Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Orlando Magic (10-20) x Boston Celtics (10-15)

Na noite desta 3ª-feira, o Boston Celtics vai até a Flórida, enfrentar o Orlando Magic. Esse duelo marcará o reencontro de Jameer Nelson com a equipe que defendeu em suas primeiras 10 temporadas como profissional.

O armador, de 32 anos, recém-chegado à Boston, ainda está aprendendo o playbook do Celtics e continua buscando seu entrosamento com o elenco, mas já aceitou e assumiu o papel de veterano líder, que deve dar o exemplo aos jovens celtas. “Eu estou disposto a passar toda a experiência que adquiri a esses garotos”, disse Nelson, no treino da última segunda-feira.

Nelson foi 1 dos 3 atletas adquiridos, pelo Celtics, na troca que enviou Rajon Rondo para o Dallas Mavericks. O armador teve 3 pontos, 3 assistências e 2 turnovers, em pouco mais de 20 minutos, na sua estreia, sob o uniforme verde, contra o Miami Heat, no último Domingo.

Não faz muito tempo que ambas as franquias se enfrentaram. Na última semana, o Celtics derrotou o time que divide a cidade com o Disney World, por 109×92, em Boston. Desde então, o Magic sofreu outras derrotas e se encontra, atualmente, com uma sequência de 4 reveses consecutivos. Nessa sequência de resultados negativos, o Magic marcou 96.4 pontos e sofreu 106.9, por partida. Esse saldo negativo de -10.5 pontos, o confere o quarto pior rendimento, na NBA, nesse período de tempo.

Como dito, esse será o segundo confronto, entre as equipes, nessa temporada, em um espaço de 6 dias. Ambas as franquias voltarão a se encontrar em Março, para mais 2 duelos, que ocorrerão também em um intervalo curto de tempo (5 dias).

O Celtics perdeu 5 de seus últimos 6 jogos fora de casa. De consolo, fica que o maior campeão da NBA venceu 12 de seus últimos 13 jogos contra o Orlando Magic.

O calouro do Celtics, James Young, voltou, ontem, a treinar sem limitações, e pode estar disponível para o jogo de hoje a noite.

Ficha Técnica

Local: Amway Center (Orlando, FL).

Horário: 22h00 (Horário de Brasília).

Orlando Magic: Elfrid Payton, Victor Oladipo, Tobias Harris, Kyle O’Quinn e Nikola Vucevic. Treinador: Jacque Vaughn.

Boston Celtics: Marcus Smart, Avery Bradley, Jeff Green, Jared Sullinger e Tyler Zeller. Treinador: Brad Stevens.

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

15 comentários

  1. Yi

    Infelizmente vamos ganhar.
    Adeus loteria….
    Rebuild com pick top20.

  2. The Real Jay

    Sad Sad, quem era o Celtics.

  3. PHABIO PASSOS

    vamos ganhar hj
    celtics

  4. Yi

    Triste viu.
    O pressey armando o jogo melhor q o Smart.
    E o cara toricamente é pra ser a grande esperança da franquia

  5. Fernando C S

    O que foi este primeiro quarto? 9 pontos no Magic? Acho que a garotada aqui do bairro faria melhor. Seria engraçado se não fosse trágico.

  6. DANIEL FIALHO

    que bosta de jogo ate o momento

  7. Marcos

    Galera a coisa está feia (fim 3o quarto),

    Nem no início da season passada fiquei t preocupado.
    Padrão tático é para os fracos.
    Falar da (ausência de) qualidade defensiva é muito redundante…

    Sinistro, muito sinistro…

  8. DANIEL FIALHO

    O Nelson jogo pra caranelson ………kkkk

  9. Jonas

    Sullinger foi embora para o ônibus antes de os repórteres entrarem para falar com os jogadores após a partida. Green fez questão de ir embora sem falar com ninguém. Com suas rotações bizarras, Stevens começou a perder o vestiário.

    Decidimos escolher o sistema de um técnico ao invés dos jogadores. Podemos nos arrepender amargamente disso, e jogar fora alguns anos de rebuild. Como falei no dia da troca do Rondo, podemos estar diante de um Rick Pitino Parte 2.

    • Marcos

      Jonas,

      Não podia estar mais de acordo.
      Mas acho que a sacada do Ainge é usar um técnico de nível NCAA para desenvolver um poucos os jogadores.
      Quando o time estiver mais ou menos ele demite o cara e contrata um treinador de verdade.

      As rotações são bem zoadas mesmo, mas o que me deixa p**** são os timeouts – o time volta do timeout e não sabe o que fazer, simplesmente ridículo….

      []s verdes

  10. DANIEL FIALHO

    O green nitidamente não quer mais ficar, tomara que caia fora logo se não ajuda também não atrapalha. Agora , enquanto a stevens tenho a certeza de com as peças certas fará um trabalho ainda melhor, temos que lembrar que é o segundo ano de stevens e não temos um time sólido que possamos realmente cobrar algo a mais.

  11. Fernando C S

    Eu acredito que, com 2 contratações de peso, o Stevens volta para a NCAA.

  12. DANIEL FIALHO

    O problema é que no brasil as pessoas não sabem lidar com planejamento a longo prazo, querem tudo na hora. Um exemplo, nosso futebol e outros esportes. O que eu quero dizer é que uma reconstrução demora e não é de um dia para outro que vamos ter um time como o de 2008, mais vamos chegar lá, acho também que Stevens é o técnico certo e o tempo só irá faze-lo melhor.A prioridade é desenvolver jogadores será que ninguém percebeu isso?

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.