Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Quem será o pivô titular em 2014/2015?

Desde a saída de Kendrick Perkins, o Boston Celtics carece de um pivô de ofício que seja capaz de assumir a posição com segurança e proteger o garrafão celta.

O antigo camisa 43 do Celtics foi negociado em 2011, e de lá para cá, grandes nomes passaram pela posição, como Shaquille O’neal, Jermaine O’neal e Kevin Garnett.

Os dois primeiros já chegaram em Boston com idade avançada e sofreram com diversas lesões durantes suas respectivas estadias em Boston. Já Garnett foi deslocado para pivô, devido à lesão de Jermaine O’neal e sua incapacidade física de continuar rendendo, em alto nível, na posição de ala-pivô. Saiu-se muito bem e foi um ótimo pilar defensivo, mas não deixou de ser um solução temporária.

Na última regular season, a primeira sem Kevin Garnett, a posição de pivô foi, de longe, a maior dor de cabeça do treinador Brad Stevens. Isso fica comprovado ao vermos que 4 diferentes jogadores tiveram oportunidade como titular na posição de pivô.

O brasileiro Vitor Faverani surpreendeu, positivamente, durante os treinos de pré-temporada para 2013/2014 e ganhou uma chance como titular logo nos primeiros jogos. Contudo, após apenas duas semanas, o então calouro Kelly Olynyk tirou sua vaga. Pouco depois, Jared Sullinger e Kris Humphries ficaram revezando, por quase toda a temporada, a titularidade da posição cinco.

Como sabido, esse revezamento e a falta de um titular confiável, sobretudo na posição de pivô, são o tipo de problema que nenhum treinador quer ter. Sendo assim, o Celtics adoraria encontrar um titular confiável, depois de anos, para a temporada 2014/2015. Vamos analisar, portanto, cada uma das 5 opções que Brad Stevens dispõe para a posição de Center.

 Joel Anthony

Contrato US$ 3,8M (termina em 2014/2015)
Experiência 31 Anos | 7 temporadas disputadas
Altura 2,05 metros (6.9)
Médias em 13/14 0.8 pontos e 1.2 rebotes (3.1 minutos)
Peso 111 quilos (245 lbs)

Muitos já devem franzir a testa ao ler o nome de Joel Anthony como possível pivô titular do Celtics para 2014/2015. E, justiça seja feita, tudo leva a crer que o ex-jogador do Miami Heat apenas comporá elenco e distribuirá bebidas para seus colegas de time durante a temporada. Entretanto, vamos tentar achar argumentos favoráveis para o camisa 50.

Como é de conhecimento público, Anthony é um jogador limitadíssimo na quadra ofensiva. Já na defesa, o jogador tenta se redimir, colocando muita energia em quadra e disputando cada bola como se fosse um prato de comida. É um jogador para fazer o trabalho sujo em quadra. Sua defesa foi alvo de elogios desde sua primeira temporada profissional, no ano de 2007. Além da raça e comprometimento defensivos, Anthony chegou-se a destacar, em certos momentos da carreira, por ser um respeitável pegador de rebotes, valendo-se de sua força física.

Vale lembrar que Brad Stevens mal o utilizou, após sua chegada, em meados de Janeiro desse ano. Todavia, além da experiência de um bicampeão da NBA, Anthony tem um certo currículo como pivô titular na liga norte-americana. O camisa 50 já foi titular em 110 partidas durante sua carreira, além de começar jogando em 16 partidas de Playoffs. Outro dado curioso é que Anthony foi titular do Miami Heat, campeão em 2012, em 51 oportunidades, bem como começou jogando em 13 partidas nos Playoffs de 2011, quando a equipe de South Beach foi derrotada pelo Dallas Mavericks nas Finais.

De qualquer modo, é fato que Joel Anthony é, de longe, o maior azarão para ser o titular celta em 2014/2015. Contudo, o canadense já passou por desconfianças anteriormente, em sua carreira, e conseguiu ganhar chances.

 Vitor Faverani

Contrato US$ 6,9M (termina em 2016/2017). Team Option a partir de 2015.
Experiência 26 Anos | 1 temporada disputada na NBA
Altura 2,11 metros (6.11)
Médias em 13/14 4.4 pontos e 3.5 rebotes (13.2 minutos)
Peso 118 quilos (260 lbs)

O brasileiro Vitor Faverani, como já dito, foi o pivô titular celta nos 6 primeiros jogos da última temporada. O camisa 38 deixou uma ótima primeira impressão, ao conseguir 13 pontos, 3 rebotes e 3 tocos em sua estreia na NBA. Em seu segundo jogo, o brasileiro foi melhor ainda, ao conseguir seu primeiro double-double: 12 pontos e 18 rebotes, além de conseguir realizar 6 tocos.

Depois desse começo meteórico, no entanto, os números do brasileiro caíram. De consolo, fica que Faverani mostrou ser capaz de ser um jogador útil e de boas atuações. É um pivô ágil, com bons fundamentos ofensivos e razoável inteligência na defesa. Além disso, Faverani mostrou ser um pivô capaz de acertar jump shots, ou, mais especificamente, arremessos de 3 pontos.

Diante desse quadro, Faverani já mostrou ter sido capaz de barrar os comentados Sullinger e Olynyk, no começo da última temporada. Outrossim, agora que recuperou-se da lesão no joelho, e já tem 1 ano de experiência nas costas, especula-se que o brasileiro possa vir a ter mais chances em 2014/2015.

 Kelly Olynyk

Contrato US$ 11,6M (termina em 2017/2018). Team Option a partir de 2015.
Experiência 23 Anos | 1 temporada disputada
Altura 2,13 metros (7.0)
Médias em 13/14 8,7 pontos e 5,2 rebotes (20.0 minutos)
Peso 108 quilos (238 lbs)

As expectativas em cima do ”Nowitzki canadense” nunca estiveram tão altas. Às vésperas de entrar em sua segunda temporada profissional, Olynyk carrega como ponto positivo a ótima impressão que deixou na reta final da última season. De Fevereiro em diante, Olynyk teve 11,9 pontos e 6,5 rebotes de médias, num total de 28 partidas. Além disso, o então calouro acertou 51,4% dos seus arremessos, bem como 40,7% dos seus tiros de 3, durante esse período.

O atleta, oriundo da Universidade de Gonzaga, foi o pivô titular celta em 9 oportunidades. Seis dessas partidas ocorreram em Novembro e as restantes nos últimos 3 jogos do Celtics na temporada regular.

A tendência é que receba mais oportunidades em sua segunda temporada, caso ratifique seu desenvolvimento como jogador. O camisa 41 mostrou ser um jogador inteligente, além de ser um jogador que espaça a quadra e que é capaz de dar bons passes e ser um reboteiro razoável.

 Jared Sullinger

Contrato US$ 6,8M (termina em 2016/2017). Team Option a partir de 2015.
Experiência 22 Anos | 2 temporadas disputadas
Altura 2,06 metros (6.9)
Médias em 13/14 13,3 pontos e 8,1 rebotes (27.6 minutos)
Peso 120 quilos (260 lbs)

Jared Sullinger foi o jogador que mais vezes recebeu a titularidade de pivô celta, em 2013/2014. Apesar de ser um jogador baixo para a posição, Sullinger chamou atenção ao longo das 35 partidas como pivô titular.

O camisa 7 foi o melhor reboteiro da equipe, na última temporada, ao conseguir 8,1 rebotes, em média, por jogo. Não obstante, o novo Big Baby apresentou o segundo melhor PER (estatística avançada de rendimento individual) da equipe, com 16,4. Por fim, Sullinger foi o terceiro maior cestinha do Celtics, com 13,3 pontos por jogo.

Sullinger, assim como outros jogadores do elenco, encara a próxima temporada como a real chance de explodir na NBA e, quem sabe, tornar-se um All-Star. Sully já disputou 119 partidas como profissional e, ao longo da última temporada, buscou aprimorar seu arsenal ofensivo, tentando inúmeros tiros de 3. Some a esses dados, o fato de Sullinger ser um jogador que nunca desiste de um rebote e temos um fortíssimo candidato para ser titular na próxima temporada.

A dúvida reside no fato se Sullinger será titular como pivô ou ala-pivô, que é sua posição de origem. De resto, não há dúvidas que o camisa 7 é um dos maiores jovens talentos do Celtics e que tem tudo para continuar desenvolvendo seu jogo, bem como seu espírito de liderança perante ao elenco.

 Tyler Zeller 

Contrato US$ 7,9M (termina em 2016/2017). Team Option a partir de 2015.
Experiência 24 Anos | 2 temporadas disputadas
Altura 2,14 metros (7.0)
Médias em 13/14 5,7 pontos e 4,0 rebotes (15.0 minutos)
Peso 115 quilos (253 lbs)

Tyler Zeller é um dos jogadores que mais desperta a curiosidade dos torcedores para a próxima temporada. Uma das aquisições dessa offseason, Zeller chegou a Boston, junto com Marcus Thornton, na troca tripla, realizada com Cavaliers e Nets, no dia 10 de Julho.

Zeller é um jogador com ótimo potencial. É um jogador técnico para seu tamanho, que disputou todas as 4 possíveis temporadas universitárias. Depois de Joel Anthony, é o jogador com mais partidas iniciadas como titular: 64 no total (55 em sua temporada de calouro e 9 em 2013/2014).

Apesar de ter tido uma considerável queda de minutos, na última temporada, Zeller ainda foi capaz de causar certo impacto, enquanto esteve em quadra. Seu PER foi de 15.43, ou seja, ligeiramente inferior ao de Jared Sullinger (16.4), e, suas médias, quando em quadra por 36 minutos, são de 13,7 pontos e 9,7 rebotes.

Em Boston, o camisa 44 deve encontrar novas oportunidades para mostrar seu jogo e convencer aos torcedores celtas que é capaz de assumir a titularidade definitiva da posição 5. Porém, antes disso tudo, precisará convencer Brad Stevens que está a frente dos 4 demais concorrentes para a posição.

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

36 comentários

  1. Jonas

    Acho fundamental que o Stevens deixe o Sullinger e o Olynyk se desenvolverem na posição. Seria um desperdício lamentável não aproveitar o potencial dos dois (no caso do Sully, ainda é importante perder peso…).

    Voto no Zeller para começar como titular, com o Vitor entrando aqui e ali. Acho que o Zeller pode quebrar um bom galho na temporada, mais para segurar a cadeira para algum bom FA daqui a um ano.

  2. Hugo

    Acho que o celtics tinha que ter ido atrás do Asik nessa Free agency, isso colocaria sullinger na posição dele e guardaria bons bancos como Zeller, Faverani e Olynyk.
    Não sei se o celtics tem cap pra trazer o Monroe, mas seria uma boa, já que ele sabe jogar de pivô e tem futuro.

    • Great-Celtics

      Zeller tem que jogar, na matéria diz que em 36 minutos ele quase tem media de dois double-double então acho que ele na 5 e Sully na 4,Turner na 3 e Bradley na 2, Rondo esse time não é ruim pessoal, ainda temos Smart, Green, Olynyk, Young, Faverani, Bass, Thornton, ganhando minutos

    • Everton

      Asik só é FA na próxima temporada… O Monroe é mais PF que C e não defende nada…

    • luiz eduardo

      galera, por favor, parem de falar do monroe, ele é um PF, tem altura de C, mas é um PF, pois defende muito pouco, e nós precisamos de um “rim protector” ele não é esse cara

  3. Fábio Malet

    Sinceramente? Acho que começa o Joel Anthony, por ser um protetor de garrafão nato e ser mais experimentado na NBA. Com o tempo o Zeller ganhará minutos até ser titular. O Faverani está voltando de lesão e entra no fim da fila e vai ter que treinar muito bem pra ir ganhando minutos.

  4. Daniel Emiliano

    Eu acho que Brad vai começar com o Faverani como titular e conforme ele se apresentar nas primeiras semanas, ele pensa se coloca KO, Sully ou Zeller alí.

    Também acho que na 4 o Brad deve colocar inicialmente o Bass ou o KO e deixar o Sully no banco como castigo por ele estar mais gordo do que estava quando o time entrou de férias.

  5. Augusto

    Acho que vai de Vitor no começo, depois Zeller assume. Joel só em últimos casos, final de jogo perdido e finais de períodos.

    Sully e Olynyk devem jogar na 4, se o objetivo da próxima FA é conseguir um pivo, esses dois devem se desenvolver na 4.

    Agora uma curiosidade sobre as informações, o peso do Sully esta atualizado? Ele já é o mais pesado entre os citados e deve ta mais gordo ainda, nossa senhora, alguém precisa colocar esse garoto em uma dieta urgente.

  6. Walisson

    Pra mim foi um erro não usar o Faverani durante toda a última temporada (enquanto esteve saudável). Não queríamos nada na temporada e ele era o cara de contrato longo, que permaneceria pra esse ano.

    Se ele tivesse tido oportunidades, de fato, não teríamos muitas dúvidas sobre seu potencial. Mandando-o para a D League, continuamos com as mesmas dúvidas como se ele fosse um calouro.

    Por fim, pra mim o titular, mais cedo ou mais tarde, será o Zeller. E tomara que se mostre bom o suficiente para ser um bom reserva no próximo ano.

  7. Andre Frenhane

    Amanhã tem USA Blue vs US White. Alguém saber se o Smart vai jogar ou ele foi só pra treinar mesmo?

  8. Jairo_Celtic

    O Fab Melo vai jogar no Paulistano.

  9. Rondo

    Sully ta um boi, fazer dieta viu meu big boy!

  10. Rondo

    Perdemos o Bayless, assinou com o Bucks.

  11. Sandro

    To na torcida para a chegada do Dieng, que disputaria posição com o Zeller, mas sou o mais o Dieng , vejo mais potencial e atleticismo nele

  12. Fernando T

    Qual dessas é a melhor dupla de garrafão para a temporada 2015/2016? Smith/Gasol, Monroe/Gasol ou Monroe/Jordan….

  13. Jota

    Eu espero que usem o Faverani. É o mais experiente do grupo para a posição, e fez uma D-League excelente do meio para o final da temporada passada.

    Ele realmente impressionou no começo da última temporada da NBA, e acho que por jogar “muito” acabou mandado para a D-League para não comprometer o tank. Nada me tira isso da cabeça. Ainge só não o negociou porque realmente pensa em usá-lo pelo menos de reserva para o nosso rebuild. Então eu espero que ele o use, e que o Faverani venha bem para segurar a posição 5 para esse ano.

    Zeller vai vir muito bem do banco, também. E espero que a disputa seja boa. Quem sabe se os 2 renderem e, ao adicionar um Gasol ou Hibbert na próxima offseason, sejam um excelente banco? Teremos um garrafão de respeito na posição 4 e 5. Estou torcendo para isso.

  14. Thiago Reis

    Faverani e Zeller na 5. Sully e Olynyk na 4, não acho que o Stevens deveria inventar muito, no máximo inverter ali na 5 com Zeller e Faverani vindo do banco!!!

  15. Jairo_Celtic

    Com a lesão do Paul George,Indiana estaria interessado no Green,que caso fosse trocado,seria por uma Pick de primeiro round 2015 + Chris Copeland ou Ian Mahinmi.

  16. Fernando C S

    Na temporada passada escrevi várias vezes que preferia o Mahinmi ao Asik. Na verdade não vejo nenhum deles como o ideal. O Mahinmi leva a nota “feijão albino anão” no quesito Q. I. de basquete. Por outro lado, não tem a nhaca do Asik. Então se a proposta do Indiana for concreta, prefiro o Mahinmi mais 2 picks, pelo menos.

  17. Fernando C S

    A lesão do PG foi daquelas que causam aflição. Como.pode?

  18. Jairo_Celtic

    Outra notícia é que o Smart vem sendo muito elogiado nos treinos dos Estados Unidos por sua forte defesa e,inclusive por sua melhora nos arremeços de 3pts,fazendo alguns jornalistas pensarem que ele deva ser convocado para as próximas competições que o USA Basquetbal participar.
    OBS:A linha de três pontos da FIBA é mais curta que a da NBA.

  19. PHABIO PASSOS

    BEM,ANALISE ESTA TROCA QUE SITE CELTICS BLOG ESTA PROPONDO: celtics recebe: david west e Mahimi e indiana recebe:green , sully, antony ou bogans. QUEM GANHA NA TROCA?..

    • Sandro

      Loucura !!!!!!

      West é bom, mas ja esta numa descendente . Mahimi é um defensor bom, mas não chega nem perto do potencial que o Sully tem ( não em relação a defesa )

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *