Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (0-2) x Philadelphia 76ers (1-1) (Preseason)

Ainda sem conquistar vitórias na pré-temporada da NBA, o Boston Celtics volta a pegar a estrada e atuará novamente em uma cidade que não conta com franquias na liga. Desta vez em Newark (Delaware), o Alviverde enfrenta, nesta sexta-feira (11), o Philadelphia 76ers, no ginásio Bob Carpenter Center.

Sem criar muitas expectativas, o Celtics segue, em silêncio, com o seu trabalho de adaptação dos novos reforços e também do técnico Brad Stevens, que ainda busca uma melhor formação para a equipe e também se adaptar ao formato dos jogos da NBA. O duelo contra o Sixers é visto como a possibilidade de, enfim, conquistar o primeiro triunfo na preseason, e também de seguir dando bons minutos a atletas que vem se destacando. Depois de Gerald Wallace e Jared Sullinger iniciarem como titulares na derrota para o Knicks, a expectativa fica agora por conta do armador Phil Pressey e do pivô brasileiro Vitor Faverani, que podem surpreender e iniciar o jogo contra o 76ers.

Ainda sem contar com Rajon Rondo, que ainda trata uma lesão nos ligamentos do joelho direito, Brad Stevens poderá contar, para o confronto de hoje, com a volta do ala-armador Jordan Crawford. O camisa 27, que teve uma boa atuação contra o Toronto Raptors, não viajou com a equipe para Rhode Island por causa de uma morte na família e sua presença é aguardada para o duelo de hoje.

Fora dos playoffs na última temporada, quando ficou apenas na 9ª colocação da Conferência Leste, o Philadelphia 76ers não vive boas expectativas para 2013/2014. Sem o armador Jrue Holiday, negociado com o New Orleans Pelicans, o Sixers se apoiará em Evan Turner e nos novatos Michael Carter-Williams e Nerlens Noel para tentar fazer um bom papel e tentar voltar para a pós-temporada. Além deles, os coadjuvantes Spencer Hawes e Thaddeus Young buscarão ajudar a equipe a surpreender adversários melhor cotados.

Enquanto os jogos ‘para valer’ não começam, o Sixers segue com a pré-temporada, ainda com dificuldades para criar um ajuste. Em seus dois primeiros compromissos, realizados na Europa, resultados pouco empolgantes: uma vitória suada contra o Bilbao Basket (Espanha), fora de casa, e uma derrota para o Oklahoma City Thunder em Manchester, na Inglaterra. De volta aos EUA, o novato técnico Brett Brown (ex-auxiliar de Gregg Popovich no San Antonio Spurs) terá três desfalques para o duelo contra o Celtics: além do calouro Nerlens Noel, com problemas no joelho esquerdo, a equipe da Filadélfia não contará com Kwame Brown (distensão muscular) e o ala-pivô Arnett Moultrie (lesão no tornozelo esquerdo).

Ficha técnica

Local: Bob Carpenter Sports Convocation Center (Newark, DE)

Horário: 20h (horário de Brasília)

Transmissão: @Celtics_Brasil

Boston Celtics: Avery Bradley, Courtney Lee (Phil Pressey), Gerald Wallace (Jeff Green), Brandon Bass e Jared Sullinger (Vitor Faverani). T: Brad Stevens

Philadelphia 76ers: Michael Carter-Williams, James Anderson, Evan Turner, Thaddeus Young e Spencer Hawes. T: Brett Brown

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

5 comentários

  1. Ailson

    Quero ver esse time começar com vitor na 5 e sully 4. O sully nao foi muito bom como pivo no ultimo jogo.

  2. Fernando

    Esta partida devemos ganhar.

  3. Fernando

    Kwame Brown não jogar não é desfalque é reforço pro Sixers kk

  4. Fernando

    Enfim ganhamos uma: dos reservas do Knicks.

  5. PHABIO PASSOS

    nao importa, ganhamos e isso e importante no processo de treinamento e entrosamento,esse jogos serve pra entrosamento e ver formações diferente da equipe, unico esta meio fora sintonia e o brooks ele precisa mais tempo e jogos, o restante esta tranquilo….

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.