Prévia (Jogo 7) – Milwaukee Bucks (3-3) x Boston Celtics (3-3)

Publicidade

Depois de seis batalhas duríssimas, com três triunfos para cada lado, Boston Celtics e Milwaukee Bucks decidem, na noite deste sábado (28), uma vaga nas semifinais da Conferência Leste da NBA em 2018. Dono da segunda melhor campanha do Leste na temporada regular, o time verde e branco de Massachusetts contará com o apoio da torcida no TD Garden em busca da classificação: até o fechamento dessa prévia, mais de 18 mil ingressos já tinham sido vendidos. A partida entre Celtics e Bucks, que começa às 21h (horário de Brasília), terá transmissão do SporTV 2 para todo o Brasil.

Relembre os duelos da série entre Boston Celtics e Milwaukee Bucks:

Jogo 1 – Celtics 113 x 107 Bucks

Jogo 2 – Celtics 120 x 106 Bucks

Jogo 3 – Bucks 116 x 92 Celtics

Jogo 4 – Bucks 104 x 102 Celtics

Jogo 5 – Celtics 92 x 87 Bucks

Jogo 6 – Bucks 97 x 86 Celtics

Cotado como um dos favoritos ao título da NBA, mas prejudicado pelas lesões dos astros Kyrie Irving e Gordon Hayward, o Boston Celtics está confiante na classificação, mesmo depois de apresentar muitas oscilações nesta série contra o Milwaukee Bucks. O principal motivo para o otimismo celta é a força do TD Garden, que é considerado um dos maiores caldeirões da NBA e foi palco das três vitórias do Celtics nos playoffs. Com esse incentivo dos fãs, os jogadores acreditam na superação de qualquer dificuldade no Jogo 7. “A torcida de Milwaukee foi incrível, mas não há nada como o TD Garden”, elogiou o técnico Brad Stevens.

Para o jogo decisivo contra o Milwaukee Bucks, o técnico Brad Stevens faz mistério sobre o quinteto titular do Boston Celtics, mas a tendência é que o time verde e branco atue com a mesma formação das últimas duas partidas, com Semi Ojeleye escalado como ala de força, para auxiliar no combate a Giannis Antetokounmpo, e Al Horford como referência no garrafão. Na rotação, o Celtics espera que o armador Marcus Smart e o ala-pivô Marcus Morris estejam em uma noite inspirada.

O Milwaukee Bucks, por sua vez, terá que encerrar o jejum como visitante nesta série para avançar às semifinais da Conferência Leste, onde não marca presença desde a temporada 2000/2001. Para beliscar esse triunfo fora de casa e sobreviver na temporada, a franquia de Wisconsin quer fazer um jogo consistente, com paciência para não ser engolido no TD Garden, e apostando no talento de seu principal jogador, o ala grego Giannis Antetokounmpo, que tem médias de 26,3 pontos e 9,7 rebotes na série, além do impressionante aproveitamento de 59,6% nos arremessos.

Diante do Boston Celtics, o técnico Joe Prunty continua com apenas um desfalque para escalar o Milwaukee Bucks: com dores nas costas, o pivô John Henson até viajou para Boston, mas não deve atuar contra o Celtics. Sem Henson, o Bucks deve manter a aposta no jovem sudanês Thon Maker, de apenas 21 anos, que está deixando uma boa impressão na série com seus tocos e arremessos de três pontos. No perímetro, Malcolm Brogdon continua formando dupla com Eric Bledsoe, enquanto Tony Snell, titular nos primeiros jogos contra o Celtics, fica como opção na rotação.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 21h

Transmissão: SporTV2 e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Terry Rozier, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Semi Ojeleye e Al Horford. Treinador: Brad Stevens

MILWAUKEE BUCKS: Eric Bledsoe, Malcolm Brogdon, Khris Middleton, Giannis Antetokounmpo e Thon Maker. Treinador: Joe Prunty

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

26 Comentários

  1. Publicidade

  2. LUCAS disse:

    Putz se tivesse ganho o jogo 4 tinha fechado em 4×1 a serie …
    Prevejo um jogo bem físico hj , com bastantes erros e um jogo bem quente , é hj que Rozier e bledsoe vao fechar o tempo de vez …
    Horford vai sem muito importante hj , ele vai ter que chamar a responsabilidade
    Quero um brown agressivo
    Rozier sambando e matando bola na cara do bledsoe
    Tatum calibrado e nada omisso

    Vamo que vamo Celtao

    Celtics 88 x 79 Bucks

    0

    0
  3. phabio passos disse:

    HOJE É DIA, o Brad tem usar monroe no jogo, os jogadores do bucs sao mais alto, deixa larkin marcar kris é quer perder, pode ate colocar nader inves de larkin. espero que as bolas de morris e smart caim……

    1

    0
  4. Que atmosfera esse TD Garden!! Que energia da nossa defesa! Go celtics!

    2

    0
  5. Brown muito mal no jogo, não acertando nem lance livre.

    0

    0
  6. Murilo Gomes disse:

    O Horford é outro jogador nos playoffs…nada ver com aquela ameba que ele foi em alguns jogos da temporada regular.

    2

    2
  7. Bom jogo até então, se Brown e morris estivessem calibrados estávamos ganhando com folga! Bledsoe resolveu vir pra série, mas acabou de se complicar com as faltas! VAMO Q VAI DA PORRA

    2

    0
  8. Murilo Gomes disse:

    É muito bacana ver a entrega do Marcus Smart quando ele está em quadra, ele é limitado na técnica, mas quando se fala de raça e entrega em quadra ele é fundamental para o time!

    6

    0
  9. SERGIO disse:

    Esse comentarista da sportv tenta menosprezar o Celtão, por pura inveja. Ele sempre tenta dizer que a arbitragem não viu uma falta, e coisa e tal… Quando erram contra o CELTICS (e erram muito contra nós), ninguém vê. Chora, otário! CELTICS é tradição, é raça! Não precisa disso! Respeita o manto sagrado!

    8

    -1
  10. Murilo Gomes disse:

    Se não fosse a temporada incrível do Oladipo, o Rozier seria o MIP kkkk….O moleque tá jogando muito

    0

    0
  11. SERGIO disse:

    Classificamo-nos!!!! GO CELTICS!!!!!

    3

    0
  12. Rodrigo Ribeiro disse:

    Passamo. 😉

    2

    0
  13. Rodrigo Ribeiro disse:

    Passamos*

    2

    0
  14. Fernando Silva disse:

    Se Rozier jogasse assim sempre… KI estaria preocupado.

    Morris jogou bem até que enfim.

    Agora pensar no 76’s.

    A volta do Smart foi bem importante. Ele vai receber mais minutos e será fundamental para o nosso jogo contra os 76’s.

    Seria uma série até que tranquila se estivéssemos completos. 4×1 se completos.

    Sem KI, GH e Theis, 4×3 Celtics!

    2

    0
  15. Diego Gondim disse:

    O que aconteceu com o Brown? Acompanhei a partida pelo box escore…

    0

    0
  16. Marco Antônio disse:

    Vitória Espetacular do Celtão. Rozier e Horford jogaram demais. Estamos nas semis. Acho que nossa estratégia tem que ser mais jogo no garrafão.

    1

    0
  17. Al Horford fazendo mais um playoff espetacular

    7

    0
  18. Leo77 disse:

    Parabéns ao nosso Celtão, agora vamos para mais uma série dificílima, mas uma vez aposto no Brad Stevens como nosso diferencial.

    2

    0
  19. Lucas Oliveira disse:

    Ninguém vai comentar o grande nome do Celtics na defesa neste primeiro round? Para todos mandando o garoto para fora do time, Semi entrou e parou o melhor jogador do Bucks com autoridade! O round foi difícil muito mais por causa do Middleton do que pelo Giannis.

    Falando da série por vir, precisamos muito de um Morris e um Rozier mais consistentes. Confio no Al para manter o nível e os meninos, bem ou mal nunca podem ser deixados livres e fazem um bom papel na defesa, a chave é Rozier e Morris.

    6

    0
  20. Fernando Silva disse:

    Concordo que o Semi teve o seu papel. Mostrou poder de marcação e até arriscou uns chutes. Mas o nosso principal nome foi, sem dúvida, Stevens.

    Troque os técnicos de Celtics e Bucks e coloque em mais 7 jogos…

    Stevens já deve estar quebrando a cuca em maneiras de, desfalcados como estamos, enfrentarmos Simmons e JJ na perímetro e Embiid na tábua.

    ACHO que ele vai usar Smart e Brown. Com Brown levando clara vantagem sobre JJ.

    Não sei até que ponto Semi consegue segurar o Embiid. O problema não é força. E o Baynes consegue?

    Optar pelo AH vai implicar na parte física.

    Então creio em uma rotação dos 3 sobre Embiid ou STEVENS VAI FAZER MÁGICA E YABU CONSEGUIRÁ LIMITAR EMBIID.

    Aposto todas as minhas fichas no Stevens!

    3

    0
    • Lucas Oliveira disse:

      Certamente será mais fácil utilizar o Monroe e o Bannes nesta série, o que já é um bom alívio para a rotação… É difícil dizer porque é um time com muito talento, mas acredito que o estilo de jogo 76ers é mais compatível com o nosso (em relação ao Bucks), desde que o ataque funcione eu acredito que o Stevens consiga contrapor qualquer coisa que eles possam atirar contra nossa defesa.

      1

      0
  21. Gustavo P disse:

    Acho q a nosso defesa perto do aro eh muito boa, levamos com um 4×1!!!

    0

    0

Deixe um comentário