trabalho de equipe.

    Lets Go Celtics…

    14

    0
    • romuloe2 disse:

      Também gosto do Horford e acho que temos um time bem legal, e o melhor é que parece que mesmo mudando as peças, mesmo sofrendo um puco, temos sempre a mesma forma de jogar… o que pode nos levar a uma era igual a do spurs, com bons times todos os anos, independente das peças.
      Seguindo essa lógica, quando acertamos a mão em uns 2 ou 3 jogadores feras encaixados voltarem a ganhar anéis! Vamos se ano que vem com Gordon teremos isso em Irvin, Gordon e Horford, ou quem sabe em Tatum.

      2

      0
  3. Nao concordo. Irving e que é imprescindível. Silvio Freitas

    2

    1
  4. R Tsunami Green disse:

    Hoford é craque de bola!

    1

    0
  5. Daniel Monteiro disse:

    Jayson Tatum decidindo no final, com uma bo infiltração e depois uma bola de três.

    0

    0
  6. JailtonSV disse:

    Horford é bom jogador, acho que ninguém discute isso. A questão é que na NBA existe um “limite” salarial (CAP), quando alguém vê as médias humildes dele, automaticamente tende a pensar que com o dinheiro investido nele, o Celtics poderia ter um jogador que contribuiria muito mais com pontos e rebotes.

    Horford é essencial para as jogadas de Pick And roll, faz o jogo fluir com movimentação e ótimo passe, mas não é um cara que vai destruir uma partida ou uma série de playoffs (embora tenha ido muito bem contra o Wizards). Outro ponto é que quando ele atinge sua média seus números não são muito elevados, se ele vai mal então, seu números tornam-se pífios é isso logicamente influi no resultado final de uma partida, contra os Spurs tomarmos mais de 20 pontos do Aldridge e Horford fez 2 pts.

    Em suma, gosto do basquete do Horford, mas ele tá muito longe de ser dominante tanto de PF como de C.

    Até este ponto da temporada não vejo ninguém imprescindível, até pelo coletivo da equipe, fica difícil apontar destaques individuais, se fosse pra apontar o melhor Celta, eu apontaria o Tatum, mesmo com o nome do Irving sendo ventilado em algumas conversas sobre MVP.

    2

    0

Deixe um comentário