Opinião: um passo para trás, dois passos para a frente