Heat 115 x 99 Celtics

Mais uma vez, a inconsistência bateu à porta do Boston Celtics ao visitar o American Airlines Arena, quando perdeu pelo placar de 115 a 99 para o time do Miami Heat. Após a incontestável vitória sobre o Indiana Pacers na primeira noite do back-to-back, imaginava-se que o maior campeão da história da NBA havia, finalmente, encontrado o caminho da regularidade. Porém, um time aparentemente abatido e com muitos erros individuais em quadra foram a receita para a derrota na noite da última quinta-feira (10).

O início de jogo foi animador para a franquia de Massachusetts, tomando a liderança com uma bola de três pontos executada por Marcus Morris. O astro Kyrie Irving acertou, no primeiro quarto, 4 arremessos em 5 tentativas, terminando o período com 11 pontos. O jogo seguiu disputado até a parte final, quando o time da Flórida assumiu a liderança (que não seria mais alcançada pela equipe celta). A entrada de Daniel Theis mostrou-se equivocada, pois teve de brigar no garrafão contra Hassan Whiteside, um pivô muito mais alto e que levou ampla vantagem sobre o alemão.

No segundo quarto, apesar do time da casa ter assumido a liderança, o jogo ainda estava parelho, já que a vantagem não era grande. Irving, que havia ido para o banco de reservas, voltou marcando rápidos seis pontos. Porém, a parte final do período foi reservada para a run de 10 a 0 aplicada pelo time do técnico Erik Spoelstra, com direito a bola de três no estouro do cronômetro por Derrick Jones Jr.. O primeiro tempo de jogo terminou com o placar parcial de 61 a 43 para o Heat.

O segundo tempo começou e o péssimo desempenho da equipe continuou, quando o time de Miami conseguiu a sua maior vantagem na partida, abrindo 26 pontos. Faltando 8 minutos para o final do terceiro quarto, o calouro Robert Williams substituiu Al Horford, causando impacto imediato, especialmente na defesa de garrafão. Além dele, o armador Marcus Smart capitaneou a reação da equipe na metade final do período, acertando duas bolas de 3 pontos (em 4 tentativas), além do espetacular toco sobre Bam Adebayo, que vale a pena ser visto novamente.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Boston Celtics (@celtics) em


A diferença caiu para somente 10 pontos e o jogo novamente estava ao alcance do time verde e branco. Porém, com um início de quarto período desastroso de Al Horford e com Gordon Hayward muito mal na defesa, a equipe não conseguiu encostar no placar, possibilitando ao time da casa fechar a partida, coroando com vitória o encontro entre o Boston Celtics e Dwyane Wade, que irá se aposentar ao final desta temporada.

A equipe celta continuará na Flórida para enfrentar o Orlando Magic, jogo que será disputado no próximo sábado (12), às 22h (horário de Brasília), no Amway Center. Por sua vez, o Miami Heat recebe o Memphis Grizzlies, também neste sábado.

Destaques do Celtics

Kyrie Irving (22 pontos, 5 rebotes e 5 assistências)

Marcus Morris (17 pontos e 6 rebotes)

Marcus Smart (18 pontos e 2 assistências)

Jayson Tatum (17 pontos e 4 rebotes)

Destaques do Heat

Dwyane Wade (19 pontos)

Josh Richardson (18 pontos e 6 assistências)

Derrick Jones Jr. (14 pontos e 7 rebotes)

Justise Winslow (13 pontos, 11 assistências e 7 rebotes – duplo-duplo)

Boxscore


Melhores Momentos

https://youtu.be/cLEuDJd5WtI

Eduardo Quirino
Eduardo Quirino
Eduardo, 31 anos, nascido em Niterói/RJ, mas é Resendense de coração. Bacharel em Direito, estudante de Administração e flamenguista, é apaixonado por esportes e envolvido com o basquete desde os 14 anos. Ex-pilar do Volta Redonda Rugby, ex-capitão do Resende Rugby e atual ala-pivô do Basquete Resende, tem como espelho a lenda Kevin Garnett, razão pela qual começou a torcer para o Boston Celtics em 2008. KG se foi, mas o amor pelo Celtics é pra sempre!

3 Comments

  1. samucarj disse:

    Como é legal ver esse garoto Robert Williams, faz o simples, não inventa e ajuda muito durante o jogo.

    Tio Brad deixa o garoto jogar mais tempo….

    4

    0
  2. André disse:

    Williams merece mais minutos mesmo, principalmente em back-to-backs, Horford tava um vovô ontem… Rozier péssimo novamente, se continuar assim espero que seja trocado por um armador experiente. Hayward ainda inconsistente, espero que chegue nos offs jogando bem, assim como o Brown, com eles jogando dessa forma vai ser difícil, Irving não vai carregar o time todo jogo. Stevens também precisa parar com essa de deixar quem tá mal na quadra por muito tempo, ontem foi de dar raiva.

    1

    0
  3. Erondi Nunes disse:

    Embora o Horford ter jogado mal sabemos q nos offs ele é confiável, quem me preocupa é o GH, Brown e principalmente Rozier (esse deve ser trocado na minha opinião)

    1

    0

Deixe um comentário