Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Azarão, Powell ganha força e pode ficar no Celtics

Às vésperas do início da temporada 2014/2015 da NBA, a direção do Boston Celtics ainda tem uma pequena definição a ser feita: mesmo depois da dispensa de quatro atletas, após a pré-temporada, o elenco alviverde ainda conta com um jogador a mais que o previsto pelo regulamento da liga. Entre os 16 nomes, três são cotados para a dispensa: o pivô brasileiro Vitor Faverani, que se recupera de uma cirurgia, o armador Will Bynum, recém-chegado do Detroit Pistons, e o ala-pivô Dwight Powell, que chegou ao Celtics no pacote que resultou na saída do experiente ala Keith Bogans. Neste post, falaremos sobre Powell, que surpreende os analistas e já encaminha a sua presença no time celta para a temporada.

A surpresa sobre a possível permanência de Powell no Celtics ocorre porque o jogador ainda não mostrou nada de muito surpreendente em sua carreira: aos 23 anos e com passagem por Stanford, o ala-pivô foi selecionado na 45ª posição do NBA Draft, pelo Charlotte Hornets, e já se envolveu em duas trocas antes mesmo de entrar em quadra: do Hornets para o Cleveland Cavaliers e do Cavaliers para o Celtics. Em quadra, Powell teve números tímidos e pouco superiores, por exemplo, ao dos quatro atletas chamados para a pré-temporada e que foram dispensados recentemente. Porém, a atitude do jovem atleta chamou a atenção do elenco.

Por sua capacidade de crescimento e talento defensivo, Powell recebeu muitos elogios do treinador Brad Stevens, que revelou ter acompanhado o atleta desde os tempos de NCAA. “Eu tenho uma boa sensação para Dwight. Na faculdade, achava que ele tinha perspectiva de profissional desde a primeira vez que o vi aquecer. Ele tem feito um trabalho muito bom aqui, tem um futuro brilhante pela frente e um grande espaço para crescimento”. O ala-pivô Jared Sullinger fez coro às declarações do chefe. “Ele tem algumas semelhanças com Gerald (Wallace, ala e companheiro de Celtics), no estilo defensivo. Muito intenso, na bola, sempre lutando pelos rebotes. É um bom rapaz”, disse Sully. Portanto, não se surpreendam se Dwight Powell confirmar a sua vaga para defender o Celtics na temporada 2014/2015 da NBA.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

3 comentários

  1. Tiago Coelho

    Desculpa ae pessoal

    Sem que nao tem nada a ver com a materia, mas queria saber o seguinte, o horario da escolha dos jogadores no fantasy game ta marcado para as 14:00, isso seria no horario de Brasilia?

  2. PHABIO PASSOS

    prefiro ele, do o tal pressey…. fora pressey…nao da mas vc vestindo nossa camisa verde…..

  3. promentory

    eu acho uma boa aposta

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.