Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Buddy Hield treina para o Celtics e faz história

Com o 2016 NBA Draft prestes a bater em sua porta, o Boston Celtics continua se preparando para todo e qualquer cenário que possa vir a ocorrer no próximo dia 23.

Muito embora tenha sido, recentemente, noticiado de que o maior campeão da NBA priorize a negociação da 3ª escolha-geral do recrutamento, a franquia vem realizando treinos particulares com alguns prospectos pertencentes à classe de 2016 do Draft.

Após observar as qualidades de Jamal Murray e Domantas Sabonis, o Celtics avaliou, com maiores cuidados, os talentos de Buddy Hield (ala-armador da Universidade de Oklahoma) e Marquese Chriss (ala-pivô da Universidade de Washington), que estão cotados para ser recrutados a partir da terceira escolha, pertencente à franquia de Massachusetts.

Segundo informações, diversos membros da direção e da comissão técnica do Celtics – daí inclusos o GM Danny Ainge e o treinador Brad Stevens -, atravessaram o país e foram à Califórnia, a fim de assistir aos treinos dos atletas supracitados.

Ainda, segundo os jornalistas norte-americanos, Hield e Chriss não competiram entre si nos treinamentos.

“Foi muito bom ter assistido aos treinos dos dois”, declarou Ainge. “Eu diria que vi o que já esperava. Buddy Hield mostrou, mais uma vez, que é um grande arremessador e um atleta obcecado a melhorar diariamente. Além disso, mostrou um ótimo preparo físico. Ele é um ótimo garoto e mostrou ser um jogador que está pronto pra chegar e jogar. Muito impressionante. De verdade”, derreteu-se Ainge.

“Quanto a Marquese Chriss, ele é jovem e mostrou-se um jogador muito atlético, que tem muito a desenvolver ainda em seu jogo. No entanto, ele também mostrou ter enorme potencial e que o céu é o limite”, disse, desta vez, o mais comedido dirigente celta.

Por fim, válido mencionar que, na última semana, o também calouro Jamal Murray havia estabelecido um recorde celta durante seu treinamento para a franquia, ao passo que acertara 79 bolas de três em 100 tentativas.

Na oportunidade, Murray disse que havia ficado feliz, mas que sabia que, algum dia, alguém o superaria. Pois bem. Talvez o prospecto de Kentucky não pensasse que esse “alguém” chegaria tão rápido, mas chegou, visto que Buddy Hield, seu companheiro de classe, tratou de pulverizar seu recorde, ao acertar inacreditáveis 85 (!!!!) bolas de três nas mesmas 100 tentativas.

Por fim, a fim de alimentar as esperanças daqueles que querem Chriss em Boston, cabe expor a conversa havida, no twitter, entre dois respeitados jornalistas norte-americanos. O jornalista (e declarador torcedor celta) Bill Simmons perguntou a Chad Ford, especialista em NBA Draft, se o jogador da Universidade de Washington teria maiores chances de ser recrutado com a segunda escolha-geral, caso atuasse por uma universidade mais renomada, como Duke. Chad Ford hesitou, mas acabou respondendo que sim. Confiram os tweets abaixo:

https://twitter.com/ESPNInsider/status/741331737901432832

O Boston Celtics possui 8 escolhas no 2016 NBA Draft, sendo 3 de primeira rodada (3ª, 16ª e 23ª).

Após os treinos de mais 2 alvos celtas, qual a sua opinião? O Celtics deve manter essa escolha? Se sim, qual prospecto lhe chama mais atenção? Dê sua opinião abaixo.

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

15 comentários

  1. David Pessoa

    Cara, essa classe tem tudo pra ser a melhor desde a de 1984, quem sabe?

    • Daniel Emiliano

      Na minha opinião pessoal, é bem pelo contrário.
      Acho essa classe uma das mais fracas dos últimos anos.

      • Gbrunus

        Daniel esse DRAFT pode ser 8 ou 80, ja q nos temos indicios que teremos uma ótima classe ou uma péssima classe, os primncipais indicios disso são:
        -tivemos uma penca de jogadores com + de 20 pts de media, o q a mt tempo n vemos!
        -ja o outro é q temos apenas 2 jogadores com certeza q serão nivel all star!

        Então acho q é esperar pra ver como vai ser!!

        • Fábio de Abreu

          Certeza nada faz mais de 10 anos q o pick 1 o pick 2 nao se tornam all stars normamelmente é um outro e as vezes nenhum a chance de sair 2 all stars da pick 3-60 é muito maior do q os dois top 2 virarem

      • Marcio Urawa

        Concordo.
        A classe não é das melhores.
        Mesmo os dois caras que são considerados indiscutíveis na 1 e 2 tem falhas bem marcantes. Um arremessa tijolos e outro se não ganhar musculo, vai sofrer uma grave lesão na primeira trombada com um jogador da NBA.

        Dalí em diante, se quer da pra cravar uma posição, pois ninguém se destaca de verdade.

        Vc pega o Draft de 2014, por exemplo, e das posições 3 a 7 você tinha um pivô com promessa de ser ultra dominante (Embiid), 3 caras que sempre foram sensações das categorias de base do USA team (Gordon, Smart e Randle) e o Exum, que era um mega astro do basquete juvenil e que quando se recuperar das lesões, ainda deve fazer muito barulho na liga.

        Na classe atual eu não vejo nada disso.
        A terceira escolha dessa classe, seria a oitava daquele ano.

        • Vitor Pontes

          O problema do Simmons não é arremessar tijolos, o problema dele é que ele não tenta arremesso do perímetro, muito menos de fora. Ninguém sabe realmente se ele é ou não um bom shooter, pq ele sempre preferiu infiltrar, ou jogar no post. E, como ele sempre foi muito superior a qualquer competição que ele enfrentava, nunca teve problemas pra pontuar desse jeito.

          E o Ingram só precisa ganhar peso, de resto ele é um ótimo prospecto, apesar de não ser tão completo quanto o Simmons.

          A classe não é muito boa, mas os dois principais prospectos são de elite. Simmons é o tipo de promessa que raramente aparece e o Ingram tem tudo pra ser um scorer top, com média de 27 pontos por jogo na NBA.

        • White Mamba

          Aposto que se o Celtics tivesse pick top 2, seu discurso seria bem diferente.rsrs Simmons e Ingram são fenomenais, vão ser elite na liga.

    • fillipe santana

      na minha opinião as ultimas melhores safras foram 1996 e 2009 !

  2. Brenno

    Arremesso ótimo de 3, tem boa infiltração e se melhorar ainda mais sua defesa tem tudo para cair como luva no time

  3. David Pessoa

    Entendo porque pensam assim, mas vou me explicar.Temos a garantia que dois se tornarão jogadores de altissimo calibre (Simmons e Ingram),temos varios pontuadores excelentes, além de dois jogadores especificos que chamam atençao com os arremessos de 3 pt(Hield e Murray),mas preocupam na defesa principalmente,mesmo assim acredito que os dois se tornem jogadores bem uteis, no minimo.Além disso tem outros jogadores com muito potencial, que podem se tornar jogadores de elite também,mas que tambem podem decepcionar (Bender,Dunn e Brown).Fora isso,ainda temos algumas incognitas,jogadores que podem nos surpreender positivamente ou negativamente (Maker me da muita esperança).

    Como o Gbrunus comentou, esse draft é 8 ou 80,ou seja, pode ser o melhor ou pior.Mas não sei explicar, é um bom pressentimento que eu tenho , estou muito esperançoso mesmo.

  4. Vitor Pontes

    Um shooter incrível. Vai fazer estrago do perímetro. Precisa melhorar o handle e a defesa.

    Já tem 22 anos, o upside dele não é muito grande. Muitos acham que ele já está no auge dele, ou bem próximo disso.

    Deve ir pros Wolves na pick 5.

  5. Matheus Porto

    Seria minha escolha. Tem algumas coisas que eu tenho duvida sobre seu jogo para ter certeza que ele pode vir a ser um franchise player, mas ele já é, pelo menos, um jogador seguro na parte ofensiva.
    Confio no Aigen e sei que se ele vai observar todos os pontos do jogo desses jogadores e escolher o melhor possível.
    Depois do Rozier eu não tenho mais o direito de duvidar das escolhas dele.

  6. […] 100 bolas de longa distancia em seu treino em Boston e converteu nada mais nada menos do que 85, recorde absoluto da franquia, pulverizando o recorde que seu concorrente de Draft, Jamal Murray havia estabelecido em seu treino […]

  7. The Real Jay

    Eu quero é logo que comece a free agency!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.