Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (17-6) x Philadelphia 76ers (18-7)

Menos de 24 horas depois de ser derrotado pelo Indiana Pacers em um jogo equilibrado como visitante, o Boston Celtics encara mais um compromisso pela temporada 2019/2020 da NBA na noite desta quinta-feira (12). Contando com o apoio da torcida no TD Garden, onde venceu todos os 10 jogos que disputou nesta edição da liga, o time verde e branco de Massachusetts encara, a partir das 22h (horário de Brasília), o Philadelphia 76ers, em confronto direto pela segunda colocação da Conferência Leste e que será marcado pelo reencontro do ex-pivô celta Al Horford, agora vestindo a camisa do Sixers, com os fãs de Boston. Será o segundo duelo entre Celtics e 76ers na temporada: no dia 23 de outubro, Philadelphia venceu por 107 a 93, no Wells Fargo Center, pela rodada de abertura da liga.

Um dos três únicos times invictos em casa na temporada, o Boston Celtics aposta no conforto do lar para voltar ao caminho das vitórias. Depois de quatro triunfos consecutivos, o time verde e branco de Massachusetts caiu diante do Indiana Pacers, em uma noite com apagão no último quarto e erros de arbitragem a favor da equipe mandante. Agora, além de provar que o tropeço para o Pacers foi só um acidente, o Celtics quer se vingar da derrota no primeiro jogo contra o 76ers, abrir vantagem sobre o rival da Divisão do Atlântico, recuperar a vice-liderança do Leste e encurtar a distância para o líder Milwaukee Bucks. De preferência, com uma boa atuação, para não deixar dúvidas sobre a força celta no torneio.

Para o segundo duelo contra o Philadelphia 76ers em 2019/2020, o Boston Celtics tem uma dúvida no quinteto titular. Com uma contusão na face, sofrida diante do Indiana Pacers, o ala Gordon Hayward ainda não teve presença confirmada na partida. Caso Hayward não possa atuar, a tendência é que Semi Ojeleye fique com a vaga na posição 3. Na rotação, o Celtics não contará com o combo guard Marcus Smart, em tratamento de uma infecção no olho, e com o pivô Robert Williams, que se recupera de uma lesão muscular no quadril esquerdo.

Semifinalista da Conferência Leste em 2018/2019 e reforçado por Al Horford, um dos atletas de garrafão mais versáteis da liga, o Philadelphia 76ers iniciou a temporada como um dos favoritos ao título, mas só agora está começando a engrenar e apresentar os resultados esperados. Com 13 vitórias nos últimos 17 jogos e defendendo uma série invicta de três partidas, a franquia da Filadélfia pode assumir a vice-liderança do Leste em caso de vitória sobre o Boston Celtics, resultado que também é fundamental para manter a confiança nos comandados de Brett Brown.

Em Boston, o Philadelphia 76ers ainda não confirmou Al Horford entre os titulares, já que o ex-celta sofre com dores no joelho e no tornozelo. Se Horford for vetado pelo Departamento Médico, o Sixers tem o ala Matisse Thybulle e o ala-pivô Mike Scott como principais opções para o quinteto. Por outro lado, o 76ers contará com o armador Ben Simmons e o pivô Joel Embiid, seus principais atletas na temporada.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 22h

Transmissão: VIVO e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Jaylen Brown, Gordon Hayward (Semi Ojeleye), Jayson Tatum e Daniel Theis. Treinador: Brad Stevens

PHILADELPHIA 76ers: Ben Simmons, Josh Richardson, Tobias Harris, Al Horford (Matisse Thybulle) e Joel Embiid. Treinador: Brett Brown

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

13 comentários

  1. Lucas Soares Jardim

    Foi muita falta em cima do Brown. Arbitragem dnv sendo decisiva, aquela falta do Kanter que deram em cima do Josh Richardson foi absolutamente nada, e esse ultimo lance foi muita falta no Brown. Sem contar outros lances durante o jogo.

    Mas brincadeira também do Brad não ter pedido tempo, e nenhum dos jogadores também nessa ultima jogada.

    Péssimo jogo de Tatum e Brown.

    Smart faz muita falta na liderança desse time.

    Que partidassa do Kanter e do Theis.

  2. Marcelo Signori

    Se não arrumar um cara cascudo pro garrafão, vai ser sempre isso aí.

  3. Fernando Fabiano Corrêa

    O que acabou com a gente foi realmente a falta de um C de peso mesmo. Theis ta jogando muito bem, e Kanter também tem melhorado a cada jogo, mas nenhum deles tem potencial pra parar um cara do nível do Embiid, e aí o jeito foi dobrar nele, e aí abrimos a defesa pro Harris que deitou e rolou.

  4. Samucarj

    É só o começo! Nos playoffs seremos massacrados no garrafão como acontece todos os anos.

    Não adianta sem um center, não vamos a lugar nenhum.

  5. drakes

    Celtics a poucos anos era o campeão dos backs, analisando para hoje a diferença principal é o banco, sem banco fica difícil vc vencer nessa situação, ainda mais que nos dois últimos jogos as arbitragens endureceram para cima do Boston critérios de marcação de falta.

    • Raphael Ferraz

      Eu acompanho blog dos Estados Unidos de torcedores dos Celtics e eles continuam acreditando que podemos vencer com o elenco atual sem realizar trocas, mesmo depois dessas duas derrotas importante s. Acho que aí está um dos problemas da franquia: o apego a alguns jogadores com Smart e Gordon Hayward. Danny Ainge vai precisar de muita coragem para trocar um dos dois. Vai desagradar gente lá Boston.

  6. Marco Antônio de Paula

    Eu já imaginava a derrota. O que me deixou impressionado foi a coincidência. Ojeleye 24 minutos em quadra, zero pontos. Wanamaker 2 pontos. Enquanto isso Zé Chiclete novamente fugindo da responsabilidade com aquele papo furado de sempre

  7. Marcos

    Nem adianta pedir Center. O estilo de jogo do técnico é nojinho de contato e não se importar com rebotes.

    Abs verdes,

  8. PHABIO PASSOS

    EU CONCORDO COM MARCO ANTONIO E MARCOS EM TUDO QUE FALARAM,ESSE TREINADOR PENSA QUE ESTA EM TIME UNIVERSITARIO, FICA COM CARA DE IDIOTA E DE ABESTALHANDO NAO PARA O JOGO QUANDO PRECISA,E QUANDO PEDE TEMPO E QUANDO EMPATARAM OU VIRARAM E ESTÃO VENCENDO DE 5 PONTOS, ELE FOI IMPORTANTE NA REFORMULAÇÃO,E AGORA PRECISAMOS DE TREINADOR DE VERDADE…
    E AINGE TEM ACORDA PRA O TIME, TER WANA, EDWADS E SEMI,, QUE NÃO SABEM MARCA, NAO SABER DAR ASSISTÊNCIA E NÃO SABE CHUTA E DIFÍCIL, FICA DRAFTANDO ANÃO E JOGADOR BAIXOS, POR O TREINADOR NAO QUER PIVOR E NAO QUER ALA PIVO TEM QUE MUDANÇA, PQ NO INICIO E AINDA PRA CONSERTA…..ACHO QUE DONOS DO CELTICS, TEM MUDAR TROCAR DE DIRETOR, AINGE FOI MUITO IMPORTANTE, ESTA SENDO SUPERADO, E FICA COM MEDO DE TROCAR E DE INVESTIR,QUASE TODOS TIME FAZ MUDANÇAS , PQ NAO NAO PODEMOS…
    ACORDA CELTICS

  9. PHABIO PASSOS

    POIS , OMTEM VIVO QUE PRECISAMOS CONSERTA O TIME,,POIS, NAO TEVE JOGO COLETIVO, TODO MUNDO QUER CHUTA DE 3, NAO TEM INFILTRAÇAO E JOGA DE PIVOE TROCA DE PASSE, E PORQUE NOSSO TREINADOR SO TREINA CHUTE DE 3 SO SERVE CHUTE 3, NAO TEM OUTRA VARIAÇOES, TEM UNS BESTA FALAM AQUI QUE ELE É NOVO POPOVICH, NAO CHEGA AOS CHINELOS DO TREINADOR DO SPURS,…FICA O COITADO DE WALKER JOGANDO SOZINHO, O TATUM ESTA FICANDO MASCARADO SO QUE JOGAR PRA ELE,BROWN PARACE UM TRATOR SEM DIREÇAO, NAO TEMOS BANCO DE RESERVA, SO 2 OU 3 SERVE O RESTO UM LIXO
    BEM OS TIME OS DO FINAL ANOS 90 E INICIO 2000, TINHA LUTA E VONTADE E TINHA GARRA,,ESSE CARA QUE GANHAR 15 MIL E NAO JOGA NADA, ATE PARACE JOGAR DO FUTEBOL BRASILEIRO… TEM UMA VERGONHA O CELTICS

  10. Raphael Ferraz

    Deixe-me fazer alguns apontamentos. Esse time claramente nao eh candidato a título. Mas calma gente. Ainda eh um bom time de assistir e com futuro. Jaylen e Tatum são muito novos e são os dois pilares para os próximos anos. Kemba eh um armador all-star.

    Acho que essas duas últimas derrotas foram importantes para mostrar o nível do nosso time. Mas concordo com o Phabio Passos quando ele diz que alguma coisa tem que ser feita. O sistema de jogo “Small ball” está se mostrando ineficiente contra times altos e fortes. E o nosso draft dos últimos anos (com algumas boas exceções) não foi bom (Jordan Mickey, Jared Sullinger, Fab Melo, Semi Ojeleye, Yabusele, Grant Williams). Vários escolhas desperdiçadas com jogadores de pouca estatura. E a maioria delas escolhas de primeira rodada.

    Também concordo com a premissa de que sem um pivo grande e físico nós não conseguiremos competir com Bucks, nem com LA em 7 jogos. Kanter e Theis jogaram muito bem no último contra os sixers, mas não foi o suficiente. Dito isto o que pode ser feito? Esperar e torcer para o time jogar melhor com algumas poucas mudanças ou ir para o mercado via trade.

    Há quem diga que o resultado do jogo de ontem poderia ser diferente se Robert Williams ou Smart estivessem em quadra, principalmente Smart. Se voce acredita nisso vale a pena esperar e torcer para o time melhorar durante a longa temporada.

    Agora se você não acredita temo que ir ao mercado via trade. O problema e que por conta da folha salarial do elenco atual do Boston, as únicas trocas possíveis teriam que necessariamente incluir Hayward ou o Smart. Dois jogadores super importantes para o time. E eu não sei se o Danny Ainge estaria disposto a se desfazer deles. O que eu acho que pode ser um erro. Nós temos sim um clara deficiência no garrafão e os times de toda a NBA estão tirando o máximo proveito.

    Os principais jogadores de garrafão mais ou menos disponiveis para troca pelo que tenho lido os rumores são os seguintes: Clint Capela, Steven Adams, Kevin Love, Derrick Favors, Blake Griffin, Hassan Whiteside e André Drumond.

    Desses, acho que o Stevens Adams pode ser nosso alvo. Oklahoma já disponibilizou ele para trocas. Nos custaria Hayward + uma ou duas picks.

    O jogador que eu gostaria mesmo se pudesse escolher seria o Myles Tuner ou o Yusuf Nurkic (saudável) Mas não acho que nem o Indiana nem Portland aceitariam qualquer oferta dos Celtics mesmo com várias picks.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.