Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Cleveland Cavaliers (4-0) x Boston Celtics (3-1)

Apenas 24 horas depois de um vitorioso, mas exaustivo duelo contra o Chicago Bulls no TD Garden, o Boston Celtics encara, na noite desta quinta-feira (3), um dos compromissos mais difíceis na temporada 2016/2017 da NBA. Desta vez, o Alviverde de Massachusetts visita o Cleveland Cavaliers, atual campeão da liga, bicampeão da Conferência Leste e invicto após quatro jogos na competição. A partida, que começa às 22h (horário de Brasília), será disputada na Quicken Loans Arena, em Cleveland.

Não é exagero falar que o Cleveland Cavaliers vive o melhor momento de sua história. Campeão da NBA pela primeira vez em 2015/2016, após uma virada histórica na decisão contra o Golden State Warriors, a franquia de Ohio quer o segundo troféu a qualquer custo, e já começou bem a sua trajetória nesta temporada: em quatro jogos, o Cavs conquistou quatro triunfos sem sustos. Apoiado pela sua torcida nesta noite, o Cavaliers quer desbancar o Celtics e continuar na liderança da Conferência Leste.

Mantido no cargo após o título inédito, o treinador Tyronn Lue não terá desfalques para o jogo diante do Boston Celtics, e deve escalar o seu poderoso Big Three, formado pelo armador Kyrie Irving, pelo ala-pivô Kevin Love, e pelo ala LeBron James, MVP das Finais em 2016. Na rotação, o destaque é o ala Iman Shumpert.

Há uma semana, o Boston Celtics encarava esse jogo contra o Cleveland Cavaliers como o grande teste para uma equipe que sofreu poucas, mas importantes mudanças. Entretanto, a situação mudou: com desfalques importantes e tendo que lidar com o desgaste natural de um back-to-back, o Alviverde de Massachusetts terá que redobrar a concentração para neutralizar as principais jogadas do Cavaliers e brigar pela vitória fora de casa.

Em Cleveland, o técnico Brad Stevens não poderá contar com o ala Jae Crowder, com uma entorse no tornozelo esquerdo, e o pivô Al Horford, que sofreu uma concussão e será poupado das atividades nos próximos dias. Assim como no jogo contra o Chicago Bulls, o armador Marcus Smart deve atuar como ala, enquanto Tyler Zeller substitui Horford no garrafão. O ala-armador Avery Bradley, que ainda sofre com dores no ombro, pode ser poupado e dar lugar ao jovem ala Jaylen Brown. Na rotação, o ala-pivô Kelly Olynyk, em recuperação de uma cirurgia no ombro direito, desfalca o Celtics em mais uma partida.

FICHA TÉCNICA

Local: Quicken Loans Arena (Cleveland, OH)

Horário (de Brasília): 22h

CLEVELAND CAVALIERS: Kyrie Irving, J. R. Smith, LeBron James, Kevin Love e Tristan Thompson. T: Tyronn Lue

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Avery Bradley (Jaylen Brown), Marcus Smart, Amir Johnson e Tyler Zeller. T: Brad Stevens

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

14 comentários

  1. Marcelo S. Matheus

    Cavs 110 x 95 Celtics.

  2. Ricardo Martini

    Cavs 98 x 99 Celtics.

  3. Diego Gondim

    Cavs 89 x 92 Celtics

  4. Gustavo Miglioretti

    Os jogadores do cavs estavam no estadio do indians ontem no jogo 7 da MLB, tomara que estejam de ressaca hahahaha

  5. PHABIO PASSOS

    CELTICS 105 X 100CAVS

  6. Jefferson Pires

    Celtics 103 x 106 Cavs

  7. Mauricio Green

    Por mim nesse jogo só valia colocar as terceira unidade de cada time….

    Vai ser foda,

    Mas vou apostar em uma puta zebra nesse caso, nos.

    Celtics 102 x 98 Cavs

  8. David Pessoa

    Celtics 101 x 99 Cavaliers

    Estou apostando no Isaiah Thomas e no Amir Johnson super saiyajin resolvendo o jogo.

  9. Fiquei positivamente surpreso. jogar contra o Cavs sem Horford e Crowder e perder de 128 a 122 é muito gratificante.

    Thomas meteu 30 pontos e Bradley 26 pontos, nossa dupla All Star.

    Mas o grande destaque na minha opinião foi o Brown, 19 pontos, 5 rebotes, 2 assistências, 3 roubos e 1 Block que personalidade para encarar o campeão da NBA.

    Essa derrota devido as lesões tava na minha conta, logo nada a questionar nos superamos.

    • Derrota mais do que esperada para um time com muito mais roster.

      Ontem o J-Brown passou para a maioridade, marcando LeBron e despejando 19 pontos sem cometer muitas faltas.
      Atitude correta (Kawhi Leonard-style) work-ethic, sem floppar, sem reclamar (bem diferente de alguns, né Smart?)

      Garoto tem muito futuro.
      Quem não deve ter muito futuro, se continuar jogando como está, é o Jordan Mickey que vem se apresentando muito abaixo da crítica para o contrato mais caro obtido por uma second-pick.

      Bradley está com um probleminha no ombro, talvez fosse o caso de poupar alguma minutagem, pois ele vem jogando muito bem e é provável que tenha um 2017 ainda melhor que 201.

      []s verdes

  10. Mauricio Green

    Concordo em Hermeto número e grau com vocês Renato e Marcos.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.