Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (44-22) x Miami Heat (42-25)

Depois de uma vitória apertada sobre o Portland Trail Blazers no último jogo, quando perdeu uma vantagem de 24 pontos construída ao longo do embate, o Boston Celtics encara o Miami Heat na noite desta terça-feira (4). As equipes se enfrentam a partir das 19:30 (horário de Brasília), no HP Field House. A partida terá transmissão pelo Sportv.

Desde o retorno da temporada na “bolha” do Walt Disney Resort, o jogo de hoje é o mais importante dos Celtics na briga de melhor posicionamento no chaveamento dos Playoffs. Ocupando a 3ª colocação na classificação da Conferência Leste, a equipe Alviverde se encontra 2.5 jogos a frente do Miami Heat, que se encontra na 4ª posição hoje. Uma vitória hoje poderia, virtualmente, assegurar a manutenção da posição da equipe de Boston até o restante da temporada regular.

Até momento, os Celtics não possuem nenhum desfalque confirmado e devem ir à quadra com todos os jogadores importantes. Contudo, o armador Kemba Walker, lidando com problemas no joelho, deve seguir com minutagem reduzida, assim como nas partidas anteriores. Assim sendo, Marcus Smart e Brad Wanamaker tenderão a receber mais minutos na rotação, mas existem chances de Walker ter minutagem normal contra o Heat.

Após péssima partida contra o Milwaukee Bucks, o ala Jayson Tatum brilhou contra os Blazers e parece ter reencontrado a boa forma. O jovem All Star será peça chave para liderar a equipe Alviverde na partida de hoje. Importantes na defesa, Jaylen Brown e Marcus Smart terão papel crucial defendendo Jimmy Butler, enquanto Daniel Theis terá sua importância marcando o pivô Bam Adebayo.

Já pelo lado de Miami, a equipe vem de derrota na última segunda-feira (3) para o Toronto Raptors, onde Jimmy Butler teve atuação apagada na segunda metade da partida. O Heat não possui nenhum desfalque até momento, porém podem sentir o cansaço de um back-to-back.

A equipe da Florida aposta em bons arremessadores (Kelly Olynyk, Goran Dragic, Duncan Robinson e Tyler Herro) assim como em bons defensores de perímetro (Jimmy Butler, Jae Crowder e Andre Iguodala), na esperança de neutralizar o forte perímetro do Boston Celtics, um dos melhores da liga.

Ficha Técnica

Local: HP Field House (Orlando, FL)

Horário (de Brasília): 19:30

Transmissão: Sportv e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Jaylen Brown, Gordon Hayward, Jayson Tatum e Daniel Theis. Treinador: Brad Stevens

MIAMI HEAT: Kendrick Nunn, Duncan Robinson, Jimmy Butler, Jae Crowder e Bam Adebayo. Treinador: Erik Spoelstra

Author avatar
Lucas Pereira
Lucas é mineiro, natural e residente de Belo Horizonte. É estudante de Administração na UFMG. Acompanha NBA e o Boston Celtics desde 2007. É colaborador do Celtics Brasil desde 2016.

5 comentários

  1. Lucas Soares Jardim

    Uma coisa que me irrita bastante no ataque do celtics, que a gente nunca procura quem tá com a mão quente ou nossos melhores chutadores até estar perdendo o jogo de um número considerável de pontos, o Kemba hoje apenas com 8 arremessos de quadra e o Tatum apenas com 11, sendo que o Tatum chamou a responsabilidade no ataque mais pro final do terceiro quarto. É foda ver Wannamaker e Ojeleye com tantos arremessos, espero que isso nos playoffs mude consideravelmente.

    PS: 3 jogos na bolha, e três arbitragens contra o celtics.

  2. Daniel Carvalho

    Jogo miserável do celtics. Mas uma coisa que gostei de ver é que o time mostrou indignação com a derrota. Tentou se aproximar no placar mesmo com as coisas não dando certo. Teve luta até o fim.

  3. Claudio Almeida

    O banco do Celtics é um show de horrores, pelo visto vou ter pesadelos com wanamaker e ojerley

  4. Claudio Almeida

    Na verdade, o Boston tem seis bons jogadores, dois novatos que não estão aproveitando as chances e um resto de jogadores de G league. Com relação aos dois de mão dupla, um é um anão bonzinho e o outro é um gigante horroroso

  5. Claudio Almeida

    E prá complicar ainda mais a situação, a arbitragem da NBA está, descaradanente, prejudicando o time do Boston Celtics

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.