Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Pacers 122 x 117 Celtics

Em um jogo equilibrado e emocionante, que lembrou bons momentos dos playoffs, o Boston Celtics teve sua sequência de quatro vitórias consecutivas na temporada 2019/2020 da NBA encerrada na noite desta quarta-feira (11). Iniciando mais um back-to-back nesta edição da liga, o time verde e branco de Massachusetts enfrentou o Indiana Pacers no Bankers Life Fieldhouse e até teve alguns lampejos de bom basquete, mas a oscilação em períodos importantes da partida e erros de arbitragem contribuíram para a vitória do Pacers por 122 a 117.

Embalado pela série invicta, o Boston Celtics dominou o Indiana Pacers no primeiro quarto e abriu nove pontos de vantagem em oito minutos, mas os donos da casa reduziram o prejuízo, viraram a partida no segundo quarto, aproveitando a entrada da rotação celta e levaram quatro pontos de frente para o intervalo. Mesmo pendurado em faltas, principalmente com o ala-pivô Daniel Theis, o Celtics voltou com uma postura mais agressiva para o terceiro quarto e abriu 10 pontos de liderança no placar. O Alviverde, porém, não manteve o ritmo nos 12 minutos finais, perdeu Gordon Hayward por causa de uma pancada no rosto e sofreu a virada do Indiana Pacers, que aproveitou vários lances livres para fechar o placar com uma vitória por cinco pontos.

Em meio ao tropeço em Indianapolis, o Boston Celtics contou com uma atuação de alto nível do armador Kemba Walker, que anotou 44 pontos e distribuiu sete assistências em 35 minutos. O ala Jaylen Brown, por sua vez, chegou perto de um triplo-duplo, com 18 pontos, oito rebotes e oito assistências. Já o ala Jayson Tatum, mesmo com baixo aproveitamento na quadra de ataque, anotou 16 pontos e pegou seis rebotes.

Pelo lado do Indiana Pacers, o combo guard Malcolm Brogdon foi o cestinha da equipe, com 29 pontos, 15 deles em lances livres, e ainda chegou perto de um duplo-duplo, após distribuir oito assistências. O ala-pivô Domantas Sabonis também teve uma grande atuação diante do Celtics, com 15 pontos, 14 rebotes e oito assistências, enquanto o armador reserva Aaron Holiday anotou 18 pontos, com excelente aproveitamento nos arremessos.

Com o tropeço em Indianapolis, o Boston Celtics caiu para a terceira colocação da Conferência Leste, sendo ultrapassado pelo Miami Heat. A equipe celta venceu 17 dos 23 jogos que disputou e tem 73,9% de aproveitamento. Já o Indiana Pacers, com 16 vitórias em 25 partidas e 64% de aproveitamento, permanece na sexta posição do Leste.

O Boston Celtics terá pouco tempo para lamentar a derrota para o Indiana Pacers, pois já entra em quadra novamente na noite desta quinta-feira (12), às 22h (horário de Brasília), contra o Philadelphia 76ers, no TD Garden. O Pacers terá um descanso maior e só volta a jogar nesta sexta-feira (13), em duelo diante do Atlanta Hawks, na State Farm Arena.

Destaques do Pacers

Malcolm Brogdon (29 pontos e oito assistências)

Aaron Holiday (18 pontos e três rebotes)

Domantas Sabonis (15 pontos, 14 rebotes e oito assistências / duplo-duplo)

Destaques do Celtics

Kemba Walker (44 pontos e sete assistências)

Jaylen Brown (18 pontos, oito rebotes e oito assistências)

Jayson Tatum (16 pontos e seis rebotes)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

4 comentários

  1. Marcos

    É isso aí ganha de Knicks e Cavs e perde de Pacers.
    Como jogamos no Leste, é playoff e torcer para chegar nas semis.

    Não tenho mais assistido aos jogos dos Celtics com frequência, pois tem mt coisa boa acontecendo na NBA no momento: Harden, Doncic, Giannis, etc.

    A sensação é que virou o time NCAA da defesa zona.
    É assim que os outros times vêem o Celtics, por enquanto.

    Uma trade improvável por Blake Griffin ajudaria demais o time.
    Kevin Love, tão xingado anteriormente, tem a cara do Stevens.

    Abs verdes,

  2. drakes

    A questão do celtics estar 0x5 contra o time com campanha positiva fora de casa, nem assista por que tá sendo a normalidade do leste, tirando bucks e lakers todos vem mal, tirando o sixers foram jogos encostados
    3 point OT Clippers
    4 point Nuggets
    5 point Pacers
    5 point Nets
    14 point 76ers

    Esse jogo de retorno com sixers é algo ruim, por ser b2b, mas veremos o que dá, no momento o campeonato parece ter final bucks x lakers.

  3. Marco Antônio de Paula

    Estamos dentro da nossa realidade. Vamos ganhar de times fracos e médios dentro de casa e vamos perder naturalmente de times mais fortes. O time em termos de qualidade não evoluiu, acho que piorou em garrafão defensivo. Kemba é o cara com mais personalidade nesse time. Tatum não consegue chegar em um patamar de MVP e nunca chegara pois não consegue defender bem. Brown é um cara muito irregular, não consegue se manter focado. E o técnico éum cara acomodado e que insistem com seus preferidos,mesmo sabendo da falta de qualidade dos mesmos (Ojeleie e Wanamaker). Não conseguimos alterações táticas durante o jogo, jogamos sempre da mesma maneira. Muita tentativa de bola de fora. Pouca defesa no garrafão. e nos acomodamos com as derrotas. Nosso teme tem o retrato de nosso Técnico. Acomodado e sem muitas pretensões. Infelizmente a unica coisa que muda nos Celtics é o chiclete na boca do Stevens, de um lado para o outro. O Resto é a mesmice de sempre. Enquanto isso, vamos esperar o proximo jogo contra Bulls ou Knicks para exaltecer mais uma grande atuação do time.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.